O Planeta TV

"Jornal Hoje" completa 50 anos nesta quarta-feira

O telejornal atualmente é apresentado por Maju Coutinho.

por Redação, em 20/04/2021
Publicidade

Maju Coutinho. Foto: Reprodução/Globo

“O ‘Jornal Hoje’ é um jornal companheiro, ele se entrelaça com a rotina do telespectador. Ao mesmo tempo, tem a característica de trazer o calor do momento, a notícia que chega naquele instante”. Assim Maria Julia Coutinho, atual titular da bancada, define o ‘Jornal Hoje’, que completa 50 anos nesta quarta-feira, dia 21. São cinco décadas informando sobre os principais fatos do Brasil e do mundo, sempre fazendo jus ao seu nome, como o jornal do agora, mas com leveza e uma conexão ímpar com o público.

Nesta terça-feira, 20, e no dia do aniversário vão ao ar os dois últimos episódios da série sobre grandes coberturas feitas pelo JH nos últimos 50 anos. O atentado de 11 de setembro, a morte do papa João Paulo II e a eleição de Bento XVI, as tragédias do furacão Katrina e do terremoto no Haiti, a queda do avião da Air France que ia do Rio a Paris estão entre os assuntos lembrados no especial.

No Memória Globo, um webdoc traz depoimentos exclusivos de profissionais que passaram pelo JH e mostra o experimentalismo dos primeiros anos e as grandes entrevistas com intelectuais e artistas que marcaram as edições de sábado. A página especial do Jornal Hoje no G1, https://g1.globo.com/jornal-hoje/especial-50-anos/, segue disponibilizando diariamente conteúdo especial por conta do aniversário, como mensagens de parabéns de apresentadores como William Bonner e Renata Vasconcellos, do 'Jornal Nacional'; Sandra Annemberg, do 'Globo Repórter'; Ana Paula Araújo, do 'Bom Dia Brasil'; Roberto Kovalick, do 'Hora 1'; Caco Barcellos, do 'Profissão Repórter' e a própria Maju Coutinho.

Entrevista com Maria Julia Coutinho

Qual a importância de estar à frente do ‘Jornal Hoje’ no momento em que o jornal celebra 50 anos?

É uma dupla realização estar à frente do JH. Primeiro pela importância desse telejornal, sua história, por fazer parte desse time incrível de apresentadores que deixaram sua marca. E ancorar este telejornal no seu cinquentenário, que ocorre no mesmo período de uma pandemia e de uma epidemia de notícias falsas, é marcante na trajetória de qualquer profissional. É clichê, mas é real: estamos vivendo a história em toda sua fúria. Ainda levará tempo para desvendarmos tudo que o está acontecendo.

O JH é reconhecido por muitos profissionais como o 'jornal do gerúndio', por ser exibido no momento em que as notícias acontecem. Como você se prepara para muitas vezes lidar com notícias que não estavam previstas?

O JH tem a característica de trazer o calor do momento, a notícia que chega naquele instante. Muitas vezes, o apresentador vai descobrindo o fato juntamente com o telespectador. Ninguém está preparado para o um rompimento de barragem, a queda de um avião, mas temos que estar a postos para o imprevisível, o imponderável e o improvável.

O que veremos na série especial em comemoração aos 50 anos do Jornal Hoje?

A série é costurada por fatos importantes que aconteceram no Brasil e no mundo durante ou pouco antes do horário do 'Jornal Hoje'. As reportagens especiais de aniversário deixam claro o DNA do JH: estar de olho no lance, captar o momento e apresentar as primeiras informações. O JH é um jornal companheiro, ele se entrelaça com a rotina do telespectador. É o companheiro da hora do almoço, do intervalo do trabalho, no qual o espectador vai desvendando, com o apresentador e com as equipes de reportagens, os acontecimentos em tempo real. A série mostra também os pontos nos quais o Brasil avançou e o caminho que ainda precisa ser trilhado. Conta com depoimentos de apresentadores que já passaram pelo telejornal, fatos históricos. Está muito emocionante.

Com informação da Comunicação Globo


Deixe o seu comentário


Publicidade


Comentários (0) Postar Comentário

Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro!

Publicidade

Veja também

Publicidade