O Planeta TV

Portadora do vírus HIV, Nanda terá um final trágico

Último capítulo de Os Dias Eram Assim está marcado para o dia 18/09.

por Redação, em 30/08/2017

Foto: Divulgação/Globo

No último capítulo de Os Dias Eram Assim, Nanda (Julia Dalavia) será derrotada pelo vírus HIV (Síndrome da imunodeficiência adquirida). Nos próximos capítulos, por causa da doença, a irmã de Alice (Sophie Charlotte) ficará com a saúde bastante frágil e não resistirá.

A personagem será internada e receberá o diagnóstico de pneumonia. Nanda reclamará por ter que permanecer no hospital e perguntará ao médico se, depois de tomar antibióticos, ficará curada. Ele explicará que os remédios ajudarão a moça a curto prazo, deixando claro que seu quadro é grave.

Nanda não resistirá às doenças oportunistas causadas pelo vírus e morrerá no encerramento da novela, que será levado ao ar no dia 18 de setembro.

Com informações do jornal O Globo.



Publicidade

Comentários (3) Postar Comentário

Geraldo comentou:

A exemplo da portadora do virus, diagnosticada em 1989 e sobreviveu numa época em que a medicina não contava com tantos recursos para aumentar a sobrevida, poderiam mostrar a Nanda com a doença "sob controle" até pela grande vontade de viver da personagem.

Edu comentou:

Desculpa, mas em 85 o vírus não tinha controle, não existiam remédios como hoje, apenas o AZT que mais matava do que controlava, infelizmente vão mostrar o destino de 9 entre 10 pacientes portadores dos anos 80. Somente a partir de 1996 que o tratamento deu uma reviravolta com a introdução de 3 tipo de drogas diferentes para se combater o vírus, depois desse ano as taxas de óbito caíram significamente, porem os portadores enfrentavam os graves efeitos colaterais e o extenso numero de comprimidos diários, existem de relatos de pessoas que tomavam até 35 comprimidos por dia, Hoje, a situação é totalmente diferente, se uma pessoa descobre que é portador atualmente ela vai começar um tratamento tomando apenas 1 comprimido por dia, são 3 drogas juntos em apenas 1 comprimido!


Lucas respondeu:

Não são 3 comprimidos ao dia eles tem duração de 12hrs, 2 AZT +3TC (Biovir) + 1 Efavirenz tem outras drogas tbm como Kaletra mas essas tem mais efeitos colaterais foras as injetáveis quando essas já não fazem mais efeito. Porque tem que tomar tomar todos os dias se a pessoa esquece ou não toma o vírus fica resistente as drogas e tem que mudar o remédio quando o médico suspeita que o vírus está resistente ele pede um exame chamado de Genotipagem para confirmar, se confirmado muda-se os medicamentos. Tenho uma conhecida que pegou do marido e demora a acertar na combinação dos remédios (coquetel) ele testou vários até descobrir um que combatia o vírus e nesse tempo ela teve pneumonia, ele pegou do próprio marido quando descobriu que estava grávida, o marido sabia e não contou nada pra ela. o AZT sozinho dá muitos efeitos colateriais principalmente anemia por isso ele é combinado com outros.



Bernardo respondeu:

Se não tomar o remédio todos os dias ou esquecer de tomar ou não tomar no horário certo se isso acontecer durante um tempo o vírus atinge resistência ao medicamento são 2 comprimidos AZT +3TC (Biovir) + Efavirenz. 15 dias sem tomar ou tomar de maneira inadequada o vírus causa resistência e é necessário fazer genotipagem na verdade se o médico se o CD4 está diminuindo com o passar do tempo ele vai mandar fazer a genotipagem se confirmada ele vai mudar os medicamentos pq aqueles já fazem mais efeito, eu assisti uma matéria sobre isso e conheço infectologistas e enfermeiros. o AZT é combinado porque sozinho ele da muitos efeitos colaterias prioncipalmente anemia grave, em casos que o organismo inibe a produção de hemoglobina e a taxa cai de 15 para 2,3 nesse caso tem que suspender a medicação e passar outra. Mais o coquetel só é indicado para quem está com taxas de CD4 abaixo de 320 e carga viral muito alta, tem pessoas que passam anos sem tomar remédio mas tem que fazer exames a cada 4 meses para controle. Conheço uma senhora que ficou 15 anos sem tomar o remédio ela também pegou do marido, ele trabalhava numa organização de combate a AIDS hj está aposentada, forte, saudável ninguém diz que é soropositiva há mais de 20 anos.


Edu comentou:

Eu disse que quem começa o tratamento hoje, ja começa tomando ou 2 comprimidos por dia que é o esquema DOLUTEGRAVIR+TENOFOVIR+LAMIVUDINA, sendo 1 comprimido de dolutegravir mais 1 comprimido que contem TENOFOVIR+Lamivudina no mesmo comprimido, esse é a primeira opçao, a segunda opçao é apenas 1 comprimido quem contem 3 drogas, EFAVIRENZ+TENOFOVIR+LAMIVUDINA que é conhecido como o 3 em 1. E isso que vc falou do remedio nao fazer efeito é apenas se a pessoa nao tomar o remedio direito, ficar dias sem tomar, mas tomando diariamente essa falha do tratamento nao ocorre. HIV hj nao é um bicho de 7 cabeças, mas sim un doença crônica q possui um tratamento hiper eficaz.

Veja também

Publicidade