O Planeta TV

Espelho da Vida: A família de Cris

Conheça o núcleo da protagonista da próxima novela das seis da Globo

por Redação, em 05/09/2018
Publicidade

Foto: Globo/João Miguel Júnior

Cris Valência (Vitória Strada) é filha de Ana (Julia Lemmertz) e enteada de Flávio (Ângelo Antônio), um casal que, além da vida pessoal, tem em comum o amor pelo trabalho com madeira. Ana é especialista em marchetaria e Flavio faz trabalhos artísticos com o material, é um excelente marceneiro e restaurador. Cris, Ana e Flávio moram no Rio de Janeiro e formam uma família unida e amorosa. Apesar de não ser filha biológica de Flavio, Cris o considera seu verdadeiro pai e sua ligação com a mãe também é muito forte. Ana sente tudo que acontece com Cris, mesmo estando distante fisicamente. 

A jovem atriz de teatro não conviveu muito com seu pai biológico, Américo (Felipe Camargo), primeiro marido de Ana. Ele é um cara que nunca foi de assumir muitas responsabilidades, sempre esteve envolvido em confusões, e vive no Rio sem muitos recursos. Mas o caminho de todos vai se cruzar novamente quando Américo descobrir que Cris agora namora um famoso diretor de TV e cinema, Alain Dutra (João Vicente de Castro), e está prestes a estrelar um filme que será rodado em Rosa Branca. As filmagens na cidade mineira vão mexer com o cotidiano dessa família. 

Foto: Globo/João Miguel Júnior

Os pressentimentos de Ana em relação à filha aumentam durante a temporada de Cris em Rosa Branca, o que faz com que ela resolva ficar mais perto na filha. Consequentemente, Flavio também segue para a cidade mineira. Outra presença garantida nas ruas de Rosa Branca é Américo. Ao seguir para Minas, ele “veste um personagem” e tenta se reaproximar da filha. Américo acredita que sendo pai biológico de Cris conseguirá vantagens estando perto dela. Mas essa aproximação não agrada nada a Ana e Flávio e os embates serão cada vez maiores. 

Com estreia prevista para setembro, ‘Espelho da Vida’ é uma novela de Elizabeth Jhin, escrita com Duba Elia, Renata Jhin, Wagner de Assis e Maria Clara Mattos, e tem direção artística de Pedro Vasconcelos, direção geral de Claudio Boeckel e direção de Luis Felipe Sá, Rafael Salgado e Tande Bressane.


Deixe o seu comentário


Publicidade


Comentários (2) Postar Comentário

Eduardo comentou:

Essa novela será mais uma daquelas da Elisabete definida como monotonia pura onde tudo só se resolve no último capítulo.

Mario comentou:

A novela tem varios nomes fora das novelas da Globo.
Bete Coelho, Patricia Travassos e Luciana Vendramini são exemplos
E Evandro Mesquita, fora das novelas há tempo. E todos fizeram Vamp.


Publicidade

Veja também

Publicidade