O Planeta TV

Elizabeth Savalla entra em ‘Pega Pega’ e causa reviravoltas na trama

A novela das sete da Globo vai ao ar de segunda a sábado, a partir das 19h30.

por Redação, em 01/09/2021
Publicidade

Foto: Globo/Estevam Avellar

"Arlete é um personagem muito forte, e que se encontra em um grande dilema, tem que se definir pela ética, pela moralidade e pela vida do filho”, comenta Elizabeth Savala ao descrever sua personagem em ‘Pega Pega’. Depois de anos, a mãe de Júlio (Thiago Martins) reaparece na vida do garçom, e, além de surpreendê-lo ao pagar sua fiança para sair da prisão, sua chegada envolve mistérios do passado e causa reviravoltas na trama.

A taxista faz de tudo para reconquistar o filho, que acreditava que a mãe havia morrido, e conseguir o seu perdão por ter sumido por tanto tempo. Mas no meio dessa reconciliação, a irmã de Elza (Nicette Bruno) e Prazeres (Cristina Pereira) nem imagina que também vai conhecer um amor, o ex-dono do Carioca Palace. "Esse Pedrinho... apesar de metido e de tudo, a vida vai ensiná-lo. E ele tem seu charme. Digamos que o Marcos Caruso emprestou um belo charme a ele”, brinca Savala ao falar do ator, seu par romântico em cena. Em papo sobre a edição especial da novela, Savala ainda conta que gosta de revisitar seus trabalhos, relembra a parceria com a saudosa Nicette Bruno e fala sobre a amizade do elenco.

‘Pega Pega’ é escrita por Claudia Souto, com direção artística de Luiz Henrique Rios, direção de Ana Paula Guimarães, Dayse Amaral Dias, Luis Felipe Sá, Noa Bressane, e direção geral de Marcus Figueiredo.

Entrevista Elizabeth Savala

Como você define a Arlete e sua chegada à trama?

Arlete é uma personagem muito forte, e que se encontra em um grande dilema, tem que se definir pela ética, pela moralidade e pela vida do filho. Esse cruzamento é muito difícil. Para uma mãe, imagino, a vida do filho é a coisa mais importante. No caso do filho dela, ele tem uma doença no coração, precisa fazer uma cirurgia. Diante desse dilema atroz, ela acaba cedendo a uma chantagem e pega um dinheiro para cometer essa atrocidade. Ao mesmo tempo, tem uma penalidade muito grande que é ser afastada do Júlio. Ela pede que as duas irmãs, Elza, que é interpretada pela minha grande amiga Nicette Bruno, e a Prazeres, interpretada pela Cristininha Pereira, cuidem do seu filho como se fosse delas. Mas Arlete não pode se aproximar dele, ninguém pode descobrir o segredo.

Você gosta de revisitar e rever seus trabalhos?

Eu acompanhei as reprises de ‘Êta Mundo Bom!’ e de ‘Chocolate com Pimenta’, adoro ver meus trabalhos quando são exibidos de novo, gosto muito de assistir como público! Quando estamos fazendo a novela, não consigo ver porque normalmente estamos gravando na hora. As novelas foram ótimas companheiras durante o início da pandemia. Durante a manhã eu arrumava a casa, cozinhava, e quando começava o ‘Vale a Pena Ver de Novo’, parava tudo para assistir novela. Preencheu muito o meu espaço, eu assistia em sequência com as novelas do VIVA. Estamos vivendo em um mundo em que algumas pessoas dizem que a arte, o artista e o divertimento não são mais importantes. Sem a arte, acho que não conseguiríamos passar por tudo isso. Ouvir uma música, ver televisão, ler um livro.

O que mais te marcou na época das gravações da novela? Qual a principal lembrança que ficou de 'Pega Pega'?

O elenco ficou muito ligado, temos um grupo que se chama 'Pega Pega' desde a época da novela. Já participei de várias novelas, fazemos grupo, mas o dessa especialmente continua ativíssimo. Uma equipe toda muito legal de trabalhar. Foi super divertido e, também, é muito emocional para mim porque desde menina eu conhecia a Nicette Bruno e o Paulo Goulart. Na novela, a Nicette era uma das minhas irmãs, e a Cristina Pereira, a outra. Foi uma relação muito profunda, de nós três, principalmente minha com a Nicette, de reencontro mesmo, de vida. Eu brincava muito com a ela, era uma pessoa amável, querida, divertida, amiga, foi um tempo de convivência muito legal, de camarim. Tínhamos um camarim muito gostoso, uma equipe muito gostosa e nos divertimos muito fazendo. Era um prazer ir para o trabalho. ‘Pega Pega’ é uma novela muito divertida, que trata de uma forma leve um assalto, um roubo que não dá certo. É uma comédia, as pessoas se divertem com esses personagens, acho de fundamental importância nesse momento que estamos vivendo. É uma novela que pode ajudar as pessoas a rirem. Nesse momento precisamos rir um pouco.

Durante a trama, a Arlete conhece um novo amor. Como é o relacionamento com o Pedrinho, personagem de Marcos Caruso?

Esse Pedrinho... apesar de metido e de tudo, a vida vai ensiná-lo. E ele tem seu charme. Digamos que o Marcos Caruso emprestou um belo charme a esse Pedrinho. Ele já tinha um passado com a Sabine (Irene Ravache) e a Arlete vem então e será o seu futuro. Mas a Sabine já sabia como ele era, os três também têm valores parecidos.

Com informações da Comunicação Globo


Deixe o seu comentário


Publicidade


Comentários (0) Postar Comentário

Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro!

Publicidade

Veja também

Publicidade