O Planeta TV

Larissa Manoela, Padre Marcelo Rossi e DJ Alok participam do Altas Horas

Para abrir o mês de outubro, Serginho Groisman recebe convidados especiais.

por Redação, em 03/10/2020
Publicidade

Foto: Divulgação/TV Globo

Para abrir o mês de outubro, Serginho Groisman recebe convidados especiais no ‘Altas Horas’ deste sábado, dia 3. Em uma entrevista tripla, o apresentador bate um papo internacional e cheio de leveza com a cantora mexicana Dulce Maria e as brasileiras Larissa Manoela e Gleici Damasceno. Outros convidados da noite são o DJ Alok e o ambientalista Ailton Krenak, além das cantoras Elza Soares e Karol Conka. O Padre Marcelo Rossi também marca presença no programa, trazendo detalhes sobre o seu novo livro “Batismo de Fogo”.

Reunião de fãs: Dulce Maria, Larissa Manoela e Gleici Damasceno

O ‘Altas Horas’ reúne três grandes personalidades para falar sobre temas como a relação entre artistas e os fãs, evolução profissional, ‘Big Brother Brasil’ e questões ambientais. Para esta conversa, Serginho chama Dulce Maria, Gleici Damasceno e Larissa Manoela.Fãs da cantora mexicana, as brasileiras Gleici e Larissa não escondem o entusiasmo ao dividir a entrevista com Dulce Maria, e fazem questão de demonstrar toda a estima pela artista . Em espanhol, Larissa Manoela diz: “Eu sempre fui sua fã e tenho uma admiração muito grande por você”. Dulce se emociona: “Você é linda! Muito obrigada”. Natural do Acre, Gleici também aproveita para expressar, em nome de seus conterrâneos, toda esta admiração: “Lá no meu estado você também é muito amada”.

No programa, a cantora mexicana também conta sobre os novos projetos profissionais, o início da carreira aos 5 anos e não esconde o carinho que sempre recebeu do público brasileiro. Agora, prestes a se tornar mãe de uma menina, ela conta: “Quando eu anunciei que estava grávida, recebi muitas demonstrações de carinho e amor. Agora estou preparando o projeto mais importante da minha vida, dentro de mim”.

Ainda no 'Altas Horas', Larissa Manoela fala sobre como foi crescer sob os olhares atentos do público e os seus próximos projetos profissionais, e Gleici relembra a participação no ‘Big Brother Brasil’ e fala sobre o seu lado ativista.

Larissa Manoela. Foto: TV Globo/Divulgação

Elza Soares e Karol Conka: a importância do debate

Elza Soares se consagrou como uma das principais vozes do cenário musical brasileiro, e sempre manteve uma postura firme ao defender, dentro e fora dos palcos, as suas opiniões sobre a importância da luta pela igualdade racial e a favor das mulheres. Com mais de 30 discos lançados, Elza Soares recorda: “Desde que eu comecei a cantar, sabia que ia existir um preconceito grande. Já sabia que eu ia passar por certos caminhos difíceis, mas nunca tive medo. Eu sempre achei que a gente tem que ter coragem para encarar tudo”.

A cantora é inspiração para muitos brasileiros e, entre eles, está a rapper Karol Conka, que aproveita a participação no ‘Altas Horas’ para enfatizar a importância da cantora em sua vida: “A Elza é um símbolo de poder e resistência, com toda a trajetória dela, as coisas que ela passou e sofreu. Até hoje, quando a gente ouve essas histórias, ficamos chocados. Ao mesmo tempo, enxergamos uma força nela que chega a ser surreal. Isso só inspira a gente, só faz ficar mais forte”.

Alok e Ailton Krenak falam sobre a cultura indígena

Não é surpresa para os fãs de Alok que uma viagem de três dias para o Acre mudou para sempre a vida do DJ. Em 2015, ele visitou a tribo Yawanawá, apenas com o objetivo de enriquecer a sua música, ao se aproximar do ritmo dos yawanawás, mas o final foi bem diferente: “O que era pra ser uma viagem profissional acabou virando uma viagem espiritual e pessoal. Mudou a minha vida e a forma como eu vejo”. Alok conta que a paixão foi tanta que a experiência gerou um documentário e uma canção em homenagem ao povo, além de uma grande estima pela tribo.

Para deixar o papo ainda mais enriquecedor, Alok e Serginho trocam impressões com o líder indígena, escritor e ambientalista Ailton Krenak sobre a importância da preservação da cultura indígena.

Padre Marcelo Rossi e o seu novo nascimento

Quem também está nesta edição do ‘Altas Horas’ é o Padre Marcelo Rossi. A Serginho, ele dá detalhes sobre seu novo livro, “Batismo de Fogo”: “É um novo nascimento. Eu comecei a entrar em detalhes da minha vida pessoal. Vou me abrir como nunca fiz e colocar um pouquinho do meu passado, o que me levou a ser padre.”

O ‘Altas Horas’ vai ao ar aos sábados, depois do ‘Zorra’.


Deixe o seu comentário


Publicidade


Comentários (0) Postar Comentário

Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro!

Publicidade

Veja também

Publicidade