O Planeta TV

Manoel Carlos fala de sua ausência na teledramaturgia

"Eu me sinto bem em ser lembrado pelo meu trabalho”, analisa.

por Redação, em 23/09/2020

Manoel Carlos. Foto: Reprodução/Globo

De acordo com informações da jornalista Carla Bittencourt, do jornal Extra, Manoel Carlos desmonstrou estar feliz com as reprises de suas novelas. Uma na Globo e a outra no Canal VIVA.

Maneco, como é chamado nos bastidores, diz que não teme o “cancelamento da internet” por algumas abordagens feitas no passado e nem corrigiria o que escreveu. “Sei da grande responsabilidade em lidar com a audiência de um sucesso. Ouço e leio as críticas abalizadas, defendo e discuto meus pontos de vista. O que escrevi obedece à época em que tudo foi escrito” , disse Maneco ao Diário de Pernambuco.

Longe da TV desde “Em Família”, em 2014, Maneco desconversou sobre uma nova produção: “Nem descarto nem prometo nada. Estou com quase 90 anos. Estou na hora de fazer um balanço da minha vida. Eu me sinto bem em ser lembrado pelo meu trabalho”.



Publicidade

Comentários (12) Postar Comentário

Fred H Prado comentou:

Grande autor!

fred comentou:

ele disse depois de Em Família que escreveria series. podia ter feito uma novela das 18h curta ou uma série mesmo. mas acho que a Globo perdeu o interesse e ele ficou traumatizado depois de suas últimas duas novelas. uma pena!

GILBERT comentou:

Quero ver Glória Pires( Helena) x Marcela (Viviane Pasmanter) e Danilo /Diogo ( Raphael Cardoso) filhos gêmeos da bondosa e rica Glória (Suzana Vieira)e casada com Antero (Odilon Wagner) Sônia(Natalia do Valle) a vilã rica dona de uma rede Pet Shopping e mãe da doce Laura ( Mariana Ximenes) apaixonada por Diogo e da malvada Débora ( Paola Oliveira) Sônia uma viúva que tem um caso com o Celso (Henry Castelly) um nadador forte e que ama demais. Débora vai destruir o romance de Amanda( Ísis Valverde) a fiha mais velha de Helena. Helena vai reencontrar seu amor do passado Eugênio (Thiago Lacerda ) noivo de Marcela e elas vão disputar esse amor e sua filha Amanda disputará o coração de Danilo com Débora. Vamos mandar essa ideia pro Manoel Carlos

Allan comentou:

Era bom que Maneco voltasse a TV. Escrevesse uma novela ou uma minissérie.Ou algum autor fizesse um remake de alguma novela dele e ele supervisionando o texto em forma de homenagem a ele. Como estão fazendo com Benedito Ruy Barbosa (Pantanal)- Bruno Luperi.

Realista comentou:

Maneco já tem sua marca na nossa teledramaturgia, com novelas memoráveis. Merece descanso.
Por Amor, Laços de Família, Mulheres Apaixonadas e até Páginas da vida ( que do meio pro final se arrastou, devido a direção do Jayme mas ainda tinha muito do Maneco naqueles textos), são as minhas preferidas do autor.

Mario comentou:

Eu gosto de simplicidade. Adoro historia de amor, uma das mais lindas e simples que a globo exibiu. Novela maravilhosa, no horario perfeito.

Luiz comentou:

Que autor!! Sinto falta de novelas como Laços de Família, Por Amor e Mulheres Apaixonadas. Temos que nos contentar com as reprises, porque ninguém escreve como ele. Dá gosto assistir Laços de Família. As situações criadas, os temas discutidos.

Eduardo comentou:

Grande autor não precisa mais voltar tem que descansar, pra mim já ficou eternizado com novelas inesquecíveis: Felicidade, História de Amor, Por Amor, Laços de Família e Mulheres Apaixonadas não canso de assistir quantas vezes forem reprisadas em especial Por Amor e Mulheres Apaixonadas.

Vicente comentou:

Acredito que ele tenha trabalhos de gaveta espetando só que a emissora os solicite. No mais, adoraria assistir a uma parceria do Maneco e Lícia Manzo!

Júlio comentou:

Sinto falta do texto refinado e das excelentes novelas do Manoel Carlos. Ele foi, sem dúvidas, o melhor autor de novelas da Globo. Seus clássicos ficarão eternizados na memória: Por Amor, Laços de Família, Presença de Anita, História de Amor, Mulheres Apaixonadas e Páginas da Vida. Uma pena que os seus dois últimos trabalhos deixaram a desejar, mas isso não apaga o seu brilhantismo. Contudo, na péssima gestão do tenebroso Sílvio de Abreu, difícilmente teremos boas novelas como as do Maneco. Isso porque o Sílvio tem um gosto pra lá de duvidoso. Ele gosta de tramas fáceis, com soluções bobas para as histórias maniqueístas e forçadas, repletas de violência, agilidade extrema nos acontecimentos e forçação de barra.

Veja também

Publicidade