O Planeta TV

Globoplay e Disney+ se unem para oferecer combo inédito no Brasil

Globo prepara uma campanha que une o sonho Disney ao um som bem brasileiro.

por Redação, em 04/11/2020

Foto: Divulgação/Globo/Disney

De um lado, o melhor catálogo do Brasil: produções originais, novelas clássicas, filmes, séries e documentários que juntam todo o conteúdo da Globo, do mercado brasileiro independente e dos grandes estúdios internacionais. Do outro, a plataforma de streaming por assinatura de The Walt Disney Company com o acesso exclusivo para a coleção de todos os filmes e séries disponíveis das marcas de conteúdo mais atrativo do mundo: Disney, Pixar, Marvel, Star Wars e National Geographic. Juntar esses dois universos em uma única oferta não é mais um sonho: já neste mês o consumidor poderá, de forma simples e rápida, contratar os dois melhores serviços de streaming do Brasil, Globoplay e Disney+, em uma única oferta. A partir do dia 3 de novembro, quem acessar www.globoplay.com/disneyplus poderá fazer o pré-cadastro e estar entre os primeiros a contratar o novo combo, que será vendido a partir da manhã do dia 17 de novembro.

Serão oferecidos combos do Disney+ tanto com o Globoplay básico quanto com o novo Globoplay + Canais Ao Vivo, em planos mensais e anuais. E o que é melhor: com descontos que vão de 10% a 25% em relação aos preços dos produtos adquiridos isoladamente no plano mensal. Atuais assinantes do Globoplay que contrataram o serviço diretamente pela web também poderão fazer upgrade para os novos combos.

“Nós sempre ouvimos os consumidores para entender seus desejos e aspirações. Nesse processo, uma mensagem vem se tornando cada vez mais clara: as pessoas querem simplicidade, conveniência, qualidade e preço justo. Para atender a essa demanda, nos associamos aos nossos parceiros da Disney para reunir em uma única oferta dois serviços de streaming que têm simplesmente o melhor em termos de conteúdo: filmes, séries, novelas, documentários, desenhos, programas infantis e para a família e ainda os melhores canais da TV por assinatura, no caso do combo com o Globoplay + Canais ao vivo. Tudo isso por um preço que as pessoas podem pagar”, afirma Erick Brêtas, diretor de Produtos e Serviços Digitais da Globo.

Para divulgar a parceria no Brasil, a Globo prepara uma campanha que une o sonho Disney ao um som bem brasileiro. Uma versão da música "When You Wish Upon a Star" será o carro chefe das peças publicitárias do projeto. O filme que abre a campanha trabalha com a imagem de uma estrela, símbolo muito presente nas marcas Disney. Remetendo à ideia de um “pedido às estrelas”, a peça faz uma alusão aos desejos das pessoas de diferentes idades, jeitos, etnias, que desejam por mais aventura, romance, risadas. “Com o Globoplay, as pessoas vão ganhar um plus de magia, aventura, romance, um plus de emoção. É a emoção e fantasia da Globo junto com os maiores produtores de emoção e fantasia do mundo que Disney+  traz pra gente”, conta Sérgio Valente, diretor de Marca e Comunicação da Globo.

Como assinar

Para assinar o combo Globoplay e Disney+, basta que o usuário faça o cadastro através do link www.globoplay.com.br/disneyplus. A partir do dia 17 de novembro, os cadastrados receberão um e-mail com as instruções para completar a assinatura. Eles poderão escolher uma entre duas modalidades do combo, cada uma com duas opções de plano (mensal e anual).


Publicidade

Comentários (4) Postar Comentário

KAIKE TOSTES comentou:

QUE MERDA PREFIRO SÓ O DISNEY + ESSE GLOBO PLAY É RUIM DEMAIS TUDO QUE TEM LÁ É SERIE DE PRODUTORAS AMERICANAS FACIL DE ACAHAR TORRENT .

Francisco comentou:

O que está acontecendo com o pessoal desse site? A última atualização foi feita no dia 04/11.

Gabriel comentou:

Comentar para quê? Quando fazemos críticas, siplesmente, nossos comentários são bloqueados! Mas é fato, os redatores desse site não devem ter cursado nem até o quinto ano!

Gabriel comentou:

A última atualização foi no dia 04/11. Também com tantos erros grotescos, era inevitável o fim. Quando comecei a ter acesso a esse site, gostava, pois as matérias eram curtas e objetivas, mas nos últimos meses, virou bagunça.

Veja também

Publicidade