O Planeta TV

Com fracasso de Apocalipse, filha de Edir Macedo abandona redes sociais

Cristiane Cardoso foi criticadas em suas páginas.

por Redação, em 16/12/2017

Cristiane Cardoso/Instagram

Bastante criticadas nas redes sociais, Cristiane Cardoso teria excluído suas páginas oficiais.

Supervisora de Apocalipse, a filha de Edir Macedo seria a principal responsável pelas interferências na trama de Vivian de Oliveiras. Internautas fizeram comentários críticos nas páginas de Cristiane, acusando-a, por exemplo, de associar a Igreja Católica ao "Satanismo".

Até o fechamento desta matéria, as páginas de Cristiane no Facebook (onde contava com mais de 2 milhões de seguidores), Instagram (por volta de 700 mil seguidores) e Twitter (cerca de 200 mil seguidores) permaneciam indisponíveis. 



Publicidade

Comentários (7) Postar Comentário

Olívia comentou:

Louca é o mínimo que se pode dizer de uma pessoa que usa a arte para tentar fazer lavagem cerebral nas pessoas

Adriana Silva comentou:

Fanática e imbecil.
Acha que pode manipular todo mundo
Só manipula os idiotas que não pensam.
Se deu mal. Bem feito!

Marcelo C.P comentou:

Mesmo com o ibope robando pra essa novela devo confeçar que é um baita novelão. A proposta é ousada e inovadora, prefiro mil veses apocalipsse do que as novelas da globo que só amostram coisas obssenas e viadagem.


D.Velle respondeu:

Pelo português da pra ver o nível das pessoas que assistem novela de record


CLARA comentou:

Que triste, tudo para dar certo e a infeliz jogou tudo para o alto.

Roger comentou:

RECORD é mais nociva que a GLOBO!

Mario comentou:

A novela é péssima, não tem o que dizer. É a nova Máscaras, a mesma confusao, direçao perdida,
o texto destoava do que ia ao ar, etc.
Nem parece a emissora que produziu novelas como Poder paralelo e Vidas Opostas.
E deixar nas maos de uma pastora doida ainda.
É amadorismo...

Dinho Velle comentou:

A rede Globo tem complexo de Deus. A tv Record tem complexo de rede Globo.
Por isso nem vejo mais esses canais. P

Veja também

Publicidade