O Planeta TV

Autor de "Avenida Brasil" comenta o sucesso da novela no Vale a Pena Ver de Novo

Uma entrevista com João Emanuel Carneiro.

por Redação, em 26/04/2020
Publicidade

Foto: João Cotta/TV Globo

Quando exibida em 2012, "Avenida Brasil" foi um fenômeno de audiência e crítica, ultrapassando as fronteiras brasileiras. Vendida para mais de 150 países, a novela de João Emanuel Carneiro envolveu os telespectadores com sua saga de vingança, amor e traição, e personagens carismáticos, entre outras qualidades. A exibição no "Vale a Pena Ver de Novo" mostra que a trama mantém a mesma força oito anos depois, com a melhor audiência da faixa horária nos últimos dez anos e repercussão intensa nas redes sociais.

Na próxima segunda-feira, dia 27 de abril, a novela entra na última semana de exibição, dividindo o "Vale a Pena Ver de Novo" com a estreia de "Êta Mundo Bom!", outro grande sucesso da dramaturgia. O público irá relembrar os desfechos mais marcantes, como a morte de Nilo (José de Abreu), que, em seus últimos momentos revela a Nina (Débora Falabella) o segredo que coloca Santiago (Juca de Oliveira) no posto de vilão da trama, e a redenção de Carminha (Adriana Esteves), que acaba vivendo no lixão com Lucinda (Vera Holtz).

Na entrevista abaixo, o autor João Emanuel Carneiro reflete sobre o sucesso da trama nos dias atuais e fala sobre seus sentimentos ao rever a novela.

Entrevista com João Emanuel Carneiro

Antes do início de "Avenida Brasil" no "Vale a Pena Ver de Novo" você chegou a dizer que tinha dúvidas se a novela faria sucesso nos dias de hoje, porque ela retrata um outro momento histórico do país, com as aspirações da classe C durante o boom econômico. A trama é novamente um fenômeno de audiência e nas redes sociais. A que credita a excelente performance no Vale a Pena Ver de Novo?

Foto: Globo

Apesar do contexto social hoje ser diferente, a novela continua atual porque toca em temas universais e é uma trama homogênea em todos os sentidos. A obra tem vida e força graças ao trabalho integrado e de primeira qualidade do elenco, produção e direção.

Carminha é uma das vilãs de maior sucesso de todos os tempos e Nina, uma heroína nada convencional. As duas sem dúvida foram grandes diferenciais da trama. O trabalho das atrizes voltou a te surpreender ao rever a novela?

Sempre soube que Adriana Esteves era uma grande atriz e, mesmo depois de outros trabalhos, não tem como deixar de se surpreender com o desempenho dela. Carminha precisava de alguém que suportasse o papel e se entregasse inteiramente. Era a atriz perfeita para interpretar a personagem. No caso da Débora também não vejo outra atriz interpretando Nina. Ela soube dosar os sentimentos e fazer com que dualidades de outros personagens também estivessem presentes em Nina.

Quais são suas cenas preferidas e núcleos que gostava de escrever?

Sem dúvida as preferidas eram os embates entre Carminha e Nina. Gostava muito de escrever as do núcleo do Divino e a trama do Cadinho (Alexandre Borges). As cenas do Leleco (Marcos Caruso) com a Tessália (Débora Nascimento) eu também gostava muito, vinham fácil pra mim.
Qual sua sensação hoje após a novela ser novamente um grande sucesso?
Na época, foi muito gratificante ver toda aquela repercussão. Agora me sinto igualmente feliz e realizado de ver que meu desafio de fazer uma novela diferente, em que a mocinha também era vilã, e o esforço, porque foi uma novela muito trabalhosa, novamente agradou e divertiu o público.

"Avenida Brasil" é uma obra de João Emanuel Carneiro, com direção de núcleo de Ricardo Waddington e direção-geral de Amora Mautner e José Luiz Villamarim.

Com informações da Comunicação Globo.


Deixe o seu comentário


Publicidade


Comentários (6) Postar Comentário

Amanda Josiane Cristal comentou:

Alessandra Negrini era Carminha no projeto da novela


Rafalel respondeu:

Não era não, hein? JEC nunca escondeu seu descontentamento da Globo não ter liberado Natália do Valle para viver Carminha. Depois que Adriana interpretou, e muito bem, ele fala que não havia outra atriz, mas dentro da Globo todos sabem que ele queria Natália, tanto que ela viverá a vilã da sua próxima trama. Finalmente o autor conseguiu a liberação da atriz, que também estava cotada para viver um papel de destaque em Segundo Sol (dizem que era o papel de Adriana), mas foi impedida por outros trabalhos.


Mario comentou:

De roque santeiro ate o clone poucas novelas nao foram reprisadas no viva. Algumas como patria minha e dono do mundo nem merecían. E dono do mundo voltou mas novelas como de corpo e alma e suave veneno nao mais. Restam ainda mandala, roda de fogo, salvador da patria, o outro. Agora o viva entrando nos anos 2000, vai sobrar pouco pro vpvn.


vlad respondeu:

Mario, O Outro não volta nunca mais porque foi acusada de plágio ( e não merece voltar ) e a demandante do plagio ganhou 3 milhoes designados pelo Justica....No Viva provavelmente O Salvador e Roda voltam, porque são do periodo que o Viva ainda não tem resistencia em exibir, (85/90) , e a diretora do canal ja disse que estao tentando libera-las. Mandala é uma das mais pedidas.....se seguirem a lógica, ela volta. Vai ficar faltando tambem Direto de Amar e entao o periodo todo se fecha....( de novelas reprisáveis) ...quanto ao periodo anterior a 85, esqueçam........



Amanda Josiane Cristal respondeu:

9Adorei O dono do mundo, assisti pela primeira vez no Viva. Um vilão masculino como protagonista, uma novela intelectualizada com refinamento e tons sombrios.Foi injustiçada quando estreou.



vlad respondeu:

Me esqueci de citar Ti ti ti...do periodo 85-90



Robson respondeu:

vlad O Outro merece voltar sim,é uma novela que todos querem ver,até por curiosidade como eu,mesmo sendo acusada de plágio,ela merece uma reprise digna e sem cortes.



vlad respondeu:

Robson, tudo bem, ela não marcou época (O Outro) e não pode voltar por questoes juridicas....mesmo que alguns queiram ve-la. Mas foi uma novela mediana...


Gabriel Saboya Barbosa Bile comentou:

Eu Posso Imagina Como Foi Ó Sucesso De Avenida Brasil É Uma Exelente Novela Que Parou Mesmo Em Todo Pais Realmente Espero Que Volte De Novo É Dessa Vez No Viva
Mais Á Globo Disputou Com Ó VIva Pela Á Reprise Dessa Vez Ó VIva Reprise Avenida Brasil

Vlad comentou:

As tramas paralelas comicas das novelas de JEC são desnecessarias e insuportáveis.....Odiava Cadinho e Helinho (Da Cor do Pecado).....e por falar nisso as viúvas de Nazare Tedesco devem estar arrancando com a unha por ver Tufão's Family superar a Velha Senhora

Savin comentou:

Nem perguntaram sobre a próxima novela, novo trabalho com Glória pires...Q mancada! Entrevista incompleta!


Ana Paula respondeu:

Glória Pires já foi descartada. Quem viverá a vilã será Natália do Valle.



david silva respondeu:

Gloria pires vai ser a Grande vilã ainda ,não foi descartado nada



Rafael respondeu:

Foi sim... o fã clube de Natália do Valle, de Niterói, já confirmou com a assessoria da atriz. Ela viverá a grande vilã, mãe da protagonista cega.



Rafael respondeu:

Foi sim. A vilã será Natália. Glória foi remanejada para a produção das 18h, de Poggi, em que viverá a vilão.


Gabriel Saboya Barbosa Bile comentou:

Com Tanto Sucesso De Avenida Brasil Nas Tardes Isso Mostra Que O Foco É a Nova Novela De João Emanuel Carneiro É Que Estam Espalhando Que Gloria PIrez Está Escalada Como Á Vilã Ou Nathalia Do Vale Para Mim Quem Merece Se VIlã É Mesmo Adriana Esteves Que Fez A Vilã Á Carminha Ném Nathalia Do VALE é Gloria Pires Não Chegam Aos Pês De Adriana Esteves Atuou Muito Bem


Publicidade

Veja também

Publicidade