O Planeta TV

Império é a grande vencedora do Prêmio Contigo 2015

Globo fica com todos os prêmios da noite.

por Redação, em 09/06/2015

Foto: Reprodução/Twitter

Aconteceu na noite desta segunda-feira, 8, a entrega do Prêmio Contigo! de Televisão, no Rio de Janeiro. A grande vencedora da noite, com o total de seis prêmios, foi a novela Império, escrita por Aguinaldo Silva e dirigida por Rogério Gomes. Entre os títulos da trama, estão o de melhor novela e o de melhor autor. Entre todas as produções, apenas atrações e atores da Record e da Globo concorreram aos prêmios. Todos foram destinados a produtos ou artistas globais.

Confira, abaixo, a lista completa de ganhadores da premiação:

Melhor novela
Alto Astral (Globo)
Boogie Oogie (Globo)
Império (Globo)
Malhação (Globo)
O Rebu (Globo)
Vitória (Record)

Melhor autor de novela
Aguinaldo Silva, Império (Globo)

Cristianne Fridman, Vitória (Record)
Daniel Ortiz, Alto Astral (Globo)
Filipe Miguez e Izabel de Oliveira, Geração Brasil (Globo)
George Moura e Sérgio Goldenberg, O Rebu (Globo)
Paulo Halm e Rosane Svartman, Malhação (Globo)

Melhor direção de novela
André Felipe Binder, Pedro Vasconcelos e Rogério Gomes, Império (Globo)
Denise Saraceni, Maria de Médicis e Natalia Grimberg, Geração Brasil (Globo)
Edgard Miranda, Vitória (Record)
Fred Mayrink e Jorge Fernando, Alto Astral (Globo)
José Luiz Villamarim, O Rebu (Globo)
Luiz Henrique Rios, Malhação (Globo)

Melhor ator de novela
Alexandre Nero, pelo José Alfredo de Império (Globo)

Arthur Aguiar, pelo Duca em Malhação (Globo)
Bruno Ferrari, pelo Artur em Vitória (Record)
Daniel de Oliveira - Bruno em O Rebu (Globo)
Lázaro Ramos, pelo Brian em Geração Brasil (Globo)
Tony Ramos, pelo Braga em O Rebu (Globo)

Melhor atriz de novela
Bianca Bin, pela Vitória em Boogie Oogie (Globo)
Claudia Abreu, pela Pamela em "Geração Brasil (Globo)
Claudia Raia, pela Samantha em "Alto Astral (Globo)
Leandra Leal, pela Cristina em Império (Globo)
Lilia Cabral, pela Maria Marta em Império (Globo)
Patricia Pillar, pela Ângela em O Rebu (Globo)

Melhor ator coadjuvante em novela
Aílton Graça, por Xana Summer em Império (Globo)
Carmo Dalla Vecchia, pelo Maurílio em Império (Globo)
Guilherme Leicam, pelo Gustavo em Alto Astral (Globo)
Luís Miranda, pela Dorothy em Geração Brasil (Globo)
Paulo Betti, pelo Téo Pereira em Império (Globo)
Paulo Vilhena, pelo Salvador em Império (Globo)

Melhor atriz coadjuvante em novela
Adriana Birolli, pela Amanda em Império (Globo)
Andreia Horta, pela Maria Clara em Império (Globo)
Camila Morgado, pela Maria Angélica em O Rebu (Globo)
Emanuelle Araújo, pela Dandara em Malhação (Globo)
Giovanna Lancellotti, pela Bélgica em Alto Astral (Globo)
Marina Ruy Barbosa, pela Maria Ísis em Império (Globo)

Melhor ator infantil
Adriano Alves, pelo Victor em Império (Globo)
Caio Manhente, pelo Filipe em Boogie Oogie (Globo)
Cássio Ramos, pelo Pablo em Vitória (Record)
Diego Kropotoff, pelo Vinícius em Vitória (Record)
Gabriel Palhares, pelo Tomás em Geração Brasil (Globo)
JP Rufino, pelo Azeitona em Alto Astral (Globo)

Melhor atriz infantil
Bianca Vedovato, pela Tomtom em Malhação (Globo)
Giovanna Rispoli, pela Claudia em Boogie Oogie (Globo)
Kiria Malheiros, pela Bruna em Império (Globo)
Leticia Pedro, pela Rebeca em Vitória (Record)
Nathália Costa, pela Bella em Alto Astral (Globo)
Victoria Diniz, pela Gabriela em Vitória (Record

Revelação da TV
Bel Kowarik, pela Lídia em O Rebu (Globo)
Bianca Muller, pela Mirna em O Rebu (Globo)
Conrado Caputo, pelo Pepito em Alto Astral (Globo)
Isabella Santoni, peloa Karina em Malhação (Globo)
Rafael Vitti, pelo Pedro em Malhação (Globo)
Viviane Araujo, pela Naná em "Império (Globo)

Melhor série ou minissérie em canais abertos
Conselho Tutelar (Record)
Dupla Identidade (Globo)
Felizes Para Sempre? (Globo)
Plano Alto (Record)
Segunda Dama (Globo)
Sexo e as Negas (Globo)

Melhor série ou minissérie em canais fechados
3 Teresas (GNT)
Amor Veríssimo (GNT)
As Canalhas (GNT)
Na Mira do Crime (FX)
Sessão de Terapia (GNT)
Vai Que Cola (Multishow)

Melhor ator de série ou minissérie
Bruno Gagliasso, pelo Edu em Dupla Identidade (Globo)

Cosme dos Santos, pelo Areno em Sexo e as Negas (Globo)
Dan Stulbach, pelo Paulo Hélio em Segunda Dama (Globo)
Enrique Diaz, pelo Cláudio em Felizes Para Sempre? (Globo)
João Miguel, pelo Hugo em Felizes Para Sempre? (Globo)
Petrônio Gontijo, pelo André em Conselho Tutelar (Record)

Melhor atriz de série ou minissérie
Adriana Esteves, pela Tânia em Felizes Para Sempre? (Globo)
Cássia Kis Magro, pela Olga em Felizes Para Sempre? (Globo)
Cássia Linhares, pela Flávia em Conselho Tutelar (Record)
Débora Falabella, pela Ray em Dupla Identidade (Globo)
Maria Fernanda Cândido, pela Marília em Felizes Para Sempre? (Globo)
Paolla Oliveira, pela Denise em "Felizes Para Sempre? (Globo)


Publicidade

Comentários (12) Postar Comentário

Tomas comentou:

SEM GRAÇA, ONDE FICAM OUTRAS EMISSORAS DE TV. SERÁ QUE NÃO PERCEBERAM QUE O MONOPÓLIO ACABOU E QUE O BRASIL TELEVISIVO ESTÁ EM OUTRA ERA.


Bruno respondeu:

No ano passado não teve nada das outras emissoras que merecesse prêmio... e da Globo mesmo, Império ganhou tudo pq foi o que teve de melhorzinho, o resto tudo fiasco.


VMF comentou:

Eu quero ver no proximo ano quando Os Dez Mandamentos compita vs Babilonia, Paraisopolis, ou Regras do Jogo. Seguro Babilonia arrasa


Bruno respondeu:

Babilônia arrasa? Só rindo né...


GIL comentou:

quero só ver se os críticos de tv, o ano q vem terão coragem, de dar todos os premios p as novelas da globo. PORQUE NEM VERDADES SECRETAS IRÁ SUPERAR OS DEZ MANDAMENTOS.DESDE O TROFÉU IMPRENSA E OS DEMAIS VOU OBSERVAR PORQUE VAI SER UMA VERGONHA.DÁ DE CESAR ,O Q É DE CESAR.

GIL comentou:

Não tenho emissora preferida.Mas acho q devemos ser justo.

Roberto Tome Rodrigues comentou:

isso parece piada , já é um jogo de cartas marcadas!!!

ROSANA comentou:

A globo lacrou e arrasou parabéns plim , plim rede GLOBO.

Carlos Luiz de Oliveira comentou:

Império já era considerada um sucesso e agora perto de Babilônia se transformou num verdadeiro fenômeno! Já a tal Babilônia só consegue dá a metade de sua audiência..será que as novelas das 21h serão as mesmas depois desse fracasso?

Paula comentou:

Não sou fã d Globo, mas é inegável a qualidade dos programas, embora vêm tropeçando com Babilônia e outros novelas a tempo.
O domínio Globo é visto em seu ibope ea preponderância de seus atores, este foi um prêmio em duas etapas, a primeira votado pelo público e, depois pelo críticos ou especialistas, se Globe está entre os mais visto de sempre, mesmo agora, é óbvio que os seus produtos e atores serám os favoritos do público que se segue. Se SBT e Record não tem novela capaz de competir com a Globo é outra questão.
Dito isto, eu não acho que Aguinaldo Silva com seu ruim e péssimo Império merecia o prêmio de melhor novela, nem o d melhor autor, em termos de qualidade O Rebu e Victoria eram melhores! Nem Ruy Barbosa merecia, fraca demais!!!
Com o resto dos prêmios eu concordo, eles foram os melhores da TV.
A coisa no próximo ano nao será diferente, pois todos fazem a comparação entre a Babilônia e ODM, mas são os melhores novelas de 2015! E 2015 tem e terá A Regra do Jogo, Sete Vidas, Alem do tempo, Verdades Secretas, elas são todos de 2015, não só Babilônia, porque essas novelas vai ao ar a maior parte deste ano, além Carrossel, Chiquititas e ODM.

Paula comentou:

Ah!! não concordo com o prêmio de melhor ator em minissérie, Enrique Dias foi excelente, eu acho que foi o melhor nessa categoria.

Anônimo comentou:

Não vejo Império como uma boa novela das 21h. =/ Foi razoável, e Babilônia agr é terrível. A última novela BOA das 21h foi Avenida Brasil, e Amor a Vida foi razoável tbm.

Publicidade

Veja também

Publicidade