O Planeta TV

"Conversa com Bial" recebe o casal Belo e Gracyanne Barbosa

No programa, a dupla relembra a carreira do cantor e o estilo de vida da fisiculturista.

por Redação, em 11/10/2019
Publicidade

Foto: TV Globo/Fábio Rocha

Nesta sexta-feira, dia 11, o "Conversa com Bial" conta com a presença de Belo e Gracyanne Barbosa. Juntos há cerca de sete anos, o casal faz revelações sobre como se conheceram, as diferenças no casamento e as respectivas carreiras. Belo ainda canta músicas que marcaram época.

Marcelo Pires Vieira, o Belo, paulistano da Zona Sul, tem bem clara na memória as apresentações que fez nos bares de sua região. A Pedro Bial, ele diz que começou como instrumentista e que a oportunidade de cantar aconteceu tempos depois, por “livre e espontânea pressão”. Daquela apresentação até hoje, Belo soma mais de vinte anos de carreira e uma lista de sucessos. Apesar da fama e reconhecimento, o músico garante que sua essência não mudou: “Eu sou a mesma pessoa, dentro e fora do palco. Continuo até cantando no mesmo tom.”

Durante a conversa, Pedro Bial faz uma pergunta que também fez parte da história do artista: a sua prisão por tráfico de drogas, em 2003. “Foi uma loucura. Esse episódio me levou do céu ao inferno. Foi muito triste”, diz o cantor. Belo garante ter deixado isso para trás e confessa nunca ter esquecido do carinho e apoio que recebeu do público. “Foi primordial. Saí de cabeça erguida e dei a volta por cima, graças a Deus e aos meus fãs. Na cadeia, eu só cantava e, apesar de não ter contato com ninguém e de não poder trabalhar, minhas músicas continuaram fazendo sucesso. Devo isso a eles”, relembra.

Gracyanne Barbosa, esposa de Belo, senta-se ao seu lado. Empresária e musa fitness, ela fez com que o marido, finalmente, parasse de fumar e começasse a pensar mais na saúde. Ela também conta como o conheceu e qual é a principal diferença entre eles: “Eu sou muito racional, mas com ele aprendi que é importante ouvir o coração e demonstrar o quanto se ama.” Gracyanne faz questão de esclarecer a sua relação com o corpo e a alimentação, ainda alvo de muitas críticas: “Me tornar musa fitness foi uma consequência do meu estilo de vida. Sempre tive a vida regrada. A marmita, que é tão comentada, não é sofrimento para mim porque se tornou algo natural na minha vida. Sou feliz assim.”

Com direção artística de Monica Almeida, o "Conversa com Bial" é exibido após o "Jornal da Globo".


Deixe o seu comentário


Publicidade


Comentários (0) Postar Comentário

Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro!

Publicidade

Veja também

Publicidade