O Planeta TV

Diretor artístico de O Tempo Não Para aposta no realismo da trama

Leonardo Nogueira dá detalhes sobre a estética e preparação de elenco.

por Redação, em 30/07/2018

Leonardo Nogueira. Foto: Divulgação/TV Globo

Quando o diretor artístico Leonardo Nogueira recebeu das mãos do autor Mario Teixeira a sinopse de O Tempo Não Para, a nova novela das sete, a primeira coisa que pensou foi em como preparar o elenco para esta trama. O grande desafio é dar realidade para a história de uma família congelada no século XIX que desperta em pleno século XXI, depois de 132 anos.

“Quando eu li a sinopse a primeira coisa que eu pensei foi em como preparar esse elenco, porque tem que ser uma maneira diferente, tem que tirar os atores da zona de conforto deles. Tivemos a ideia de não cruzá-los (congelados e contemporâneos) no preparo.", explicou o profissional em entrevista ao Gshow, Portal de entretenimento da Globo. 

"Eles foram preparados de formas diferentes para só ter o encontro no set, assim eles conseguem levar o estranhamento, o primeiro impacto. É uma coisa real (não é fantasia), num mundo real nosso.", explicou.

O realismo, aliás, é uma grande nuance neste trabalho. Embora se trate de uma comédia ficcional, o diretor ressalta que é fundamental que o telespectador enxergue e sinta a realidade da trama.

"O texto do Mario é muito realista, nossa novela é realista. Tem pontos sutis de informação que temos que tratar de forma real, séria, mas deixando bem claro que é uma novela de comédia, o humor está presente o tempo inteiro.”, afirma o diretor.

Um dos pontos fortes da direção de Nogueira é a estética. O primeiro capítulo, que será exibido nesta terça, dia 31, é o único que se passa no século XIX e houve todo um cuidado para marcar bem a mudança no tempo da história:

“Gostamos muito de trabalhar a estética, começa lá no conceito. Cada diretor tem a sua característica e coloca a sua marca dentro da história que estamos realizando. A ideia é trazer um frescor na imagem, com uma decupagem diferente e com muito ritmo."

Como a novela só tem um capítulo de época e mostramos a implantação da história no primeiro capítulo, quisemos fazer uma época com uma paleta de cores mais específicas, fugindo um pouco do que seria convencional. É uma paleta mais viva para marcar mais essa passagem, pra não ficar uma diferença muito grande de uma época sépia pra uma época colorida.”

Foto: Reprodução/TV Globo

“A história principal da novela já é um destaque por si só. Tudo é novidade pra eles, tudo é uma graça, uma experiência. Tomar um café, sacar um dinheiro, andar na rua, tomar um banho, subir num prédio... Tudo é novo! A grande busca é tentar levar, pelos olhos dos personagens, a novidade. Tudo é uma descoberta. A gente se descobre todo dia, é muita informação.”, analisou.

A leveza de uma história cômica não significa uma trama rasa. Segundo Nogueira, a ética estará presente em todos os momentos e em todos os núcleos:

“A gente fala muito da ética. Ela está presente o tempo inteiro, tanto pelos congelados quanto por outros personagens, como o personagem do Milton Gonçalves, o Eliseu. Mesmo com o humor, com a comédia, uma novela leve e dinâmica, ela está sempre presente nos núcleos.”

O Tempo Não Para é a nova novela das 7. Escrita por Mario Teixeira, a trama conta com colaboração de Bíbi Da Pieve, Marcos Lazarini e Tarcísio Lara Puiati, pesquisa de texto Yara Eleodora, direção artística de Leonardo Nogueira e direção geral de Marcelo Travesso e Adriano Melo. Estreia nesta terça, dia 31/7.



Publicidade

Comentários (1) Postar Comentário

amigo tv tudo comentou:

QUEM DEVE PASSAR BEM E A GEOVANA PORQUE ESSE DIRETOR E MUITO GOSTOSO!

Veja também

Publicidade