O Planeta TV

"Porto dos Milagres" entra no catálogo do GloboPlay nesta segunda (1º)

A novela não agradou ao autor Aguinaldo Silva.

por Redação, em 01/02/2021

Hoje (1º), o GloboPlay começa a transmitir a novela "Porto dos Milagres". Trata-se de uma novela de sucesso, mas que não agradou muito ao autor, Aguinaldo Silva.

"Porto dos Milagres foi uma novela bastante traumática para mim. Sabe essa coisa de diretor que não sabe fazer? Pois é. Depois de 'Porto', pensei até em não escrever mais novelas. Virei para a Globo e disse: 'Estou de saco cheio, não quero mais", revelou Aguinaldo Silva, em entrevista ao livro A Seguir, Cenas do Próximo Capítulo, de André Bernardo e Cíntia Lopes. Os diretores da novela foram Marcos Paulo e Roberto Naar.

Recentemente, Aguinaldo também falou de sua insatisfação com a direção de "O Sétimo Guardião", cujo trabalho foi coordenado por Rogério Gomes. Trata-se da novela de menor audiência de Aguinaldo, com apenas 29 pontos.

"Porto" foi uma novela livre adaptação de Mar Morto e A Descoberta da América Pelos Turcos, do escritor Jorge Amado. Tinha tem como base uma trama política que coloca frente a frente o pescador Guma (Marcos Palmeira), um representante do povo, ao poder exercido pelo inescrupuloso Félix (Antonio Fagundes) e sua ambiciosa mulher, Adma (Cassia Kis). A história se passa na fictícia cidade de Porto dos Milagres, localizada na região do Recôncavo Baiano e formada por duas classes sociais: a burguesia porto-milagrense com suas famílias tradicionais, instaladas na parte alta da cidade, e os moradores do cais do porto, habitantes da parte baixa. A base da economia local é a pesca, mas a cidade também é uma das entradas de contrabando do país. A mitologia e a religiosidade estão presentes na trama através da figura de Iemanjá, a “rainha do mar”, padroeira de Porto dos Milagres e que, de forma fantástica, exerce influência na vida dos habitantes. Ao longo da história, Guma se apaixona por Lívia (Flávia Alessandra) e enfrenta as armações da sedutora Esmeralda (Camila Pitanga), apaixonada pelo pescador.

Autoria: Aguinaldo Silva e Ricardo Linhares | Colaboração: Nelson Nadotti, Filipe Miguez, Gloria Barreto, Francisco Vieira e Maria Elisa Berredo | Direção: Marcos Paulo, Roberto Naar, Luciano Sabino e Fabrício Mamberti | Direção-geral: Marcos Paulo e Roberto Naar | Direção de núcleo: Marcos Paulo | Período de exibição: 05/02/2001 – 29/09/2001 | Horário: 21h | Nº de capítulos: 203


Publicidade

Comentários (1) Postar Comentário

Gabriel comentou:

Adma, personagem de Cássia Kis, sem dúvida alguma, está entre as cinco vilãs mais peversas de todos os tempos das novelas brasileiras!

Publicidade

Veja também

Publicidade