O Planeta TV

Ísis Valverde está reservada para a novela "Amor de Mãe"

Obra marcará a estreia da autora Manuela Dias na faixa das 21h.

por Redação, em 13/02/2019

Isis Valverde. Foto: Divulgação/TV Globo

Com o fim da licença-maternidade, Isis Valverde já tem compromisso com a Globo. Ela está reservada para "Amor de Mãe", novela que está sendo escrita por Manuela Dias e que irá ao ar no fim do ano após "Dias Felizes", de Walcyr Carrasco. A obra terá direção artística de José Luiz Villamarim. 

O último papel de Isis na telinha foi a Ritinha de "A Força do querer".

Falando ainda sobre "Amor de Mãe", presença rara em novelas, Regina Casé estará no elenco. Ela viverá a mãe de Cauã Reymond na história. Chay Suede e Taís Araújo também foram escalados.



Publicidade

Comentários (6) Postar Comentário

Amigotvtudo comentou:

Duvido muito ela se esbarrar com o cauã nessa produção se é que esse elenco ira permancer ate lá.principalmente o mesmo que citei com tantos projetos e eles estao fujindo de novelas devido essa decadencia que esta acontecendo nos ultimos anos.

ANTONELLO comentou:

TOMARA QUE ÍSIS VALVERDE E NATALIA DO VALLE SEJAM MÃE E FILHA NA NOVELA AMOR DE MÃE POR QUE ELAS POSSUEM UMA FORMA LINDA DE ENXERGAR O MUNDO COM AMOR, E NATÁLIA DO VALLE COM ÍSIS VALVERDE FICAM PERFEITAS COMO MÃE E FILHA.


Mario respondeu:

Queria ver sabe quem como filha da Natália, a Marjorie Estiano. Já pensou as duas juntas, não seria incrivel.Não sei se a Marjorie vai estar nessa novela...


Mario comentou:

Tomara que as próximas novelas tenham uma construção melhor de
personagens. As tramas estao muito rosas, os personagens muito
malvados e outros bonzinhos. Não tem mais aquela zona cinzenta
dos personagens que torna as histórias interessantes.Isto
demonstra um melhor desenvolvimento de personagem e um capricho
maior nos textos. Não sei o que há; muitas novelas são rejeitadas enquanto
a gente tem que aguentar ir ao ar novelas bobas como Sol Nascente ou
Sétimo Guardião. E um critério estranho para reprovar e aprovar as novelas.
Acho que a coisa piorou muito de 2010 para cá, talvez um pouco antes.


Televisivo respondeu:

Concordo. O que mais me incomoda é que estão bobas demais, sem emoção. Sem dúvida alguma o último novelão das 21h, foi "A Força do Querer", das 18h. Acredito que a Manuela virá com algo na linha do Manoel Carlos, o único cuidado é que suas tramas apesar de serem ótimas, são mais arrastadas. É necessário ritmo pelo menos nos diálogos. E muita emoção, estamos carentes.



Júlio respondeu:

Exatamente. As novelas atuais parecem partir sempre de um mesmo padrão de criação e desenvolvimento, com argumentos partindo de temas ao invés de tramas. A ordem parece que é sempre a mesma: escrever histórias rasas, sem profundidade nenhuma, com nada que superestime a inteligência de quem está assistindo. Parece que esse núcleo de teledramaturgia criou uma espécie de modelo de "telespectador padrão", que é uma pessoa idiota, que não está afim de pensar, quer tudo bem didático e mastigado, não se preocupa com qualidade e só quer ver besteiras. O resultado está aí na tela, como histórias como a de O Sétimo Guardião: não há mais capricho nenhum, tudo parece ter sido escrito às pressas para ser gravado no dia seguinte (tipo, escreve qualquer coisa e é isso mesmo), não há mais cuidado para se desenvolver uma história que encadeie de forma coesa e coerente o início, o meio e o fim da novela. Parece que são inventadas coisas de última hora para encher linguiça, então os recursos usados são sempre os mesmos: sequestros de mocinhas, gente sendo jogada da escada, falsas mortes, vilãs loiras que só sabem gritar e xingar e por aí vai. E isso para não falar nos outros problemas, como a repetição de certos atores e atrizes a exaustão, demissão de gente qualificada e boa de serviço, texto e direção que parecem não se comunicar, ausência de externas em cenários reais que dão alma à novela (tudo é feito em espaços no estúdio para economizar), etc. Até as trilhas sonoras que embalavam as tramas foram eliminadas. Minha proposta para resolver isso: tirem o Sílvio de Abreu da direção da teledramaturgia, pois desde que ele entrou o nível das novelas despencou vertiginosamente.



Mario respondeu:

Julio, tudo que disseste é exatamente o que eu penso. Não pensei encontrar alguem com tanta sincronicidade de pensamentos. Faltam aberturas legais, falta trilha musical, grandes nomes foram jogados fora em detrimentos de gente fraca e que deve ter salário mais barato, sinopses bobas ou absurdas.Novelas da nove extremamente sem cor. Não lembro da última novela do horário que nao fosse um borrão ou uma meia luz. E concordo, o Sílvio de Abreu já deu.


Cleber comentou:

Ela não ia fazer a Novela do Daniel Ortiz.

paulo comentou:

quem será que vai ficar no lugar dela em adrenalina?

Gabriel Saboya Barbosa Bile comentou:

Nathalia Dill Pode Perfeitamente Ser Escalada Com Certeza

Veja também

Publicidade