O Planeta TV

Carcereiros: Nem tudo é o que parece ser

Um breve resumo do segundo episódio da série estrelada por Rodrigo Lombardi.

por Redação, em 23/04/2019

Foto: Globo/Ramón Vasconcelos

Uma situação atípica promete confundir Adriano (Rodrigo Lombardi), toda a equipe da Filinto Prates e até mesmo alguns dos presidiários do local, durante o episódio de ‘Carcereiros’ que vai ao ar nesta terça-feira, dia 23. Tudo começa quando Valdir (Tony Tonardo) comunica ao amigo e agente penitenciário que o detento Rojão (Thiago Martins) se recusou a fazer uma consulta com o Dr. Aramis (Leonardo Medeiros), o médico do presídio. Lembrando-se de que o preso não andava bem de saúde até pouco tempo atrás, Adriano vai ao seu encontro para convencê-lo a se tratar. Mas Rojão é firme: não quer ver o médico. Adriano e Valdir insistem, sem sucesso - principalmente porque Califa (Sergio Menezes), outro presidiário que assiste de perto ao diálogo entre os três, faz de tudo para corroborar a negativa do colega de cela. Ao ver que não conseguirá o que quer, Adriano acata o sutil, porém ameaçador tom das palavras de Califa e desiste. Só que, no decorrer dos dias que se seguem, o carcereiro nota que alguma coisa está diferente com Rojão.

Tido como um preso esperto, Rojão passa a ser visto como alguém perdido. Sem saber muito bem como agir ou com quem falar na penitenciária, ele chega até a arranjar briga com um presidiário com quem não se dá bem há tempos. Para tornar tudo ainda mais estranho, toda vez que algo suspeito acontece, Califa está a postos, de olho em tudo. Adriano, é claro, fica extremamente desconfiado, sente que alguma coisa não está certa, mas não consegue dizer ao certo o que é... até algumas imagens exibidas na televisão confundirem ainda mais a cabeça do carcereiro. Assistindo a uma reportagem sobre um assalto a uma seguradora em Campinas, Adriano vê a imagem do rosto de um dos envolvidos no crime e leva um baita susto ao reconhecer as feições de ninguém menos que Rojão. Afinal, se o detento está trancado atrás das grades da Filinto Prates, como isso pode ser possível? A menos que exista mais de um Rojão.

Fora do trabalho, as coisas também não andam lá muito fáceis para Adriano. Ainda habituando-se a deixar o papel de revistador para cumprir o papel de revistado antes de entrar nas dependências do presídio feminino em que Erika (Leticia Sabatella) está, ele precisa acalmar o coração da namorada, que não esconde a impaciência por estar presa. Já em visita à casa nova de Tibério (Othon Bastos) e de Sol (Samantha Schmütz), o carcereiro finge costume com as novidades, mas a verdade é que fica apreensivo com a vida relativamente confortável que os dois vêm levando juntos.

A segunda temporada de ‘Carcereiros’ vai ao ar às terças-feiras, logo após ‘Se eu fechar os olhos agora’. A série é escrita por Fernando Bonassi, Marçal Aquino e Dennison Ramalho, ao lado de Marcelo Starobinas, Aly Muritiba e Paulo Lins, e tem direção geral de Eduardo Belmonte. Livremente inspirada na obra de Drauzio Varella, é uma coprodução da Globo com a Gullane e a Spray Filmes, e conta com direção de episódios de Belmonte, Aly Muritiba, Dennison Ramalho, Philippe Barcinski e Raoni Rodrigues. 



Publicidade

Comentários (0) Postar Comentário

Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro!

Veja também

Publicidade