O Planeta TV

Portal O Planeta TV entrevista Maria Adelaide Amaral, autora do remake de "Ti Ti Ti"

Portal O Planeta TV entrevista Maria Adelaide Amaral, autora do remake de "Ti Ti Ti"

Maria Adelaide Amaral nasceu na cidade do Porto e mudou-se com a família para o Brasil em 1954. Começou a trabalhar aos 12 anos numa fábrica de camisas. Ingressou como jornalista na editora Abril Cultural em 1970, onde permaneceu até 1986. São Paulo foi a cidade escolhida para o surgimento da então jovem aspirante à autora, e a fonte de inspiração de muitas das suas obras.

Escreveu para a TV, entre outros trabalhos, uma versão da novela Anjo Mau, do original de Cassiano Gabus Mendes, exibida na TV Globo em 1997, e a minissérie A Muralha (inspirada no original de Dinah Silveira de Queiroz), que foi ao ar em janeiro de 2000, ambos trabalhos dirigidos por Denise Saraceni. Escreveu ainda a minissérie "Os Maias" em 2001, baseada na obra do escritor português Eça de Queiróz, dirigida por Luís Fernando Carvalho; "A Casa das Sete Mulheres", em 2003, dirigida por Jayme Monjardim; e, "Queridos Amigos", em 2008, dirigida por Denise Saraceni.

Seu mais novo trabalho é mais uma homenagem a Cassiano Gabus Mendes, o remake de Ti Ti Ti. O roteiro é baseado em clássicos da dramaturgia brasileira da década de 1980: Ti-ti-ti, também título do atual remake, e Plumas e Paetês - ambas escritas por Cassiano Gabus Mendes.

A autora concedeu uma entrevista exclusiva ao O Planeta TV! e falou sobre o remake. Ela comenta também sobre a possibilidade de escrever uma novela das oito. Confira:

O Planeta TV! – Não é segredo para ninguém que você prefere as minisséries. O que te fez mudar de ideia e escrever uma novela?

Maria A. Amaral – Há mais de três anos venho sendo convidada para fazer uma novela. Como as minisséries de 50 capítulos estão temporiamente suspensas, chegou minha hora.

O Planeta TV! – Há algum tempo a Globo vem diminuindo os capítulos das minisséries para dar mais espaço ao Big Brother Brasil. Acredita que a era das grandes minisséries ainda possa voltar?

Maria A. Amaral – Acredito que sim, mas em outra época do ano.

O Planeta TV! – Recentemente em uma entrevista você confessou que não vê muitas novelas. Tem algum motivo em especifico? Acredita que elas estão perdendo a sua essência?

Maria A. Amaral – Meu problema é de outra ordem. Como fico dia inteiro trancada no escritório trabalhando, sinto uma grande necessidade de sair à noite para conversar com os amigos, ir ao cinema, ao teatro, ouvir um concerto. Então raramente posso seguir uma novela, mas quando estou em casa, assisto com muito prazer a novela da Elizabeth Jinh – Escrito nas Estrelas – e Passione, do Silvio de Abreu.

O Planeta TV! – "Ti Ti Ti" substituirá Tempos Modernos, que tem uma audiência abaixo do esperado. Isso te preocupa? Até onde vai a sua preocupação em relação ao ibope?

Maria A. Amaral – Para quem faz novela o ibope sempre preocupa. Seria desonesto dizer o contrário. Mas não sei se será mais fácil ou difícil substituir a novela do Bosco. Acho que isso só Deus sabe.

O Planeta TV! – Como surgiu a ideia de produzir uma nova versão de "Ti Ti Ti"?

Maria A. Amaral – Se eu tinha que escrever uma novela das sete, ela deveria ser divertida. Aí me lembrei de Tititi que foi uma novela memorável e eu gostei tanto que assisti quando passou no horário normal e depois no vale a pena ver de novo.....

O Planeta TV! – A adaptação une dois grandes sucessos de Cassiano Gabus Mendes (Ti Ti Ti e Plumas e Paetês). Por que optou pelo nome de “Ti Ti Ti”?

Maria A. Amaral – Na verdade, a trama se centra fundamentalmente em Tititi. De Plumas, apenas duas tramas – a de Marcela e de Rebeca – e ambas profundamente modificadas. Mas quem bateu o martelo sobre o nome da novela foi a viúva do Cassiano Gabus Mendes, Elenita Sanches. Tititi, ela falou. E Tititi ficou.

O Planeta TV! – Quais os temas centrais de "Ti Ti Ti"?

Maria A. Amaral – Moda, competição, moda, rivalidade, moda, ambição, moda, paixão.

O Planeta TV! – O que muda na história da versão original para a atual?

Maria A. Amaral – No original, Jacques Leclair é um nome consolidado. No remake, é um estilista de gosto duvidoso, que se beneficia do talento de Jaqueline (Claudia Raia) para fazer seu up-grade. Ou seja, ele seus modelos tinham um bom corte, mas informações demais. Retirados os excessos, seus modelos ganham em bom gosto e revelam sua essencialidade.
Victor Valentim, que se inspira nos vestidos de boneca feitos por uma senhora que, na verdade é a mãe de Jacques Leclair, desaparecida e desmemoriada, apresenta-se com um estilo inspirado nos anos 50. No original, Ariclenes a encontrava num asilo. No remake ele a encontrará morando na rua. São muitas as diferenças, algumas profundas outras sutis.
Na versão original Jacques tinha dois filhos (Pedro e Valquíria). A eles acrescentei Lipe e Mabi, um adolescente e uma pré-adolescente.

O Planeta TV! – A nova versão também conta com novos personagens?

Maria A. Amaral – Muitos: Desirée, Amanda, Armandinho, Dona Mocinha, Camila, Julinho, Dorinha, Thaísa, Jorgito, Giancarlo Villa, Stela, Help, etc.
E também alguns personagens conservam o mesmo nome mas sua trajetória é completamente diferente. Como a trama de Jaqueline, Clotilde, Adriana, Marta e Gabriela, só para citar algumas.

O Planeta TV! – "Ti Ti Ti" traz Luis Gustavo interpretando Mário Fofoca de Elas Por Elas, ou seja, a adaptação terá mesclagem de outras obras de Cassiano?

Maria A. Amaral – A presença de Mário Fofoca é apenas uma citação e uma homenagem ao Luis Gustavo. Ele aparece como um detetive desastrado, mais velho e decadente e envolvido com uma trama que diz respeito a Tititi e a nenhuma outra novela.
Como ele, Eva Todor, a Kiki Blanche, de Locomotivas, também fará uma aparição como cliente de Jacques Leclair. E gostaria muito que Marilia Pêra entrasse como Rafaela Alvaray, no atelier de Valentim.

O Planeta TV! – A comédia é a marca registrada do horário das 19h. Pretende criar bordões?

Maria A. Amaral – Eu acho que quem cria os bordões é o povo. O autor apenas os sugere.

O Planeta TV! – A vilania vem se destacando nas telenovelas. O que o público pode esperar dos vilões de "Ti Ti Ti

Maria A. Amaral – Os vilões de Tititi são tão leves quanto a novela.

O Planeta TV! – Como está sendo a sua rotina enquanto escreve a novela?

Maria A. Amaral – De manhã cedo faço pilates ou caminho. Trabalho uma média de dez horas por dia. À noite saio para espairecer, mas volto para casa antes da meia noite porque acordo muito cedo.

O Planeta TV! – Está escrevendo sozinha ou com ajuda de colaboradores?

Maria A. Amaral – Não vejo graça escrever sozinha porque o trabalho do roteirista se enriquece muito com a contribuição dos colaboradores. Estão comigo nesse trabalho:
Vincent Villari, que fez comigo Anjo Mau, A Muralha, Os Maias e a Casa das Sete Mulheres. E com o João Emanuel Carneiro, da Dor do Pecado, Cobras e Lagartos e A Favorita.
Letícia Mey – que fez comigo JK, Queridos Amigos e Dalva & Herivelto.
Rodrigo Amaral – que fez Um só Coração e JK.
Álvaro Ramos – com quem trabalhei no seriado Mulher (1998)
Marta Nehring – roteirista e cineasta, com quem estou escrevendo o roteiro de um filme sobre a orquestra sinfônica de Heliópolis.

O Planeta TV! - Com quantos capítulos escritos você estreará a novela?
Trabalhar com muita frente, sem saber a aceitação do público, não te preocupa?


Maria A. Amaral – A produção já está com 42 capítulos. Prefiro trabalhar com margem porque se for o caso de reescrever alguma coisa, farei isso com menos sufoco.

O Planeta TV! – "Ti Ti Ti" está prevista para ter quantos capítulos?

Maria A. Amaral – Mais de 200, ou seja, vai acabar depois do carnaval de 2011.

O Planeta TV! – A trama tem a direção geral de Jorge Fernando, um dos diretores mais requisitados da atualidade e conhecido pelo seu alto astral. Está empolgada com essa parceria inédita?

Maria A. Amaral – Tenho uma grande admiração pelo Jorginho Fernando desde que ele dirigiu que Rei Sou Eu?

O Planeta TV! – Após "Ti Ti Ti", pretende continuar escrevendo novelas? Gostaria de fazer uma "das oito"?

Maria A. Amaral – Sem dúvida, mas não faz parte dos meus sonhos de consumo escrever uma novela das oito.

"TI-TI-TI" ESTREIA NESTA SEGUNDA, 19/07, ÀS 19H15, NA GLOBO!




Comentários (0) Postar Comentário

Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro!

Veja também