O Planeta TV

Fulô de Mandacaru é a banda SuperStar 2016

Sabia como foi a final do reality musical da Globo.

por Redação, em 27/06/2016

“Ô, Armandinho, puxa o fole. Fulô de Mandacaru chegou pra arrebentar”. E arrebentou. Os versos do forró autoral da Fulô de Mandacaru representam bem a trajetória da banda, que se consagrou como a grande campeã da terceira temporada do "SuperStar" neste domingo. Os rapazes de Caruaru foram os primeiros a pisar no palco do reality no programa de estreia da temporada. Hoje, foram os últimos, e saíram de lá com números expressivos de votação, um contrato com a Som Livre, o prêmio de R$ 500 mil e a certeza de que o forró de pé de serra conquistou os brasileiros. A banda Plutão Já Foi Planeta disputou a rodada final com a Fulô e atingiu 48% dos votos, ficando em segundo lugar.

Foto: Divulgação/Globo

“Eu não tenho palavras para descrever o que estamos sentindo. Desde o primeiro momento que pisamos neste palco, a Fulô se transformou em algo muito maior. A resposta do público e dos fãs é algo que nunca vimos. Obrigada aos nossos familiares, a toda produção, aos jurados e, principalmente, ao nosso produtor, Torcuato Mariano e nossos fãs. Viva o forró”, celebrou Armandinho, emocionadíssimo com a vitória. Depois, mais calmo, fez um balanço da passagem pelo reality. “A gente não faz ideia do que é tudo isso até ter a chance de vivenciar. É tudo muito intenso, muito bonito. Um aprendizado que qualquer artista deveria ter a chance de ter. O SuperStar é uma janela linda, presta um serviço de qualificar com excelência e deu a chance de todo o Brasil conhecer nosso som. Que experiência linda”, concluiu.

Na final do "SuperStar" a decisão final  sobre a banda vencedora foi apenas do público. O show teve três embates: na 1ª rodada, quatro bandas se apresentaram, e a votação coube ao público e aos jurados Sandy, Daniela Mercury e Paulo Ricardo. A banda com a menor pontuação deixou a competição. Na 2ª rodada, as três bandas restantes se apresentaram, e o processo de votação e eliminação foram os mesmos. Na rodada final, as duas finalistas subiram ao palco para uma última disputa, mas coube apenas ao público definir a grande campeã da temporada.

A competição começou com a Bellamore, que cantou “Counting Stars”, sucesso da banda One Republic, e atingiu 52% dos votos. A Fulô de Mandacaru veio em seguida e apresentou um medley de clássicos, cantando “O Trenzinho do Caipira”, “Luar do Sertão” e “Olha Pro Céu”, garantindo 67%. Depois foi a vez da “OutroEu”, que mandou bem ao apresentar “Hold Back The River” e atingiu 54% dos votos, ficando em terceiro lugar no ranking desta etapa. Já a banda Plutão Já Foi Planeta cantou “Quase Sem Querer”, sucesso da Legião Urbana e atingiu 65% dos votos. A Bellamore obteve a menor pontuação e se despediu competição.

Na segunda rodada, três bandas ainda permaneciam na competição. A banda OutroEu apostou em uma canção autoral e marcou 52% dos votos. A Plutão Já Foi Planeta também apresentou uma música autoral, e atingiu 62% dos votos. O forró da Fulô de Mandacaru liderou mais uma vez, com música autoral e 66% dos votos. Desta vez, foram os meninos da OutroEu que deixaram a competição.

O último duelo seria decidido entre Plutão Já Foi Planeta e Fulô de Mandacaru. Mas, antes do embate final, o público teve dose dupla de SuperBanda, um dos sucessos da terceira edição do reality. A mais votada da temporada, a banda Romance, que tem a atriz Marisa Orth como vocalista, voltou ao palco para cantar um medley de “Problema Seu” e “Você Não Vale Nada”. Mas o reality teve ainda mais uma surpresa e levou o ator Lucio Mauro Filho para cantar “Palco”, sucesso de Gilberto Gil. Aí sim foi a vez das duas finalistas se apresentarem. A Plutão Já Foi Planeta cantou a autoral “Alto Mar” e conquistou 48% de votação. Mas com 70% dos votos, a música “São João de Outrora” deu a Fulô de Mandacaru o título de banda SuperStar 2016.

Os jurados Sandy, Daniela Mercury e Paulo Ricardo também destacaram seus momentos mais marcantes ao longo desses três meses de reality. “Tenho um carinho enorme pelo programa, pois foi nele que minha vontade de voltar para os palcos cresceu, no ano passado. Neste ano tive mais um momento marcante, quando  lancei minha música nova de trabalho junto com Tiago Iorc. Acho o "SuperStar"  trouxe sorte pra gente também", disse a cantora. Para Paulo Ricardo, cantar a versão de “Tempo Perdido” com a Sandy e Daniela foi um dos pontos altos. “É uma música que faz parte da minha história profissional e pessoal, porque conheci também o Renato Russo logo no nosso começo de carreira. Poder cantá-la com minhas queridas colegas foi uma emoção muito grande", disse Paulo. Já Daniela, que estreou na função de jurada, afirma que aprendeu muito com os colegas e com todas as bandas que passaram pela atração. “É interessante porque somos todos muito diferentes, mas isso somou demais na hora de votar. Acho que aprendi muito com eles no programa, com os comentários e com a experiência da outra temporada. Foi uma experiência incrível”, finalizou a baiana.

"Superstar" teve direção geral de Frederico A. Oliveira e apresentação de Fernanda Lima, com Rafa Brites junto à plateia.



Publicidade

Comentários (2) Postar Comentário

pedro comentou:

Plutão Já Foi Planeta, em minha opinião, mereceu bem mais o prêmio, se for levar em consideração a consistência e a maturidade musical nos arranjos e composições. Fulô de Mandacaru, ao contrário, apostou mais nos clássicos do forró (e eu amo forró), mas trouxe no máximo umas duas ou três autorais durante o programa. OutroEu foi outra banda injustiçada. Incrível a capacidade daqueles meninos.
Os fãs da Fulô estavam atirando pedras na Sandy que em uma das rodadas da final votou não para a banda, em questão puramente estratégica tendo em vista que OutroEu e Plutão possuem a inventividade musical. O que me chamou a atenção também foi que a votação estava sendo finalizada quando o termômetro de 46% subiu em menos de um segundo para 70%. "Meninos, eu vi".


Jason Bond respondeu:

Gostei da primeira apresentação de "Plutão Já Foi Planeta", mas, no decorrer do programa, o grupo se mostrou pretensioso e repetitivo. E, na boa: ukelele no rock está se tornando uma coisa muito chata... rsrsrs. A minha banda favorita era a Powertrip, mas, dentre as que ficaram, a Fulô de Mandacaru se mostrou a mais vibrante e teve grandes momentos. OutroEu é a típica banda que nem fede e nem cheira... Bellamore... A gente precisa de um cover do Coldplay?


juliana comentou:

Ótima banda, mereceu, mas forró e musica sertaneja, qualquer um canta. Me diga: onde essa banda vai fazer sucesso? Mas, o programa é Super Star e não Super Banda...

Veja também

Publicidade