O Planeta TV

Afiliada da Globo em Alagoas vive crise econômica e política

A emissora demitiu cerca de 15 jornalistas.

por Redação, em 12/08/2019

A TV Gazeta, afiliada da Globo em Alagoas, enfrenta uma crise econômica e, recentemente, demitiu cerca de 15 funcionários.

A emissora - que pertence à família do senador Fernando Collor de Mello –, após uma greve dos jornalistas, passou a rebaixar os profissionais, rebaixando-os de cargo, com redução de ganhos, benefícios e visibilidade.

Os apresentadores(as) do Bom Dia Alagoas, ALTV 1ª Edição, Gazeta Rural e do Globo Esporte Alagoas foram dispensados. Nas redes sociais, os telespectadores da região clamam pela volta deles.

Segundo informações do jornalista Ricardo Feltrin, na próxima quinta (15) haverá uma audiência da ação movida pelo Ministério Público do Trabalho contra a TV Gazeta.



Publicidade

Comentários (4) Postar Comentário

Adalberto comentou:

Triste. Mas é a realidade do Brasil.


wesley respondeu:

Acho que no caso de alagoas, é represália por causa da greve que fizeram


Kleber Sá comentou:

Aqui na Paraíba tbm houve contenção de gastos nas afiliadas da Globo. A TV Paraíba, de Campina Grande, demitiu o apresentador e repórter Marcos Vasconcelos, funcionário de anos da emissora, e a repórter Larissa Fernandes, além de outros seis profissionais entre editores de texto e de imagem e cinegrafistas. Com os cortes, o JPB1 e o Globo Esporte PB estão sendo transmitidos em rede estadual, gerados pela TV Cabo Branco, de João Pessoa, ou seja, não há mais transmissões específicas para Campina Grande e região coberta pela TV Paraíba, com exceção do JPB2, que continua sendo gerado em Campina Grande.

cLAUDIO comentou:

Efeito BOLSONARO... kkkkkkkkkkkkkkkkkk

CLAUDIO comentou:

Efeito BOLSONARO...KKKKKKKKKKKKKKKKKKK

Veja também

Publicidade