O Planeta TV

Autoras definem Verão 90 e falam sobre inspirações

Izabel de Oliveira e Paula Amaral repetem parceria de Malhação.

por Redação, em 15/01/2019

Izabel e Paula. Foto: Divulgação/Globo

Muitas cores, música boa, diversão e muita trapalhada são pontos marcantes de Verão 90. Com direção artística de Jorge Fernando e escrita por Izabel de Oliveira e Paula Amaral, a trama vai contar a trajetória dos três ex-astros mirins do Patotinha Mágica, grupo infantil de sucesso da década de 80, João (João Bravo/Rafael Vitti), Manuzita (Melissa Nóbrega/Isabelle Drummond) e Jerônimo (Diogo Caruso/Jesuíta Barbosa), e suas mães batalhadoras, Lidiane (Claudia Raia) e Janaína (Dira Paes), cada uma a seu modo. 

Confira o bate-papo com as autoras da trama e as chamadas de Verão 90:

"Verão 90 é uma novela que fala do Verão. Passada na década em que achamos que foi ontem, mas que na verdade foi bem distante. Não tinha celular, não tinha internet e as pessoas precisavam marcar encontros. Foi uma época em que tivemos um boom de tecnologia. É uma novela que fala dessa mudança", conta a autora Izabel de Oliveira.

Assistindo as chamadas da novela já temos garantia que o riso vai ser solto e a autora Paula Amaral confirmou nossa teoria.

"É uma comédia musical e romântica, a cara de trama das 19h. Ela resgata a alegria e o humor ao horário. Fazemos muitas homenagens às novelas icônicas. A história começou com a época, a gente queria falar dessa época. Fomos beber dessa fonte dos anos 90 e vimos que ali tinha muita coisa e muita história boa para ser usada".

A autora Izabel Oliveira também conta o que viu para se inspirar e trazer para o universo da novela. "Procurei me inspirar em tudo que estava acontecendo na época: assisti vale tudo e Rainha da Sucata, li muitos livros e assisti muitos filmes. Vamos ter muitas referências que podem até passar despercebidas. Temos uma homenagem ao filme Caçadores de Emoção. Tem várias brincadeirinhas. Tem muito clipe que homenageia época".

Verão 90, a substituta de O Tempo Não Para na faixa das sete e meia, estreia na terça-feira, dia 29.



Publicidade

Comentários (3) Postar Comentário

Eduardo comentou:

To gostando da fotografia da novela bem viva.Espero que tem muita comédia que é o que está faltando no horário.

Mario comentou:

E que a fotografia inspire a globo, para voltar a fazer novelas com cor.
chega de novelas escuras. cinema é cinema, novela é novela.
E que eu me lembra cinema americano não é escuro. Deve ser europeu.

Luca comentou:

Podia ter feito a estória se passar nos anos 80 que teve uma cultura artistica e musical muito superior. A década de 90 é a mesma bosta dos dias de hoje só que sem internet.

Veja também

Publicidade