O Planeta TV

Presidente Dilma desiste de entrevista no Jornal da Globo

Série de entrevistas com os presidenciáveis no telejornal tem início nesta segunda-feira, 1º de setembro.

por Redação, em 01/09/2014
Publicidade

A presidente Dilma Rousseff, candidata à reeleição pelo PT, não participará da série de entrevistas a serem realizadas a partir desta segunda-feira, 1º de setembro, no Jornal da Globo. Por ordem de sorteio, a candidata seria entrevistada por William Waack e Christiane Pelajo na terça-feira.

De acordo com o colunista Ricardo Setti, do portal Veja.com, apenas Marina Silva (PSB) e Aécio Neves (PSDB) serão sabatinados, nesta segunda e na quarta-feira, respectivamente. O candidato Pastor Everaldo, do PSC, ficou de fora já que não atingiu 3% das intenções de voto nas últimas pesquisas.

A decisão de Dilma de não ir ao JG se deu imediatamente após o seu empate com Marina Silva na última pesquisa Datafolha e aos resultados do PIB brasileiro, divulgados na sexta-feira.

Vale ressaltar que, na edição do Jornal da Globo da última sexta-feira, o âncora William Waack fez críticas pesadas à retração da economia brasileira junto ao comentarista Carlos Alberto Sardenberg. "O comentário sobre o que eu ouvi o Mantega dizer é uma pergunta simples: até quando? Se a gente investe pouco, pouco a pouco, até quando ele vai poder dizer que isso não tem efeito? É outra desculpa que não cola mais, Sardenberg. Eu não sei porque as autoridades insistem em dizer que a culpa é da crise internacional. Não cola mais", disse o jornalista após uma reportagem especial sobre a queda em diversos setores da economia.

Como procedimento padrão da Globo, os apresentadores irão ler as perguntas que seriam feitas a Dilma Rousseff. Na semana entre 22 e 25 de setembro estão marcadas entrevistas no Bom Dia Brasil, cuja ordem não foi definida ainda.


Deixe o seu comentário


Publicidade


Comentários (7) Postar Comentário

Adalberto comentou:

Está com medinho, Dona Dilma?
Ou será que é medão?

Julia comentou:

O que Dilma faz é 'emprestar' dinheiro para outros países, enquanto aqui no Brasil é do jeito que é.

Max comentou:

Quanta ignorância política, hein? Precisam se informar melhor (e de preferência não pelos jornais da globo). :)

Renan comentou:

Quem não deve não teme... a conclusão fica por conta de cada um....

Mauro Estevez comentou:

Tanta gente mal informada sobre as políticas de relações exteriores do governo. O Brasil não emprestou dinheiro para outros países, e sim, investiu em empresas (do governo) brasileiras (transnacionais) sediadas em outros países... Mas o contra-senso que chama mais atenção, é o fato da política econômica do governo Dilma ser tão criticada (apesar de ter conseguido manter os empregos formais e de estar gerando muitos outros postos de trabalho), no momento em que o país vive o boom do empreendedorismo. Só nos meses de junho/julho o país marcou um recorde nunca antes visto, foram criadas uma nova empresa a cada quatro minutos! Ora, se a economia vai tão mal, por que há tanta gente disposta a investir? Por que os shoppings estão cada vez mais lotados? Por que há tantos outros shoppings em construção? Ora, algo está errado nesta equação, e o jornalismo da Globo deita e rola em cima dessa falta esclarecimentos.

mario comentou:

FORA DILMA !!!!!!

Carlos comentou:

A mão de obra barata depois que os shoppings são construídos é a explicação para a construção dos mesmos. O senhor Mauro sabe quanto os funcionários de shopping, ganham? Mão de obra barata.


Publicidade

Veja também

Publicidade