O Planeta TV

Liberdade Liberdade: Caio Blat, Ricardo Pereira e diretor comentam cena de amor

“Que as pessoas questionem os seus conceitos, parem de reprimir os outros", disse Vinícius Coimbra.

por Redação, em 14/07/2016

Foto: Divulgação/Gshow

A cena de amor entre os personagens de Caio Blat e Ricardo Pereira foi ao ar e rendeu à Liberdade Liberdade a sua maior audiência em uma terça-feira desde o segundo capítulo. Os principais envolvidos comentaram o que foi apresentado - e pela primeira vez na televisão aberta. “Sempre me pergunto como deve ser difícil você não poder ser quem você é e, de alguma forma, ter que se reprimir. Eu queria que fosse uma cena que tocasse as pessoas em algum tipo de identificação”, disse Vinícius Coimbra -  “Que as pessoas questionem os seus conceitos, parem de reprimir os outros. Tem vários tipos de segregação e violência contra o indivíduo no mundo. Acho que temos que repensar e ser um pouco mais abertos, pois podemos sentir algum tipo de repressão vindo de outra pessoa que pensa diferente de nós”, completou o diretor.

Ricardo Pereira disse que já havia rumores sobre a cena e que ele ficou muito feliz quando recebeu o texto. "Foi uma descoberta muito intensa dos dois, que chegou ao clímax com esta cena. Eles já estavam quase vivendo isso, mas sem se tocar. À medida que esta poesia entre dois era criada, despertava algo maior", disse o ator, ao Gshow.

"O mais importante é que a sociedade mude, que as pessoas passem a aceitar as diferenças com mais respeito. É pra isso que nós trabalhamos", disse Caio Blat, que adiantou o teor do que vem por aí: "Me deu muito orgulho de ver que a gente tem liberdade total pra trabalhar essa história, tocar nesse tema. E para mostrar também a violência, a intolerância e o preconceito que eles vão sofrer em seguida".


Publicidade

Comentários (1) Postar Comentário

Fabio comentou:

Parabéns à todos os envolvidos. Isso é arte. A arte provoca, instiga, questiona, faz refletir.

Publicidade

Veja também

Publicidade