O Planeta TV

Autora de "Éramos Seis" se emociona ao escrever cena de morte de personagem

Carlos, defendido por Danilo Mesquita, será assassinado.

por Redação, em 05/02/2020

Carlos (Danilo Mesquita). Foto: Divulgação/TV Globo

Conforme OPTV já havia adiantado, com base em informações da assessoria da TV Globo, Carlos, personagem de Danilo Mesquita, morrerá em “Éramos Seis”. Ao escrever a cena, a autora, Ângela Chaves, confessou à jornalista Patrícia Kogut ter se emocionado.

“Lá no início eu decidi manter a morte como na versão do Silvio de Abreu e do Rubens Ewald Filho (que foi ao ar no SBT em 1994). Quando fui escrever, eu chorava, fiquei arrasada. Foi difícil até para mim assumir essa morte. Apesar da chatice do personagem, é o filho da Lola (Gloria Pires) que eu mais adoro. Mas é importante para a história”, confessou a dramaturga.

No livro homônimo de Maria José Dupré, que inspirou a novela, o personagem morre mais velho, vítima de uma úlcera, como o pai, Júlio (Antonio Calloni). Na versão da Globo, ele morrerá baleado durante uma manifestação política.

“Éramos Seis” vai ao ar de segunda a sábado, a partir das 18h15. Na Globo!.



Publicidade

Comentários (5) Postar Comentário

Eduardo comentou:

Ela deveria era chorar de escrever essa novelinha sem sal sem graça.


LUANA respondeu:

NAO ACHO A NOVELA SEM GRAÇA, PARA QUEM GOSTA DE NOVELA DE EPOCA COMO EU, ELA E OTIMA, PARA QUEM NAO GOSTA E MELHOR ASSISTIR A PANTERA COR DE ROSA OU OS URSINHOS CARINHOSOS...


Mario comentou:

Acho que em eramos seis de 1994 o personagem tambem morreu num tiroteio.
Nao lembro...


Carlos Gomes respondeu:

Maa a matéria acima cita isso.


Laura Batista comentou:

Eu não quero que ele morra nãooooooo pôr favor nãook

Laura Batista comentou:

Não deixa ele morre pôr favor

Josy Malry Guimarães comentou:

Sem graça são essas outras no elas da Globo. As melhores novelas são as de Época como Éramos Seis.Quem leu o livro fica ainda mais emocionante.

Novela Boa Linda isso sim é que é novela.

Veja também

Publicidade