O Planeta TV

Audiência de "Éramos Seis" no Painel Nacional de Televisão é preocupante

Em Goiânia, o folhetim registra pífios índices.

por Redação, em 18/10/2019

Cena de Éramos Seis. Foto: TV Globo

Nunca na história deste país.... Na semana passada, entre os dias 7 e 12 de outubro, a novela “Éramos Seis” registrou baixíssimos índices de audiência na grande maioria das praças medidas pela Kantar Ibope Media.

Em números divulgados para imprensa, no site oficial do instituto, o folhetim, uma adaptação escrita por Angela Chaves, infelizmente, é ignorado pelo público das capitais dos Estados de Goiás, Ceará, Amazonas, Bahia, Minas Gerais e também pelo Distrito Federal.

Em Goiânia, a média semanal foi de apenas 12 pontos, deixando a afiliada da Globo, a TV Anhanguera, em segundo lugar.

Confira as médias negativas de “Éramos Seis” na semana passada:

Goiânia - 12 pontos

Brasília - 15 pontos

Fortaleza -16 pontos

Manaus - 16 pontos

Salvador - 18 pontos

Belo Horizonte - 19 pontos

A média semanal no Painel Nacional de Televisão, graças a ótima média atingida em Recife (29 pontos), foi 21,3 pontos.

"Éramos Seis", estrelada por Gloria Pires, ficará no ar até a última semana de março de 2020.



Publicidade

Comentários (18) Postar Comentário

TONHÃO comentou:

esse site IMPLICA DEMAIS com eramos seis, é uma má vontade enorme

sinal de que a novela é muito boa.........................................................


Ralf respondeu:

Ué, vai contestar os números do ibope então, o site só esta repassando as informações.


Ricardo comentou:

Decepcionante, broxante, lamentável. Silvio de Abreu tendo o que merece. Fãs de Gloria Pires sofrendo. E a novela infantil até que é boa, mas não está agradando.
Quero ver o que será da Globo depois que acabar Bom Sucesso e A Dona do Pedaço.


Jow respondeu:

Virão outros sucessos depois das últimas que vc mencionou. Aceita ou surta!


Lívia Andrade comentou:

Novela Ridícula

IMPARCIAL comentou:

É difícil não comparar com a versão do SBT. É que foi impecável! E ainda mais quando se trata de remake e o autor que emplacar o seu jeito, a sua pegada de fazer novela!!! Só que o telespectador espera algo tão bom quanto a versão que se simpatizou e a versão da globo o pouco que eu vi, achei bem diferente do que assistir quando foi produzida pelo o SBT.
A abertura da Globo é feia e estranha;
Na do SBT parece que há um ar de romantismo maior


PEDRO respondeu:

A versão do SBT tem um romantismo e a simplicidade que A da Globo não têm! Falta isso na versão da Globo. A versão da Globo tá 50 tons acima do que deveria ser a novela! Tá chato de acompanhar...


João comentou:

É uma novela que não agrada a todas as classes, exemplo é Escrava Isaura que não segura o público daquilo que passa antes pelo fato que é muito Cult para degustação deles.

Victor Guimaraes comentou:

Decepcionante é o desempenho das novelas da Record, que lutam pra chegar perto de dez pontos na Principal praça do país, mas se Éramos Seis vai mal nessas praças, em compensação ela lidera na principal. E é bom lembrar que são 15 praças em que o Ibope mede as audiencias e nas outras nove a novela vai bem, porque vocês não divulgam as médias das outras praças? Só interessa falar mal, né?

Ricardo Lacerda comentou:

A novela é boa, bem realizada, mas simplesmente envelheceu. As temáticas estão ultrapassadas.


vlad respondeu:

Exatamente....estou assistindo Selva de pedra e percebo coisas que não se encaixariam mais nos padroes de comportametno de hoje...uma mulher abandonar sua arte pelo marido machista que não quer que ela trabalhe.....simplesmente tem coisas muito anacrônicas....



Chico Flávio Medina respondeu:

Você que pensa, Vlad. Tem muito marido por aí que não deixa a mulher trabalhar e muita mulher que por amor abaixa a cabeça e aceita. Pouca coisa mudou. O progresso é apenas uma ilusão. O que mais tem por aí são mentes tacanhas. Não tem gente pedindo a volta da ditadura? Olha o candidato à presidência que o povão escolheu... Por aí você vê que os temas de "Selva de Pedra" são atualíssimos. Sociedade conservadora e hipócrita é a última moda, infelizmente.



vlad respondeu:

Eu entendo, Chico, isso existe, sim.....mas entendo dentro de seu tempo de criação. Hoje a obra teria outros contornos....O Cristiano Vilhena era uma criação que continuaria e continua existindo hoje mas o alcance de sua canalhice seria menos tacanha na maneira de se abordar...ele nao se importaria com essas ninharias de nao deixar a mulher trabalhar. Seria nojento como é o personagem de 72/86...mas alcançaria uma abordagem mais sofisticada mais emblematica para a versao de 2019.....Por sinal, eu prefiro o Cristiano Vilhena de 1972, Francisco Cuoco..... ele era mais carismático e convencia mais no seu amor mas...é outra discussão....abraço, amigo ..obrigado pela discussao ....


Jhou comentou:

Não perco nenhum capítulo, pra mim a melhor novela da Globo

Josélia comentou:

E linda rever como era bonito o tempo que tinha respeito e amor, pelos pais,


Fernando Oliveira respondeu:

já se vê que vc realmente n conhece nada da obra, em Eramos Seis, todos os filhos em algum momento abandonam a mãe, ela acaba sozinha. Que amor é esse que você está falando???


PAULO MARTINS comentou:

A NOVELA É FRIA. FALTA CALOR HUMANO. NÃO TEM TOM INTIMISTA E NEM COLOQUIAL. AS IMAGENS NÃO TEM VIDA. SÃO CHAPADAS.

Veja também

Publicidade