O Planeta TV

Entrevista com Margareth Boury, autora da versão brasileira de "Rebelde"

Entrevista com Margareth Boury, autora da versão brasileira de "Rebelde"

Margareth Boury é filha do diretor Reynaldo Boury e mãe do ator Guilherme Boury. Nasceu na cidade de São Paulo e graduou-se em jornalismo, profissão a qual nunca exerceu.

Trabalhou muito tempo como colaboradora de vários autores consagrados, como: Walther Negrão (Despedida de Solteiro (1992) e Carlos Lombardi (Uga Uga (2000) e Kubanacan (2003)).

Em 2006 escreveu "Alta Estação", sua primeira novela. Agora com "Rebelde", a autora quer manter os jovens eletrizados em frente à TV a partir do dia 21, quando estreia a nova novela da Record, às 19h. Ela gosta de falar para os jovens e promete uma novela eletrizante.

Confira uma entrevista exclusiva com a autora:

Como surgiu o convite para escrever o remake de "Rebelde"?

Margareth Boury - O Hiran Silveira me ligou para avisar que nós iríamos fazer Rebelde.

Após o convite, assistiu a versão original produzida pela Televisa?

Margareth Boury – Alguns capítulos. Mas fui ao México, conversei com o Pedro Damian, produtor executivo da novela lá. Tirei dúvidas e depois comecei a escrever.

O que há em comum entre a versão mexicana e a brasileira?

Margareth Boury – Temos, como eles, seis protagonistas, uma banda, alunos em escola privada centrada em uma educação rígida e conflitos com família.

Participou da escolha do elenco?

Margareth Boury – Sim, como tem que ser.......

Como você definiria seus rebeldes: Diego Maldonado (Arthur Aguiar), Tomás Penedo (Chay Suede), Roberta Messi (Lua Blanco), Carla Ferrer (Melanie Fronckowiak), Pedro Costa (Micael Borges) e Alice Albuquerque (Sofia Abrahão)?

Margareth Boury – Diego é um rapaz reprimido pelo pai. Tomás é um garoto que leva a vida numa boa até se deparar com a ganância da avó. Roberta é uma rebelde sem causa certa: ela quer limites e a mãe não estabelece esses limites. Carla sofre com a imagem, ou seja, tem auto estima baixa apensar de ser linda. Pedro é rebelde desde que nasceu. Mas é um rapaz justo e companheiro. Alice lidera a moda na escola, aparentemente fútil, ela esconde um coração machucado pela falta de amor do pai.

"Rebelde" abordará alguns temas que despertam a atenção, como o alcoolismo e a bulimia. Como esses temas serão tratados?

Margareth Boury – Com dignidade e dentro dos limites permitidos pela classificação etária.

Não teme uma possível reclassificação de faixa etária pelo Ministério da Justiça?

Margareth Boury – Não, pois estamos tomando o maior cuidado para que isso não aconteça.

No Brasil, as novelas costumam ter muito mais tramas paralelas. Conte-nos um pouco sobre elas.

Margareth Boury – Criei a Vila Lene, uma vila típica de qualquer lugar do Brasil. Lá tudo acontece: tem o restaurante do Genaro (Edwin Luisi), onde os Rebeldes vão tocar como banda pela primeira vez. O romance de Vicente e Becky – ele super, mega inteligente e ela burrinha que só. Tem o Artur, professor de matemática que almeja ser diretor do colégio onde dá aula. Tem a família do Lupi (Rocco Pitanga), o pai é alcoólico e todos sofrem com isso. Teresa (Cristina Mullins) e Pingo (Sylvio Meanda) também moram na Vila Lene e na casa de Teresa as meninas encontram paz e amor. Na casa de Silvia (Cássia Linhares) moram além dela, a sobrinha Débora e a temível Ofélia (Eliane Gultman), avó de Tomás. Muitas tramas paralelas, mas o foco é sempre com os jovens e seus problemas.

Sua primeira novela na Record, "Alta Estação" era romântica e tinha bastante comédia. "Rebelde" será parecida?

Margareth Boury – Não. Rebelde tem identidade própria.

A audiência do horário das 19h é bastante concorrida. Quais os artifícios você usará para enfrentar a concorrência?

Margareth Boury – Ah! Segredo, não é?

Existe alguma meta ou expectativa de audiência?

Margareth Boury – Eu jamais fui cobrada nesse sentido. Mas é claro que todos queremos fazer um sucesso.

O Planeta TV! – "Rebelde" está prevista para ter quantos capítulos? Estreará com quantos escritos?

Margareth Boury – Em princípio 200 capítulos, dos quais eu escrevi 26.

"REBELDE" ESTREIA NESTA SEGUNDA 21/03, ÀS 19H. NA RECORD!





Comentários (0) Postar Comentário

Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro!

Veja também