O Planeta TV

Lilia Cabral comenta sua participação no "Lady Night"

A atriz é a convidada de Tatá Werneck no programa desta quinta (10).

por Redação, em 09/03/2022
Publicidade

Foto: TV Globo/Divulgação

Tatá Werneck recebe Lilia Cabral no ‘Lady Night’ que vai ao ar na TV Globo nesta quinta-feira, dia 10. A atriz confessa que sentiu um certo frio na barriga ao enfrentar a sagacidade e as brincadeiras da apresentadora, mas que conseguiu ficar confortável e aproveitar cada momento no programa.  "Num programa de entrevistas você senta, o entrevistador pergunta e você responde, mas no caso do 'Lady Night' essa dinâmica é um show à parte. Através da entrevista que a Tatá faz, também há uma grande brincadeira, um grande entretenimento, e com isso o público tem a possibilidade de conhecer a gente de uma outra forma. Entrar na brincadeira é o grande segredo, mas é claro que dá um friozinho na barriga. Só que é um friozinho gostoso, porque você sabe que vai sair de lá com a sensação de que apreciou os momentos naquela brincadeira, você aproveitou, se divertiu. Isso é muito bom!", conta Lilia.

Confira, abaixo, uma entrevista com Lilia Cabral sobre sua participação no 'Lady Night'.
 
‘Lady Night’ vai ao ar após o ‘BBB 22’ e tem apresentação de Tatá Werneck, roteiro de Caíto Mainier e João Marcos Rodrigues, redação final de Tatá Werneck e direção geral de Lilian Amarante.

Entrevista com Lília Cabral

Como foi participar do Lady Night? Tatá tem um humor muito veloz e inteligente. Em algum momento deu um friozinho na barriga?

A Tatá é uma pessoa que eu admiro demais, desde que começou a se falar em Tatá Werneck. Sempre achei ela o máximo. A inteligência, a perspicácia, como ela conduz a resposta do convidado com a resposta dela, com outra pergunta, de uma forma sempre brilhante. Quando convidada para um programa como esse, é lógico que você pensa em como vai agir, ou como será o seu comportamento e o da pessoa que está te entrevistando. Num programa de entrevistas você senta, o entrevistador pergunta e você responde, mas no caso dela essa dinâmica é um show à parte. Através da entrevista que a Tatá faz, também há uma grande brincadeira, um grande entretenimento, e com isso o público tem a possibilidade de conhecer a gente de uma outra forma. Entrar na brincadeira é o grande segredo, mas é claro que dá um friozinho na barriga. Só que é um friozinho gostoso, porque você sabe que vai sair de lá com a sensação de que apreciou os momentos naquela brincadeira, você aproveitou, se divertiu. Isso é muito bom!   

Uma das características da apresentação da Tatá é deixar seus convidados muito à vontade. Nas brincadeiras dos quadros, acontecem grandes dobradinhas. Conte um pouco da sua experiência no programa.

Eu acho que quando você se sente à vontade em algum lugar, pode relaxar. Então, quando esse momento acontece e você percebe que está relaxada, pensa: "ótimo, vamos entrar na brincadeira". E eu percebo também que, quando o convidado está à vontade com ela, ela também se diverte muito. Afinal de contas, ali o brilho é dela, isso é inegável, mas a Tatá deixa todo mundo se sentindo dentro do contexto, não tem o vencedor, apesar de ela ser a grande estrela. E existe um respeito muito grande. Em todas as brincadeiras que ela fez comigo, eu a senti muito respeitosa, apesar do tipo de perguntas que me fez. Eu aprendi com essa experiência e gostei de responder coisas que nunca respondi na minha vida. Eu me senti confortável, a Tatá proporcionou isso.

O que mais te marcou durante sua participação no programa?

Eu senti que a Tatá está ali de coração aberto para aprender. E eu também estava de coração aberto para aprender. Na nossa diversão, a gente acaba aprendendo muita coisa. E quando eu gravei, estávamos no auge da pandemia, houve perdas muito sérias e contundentes. E acabou sendo muito bonito vê-la se emocionar – ninguém esperava, nem ela, nem eu. Tatá tem um coração muito especial, é uma pessoa muito especial, além de todo o talento.

O que te motivou a aceitar o convite?

Eu respondi na mesma hora em que vi o convite: ‘Eu vou, eu vou, eu vou”! ‘Lady Night’ é um programa que eu amo, eu não perco, eu adoro, então eu nem pensei. Quando vem uma coisa boa, a gente quer fazer. Minha motivação foi a própria Tatá, por quem eu fiquei completamente apaixonada. Além do talento, que eu já admiro tanto, adorei a pessoa dela.
 
 Comunicação Globo


Deixe o seu comentário


Publicidade


Comentários (0) Postar Comentário

Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro!

Publicidade

Veja também

Publicidade