O Planeta TV

Uma Rosa com Amor: nem tudo que parece é!

Por: A rádio Jovem Pan esteve presente na coletiva de imprensa da novela e o jornalista José Armando Vannuci entrevistou o elenco, bem como, os autores Tiago Santiago e Íris Abravanel. Confira o vídeo: O site \"O Planeta TV!\", também entrevistou o

Uma Rosa com Amor: nem tudo que parece é!

Novela de: Tiago Santiago
Colaboração: Renata Dias Gomes e Miguel Paiva
Direção geral: Del Rangel

ENTREVISTA COM O AUTOR

A rádio Jovem Pan esteve presente na coletiva de imprensa da novela e o jornalista José Armando Vannuci entrevistou o elenco, bem como, os autores Tiago Santiago e Íris Abravanel.

Confira o vídeo:



O site "O Planeta TV!", também entrevistou o autor, que falou de suas expectativas e objetivo de conquistar mais audiência para o SBT.

Clique aqui para conferir a entrevista exclusiva!

O INVESTIMENTO

O investimento de cerca de 180 mil reais por capítulo e expectativa de atingir dois dígitos na audiência, Uma Rosa Com Amor é a nova aposta do SBT para começar a chamar a atenção na faixa das 20h é usar armas que seus maiores concorrentes, Globo e Record, conhecem muito bem: rostos famosos como os das atrizes Betty Faria e Jussara Freire e o talento para escrever do novelista Tiago Santiago, ex-Record. Depois de duas novelas dramáticas de Íris Abravanel e a suada marca de 5 pontos no Ibope, Silvio Santos foi pessoalmente até a casa do novelista Vicente Sesso pedir os direitos da comédia cotidiana "Uma Rosa Com Amor", novela exibida pela Globo na década de 70 e que estreia no SBT em fevereiro do ano que vem.

Em vez de Íris Abravanel, é Tiago Santiago quem adapta o texto. Para isso, o autor, que deixou neste ano a Record, depois de três anos escrevendo as novelas da saga "Os Mutantes", resolver mudar seu estilo de escrever. Saem os efeitos especiais, entra a comédia. "Eu tenho quatro novelas para escrever aqui, mas preferi apostar no estilo familiar. Com essa novela eu já tenho um público garantido, o povo de 45 anos que acompanhou a primeira versão."

Com Tiago Santiago no banco de autores do canal, Íris Abravanel planeja revezar o horário com o recém-chegado. "E quem sabe aprender com ele também. A contratação dele é sinal que o Silvio está dando credibilidade para a dramaturgia. Agora, o foco são as novelas, mas já estamos pensado em alguns seriados", adianta Íris. De fato, a ideia de Silvio Santos é alcançar mais pontos no Ibope com a dramaturgia. "Conversamos sobre algo em torno de dois dígitos (mínimo de 10 pontos). Quem sabe esse elenco nos ajuda", contou Tiago Santiago em uma entrevista à AE - Agência Estado.

ELENCO

Carla Marins: Serafina Rosa
Claudio Lins: Claude Antoine
Betty Faria: Amália Petrone
Mônica Carvalho: Nara Paranhos de Vasconcellos
Jussara Freire: Dona Pepa
Etty Fraser: Antonieta
Luciana Vendramini: Ninica
Gisele Fraga: Alzira
Ana Carolina Lima: Ercy
Joana Limaverde: Janete
Lúcia Alves: Joana
Ingra Liberato: Jessica Petrone
Isadora Ribeiro: Roberta Vermont
Toni Garrido: Frazão
Patrícia de Jesus: Alabá

OS PROTAGONISTAS

Carla Marins e Claudio Lins, que já formaram par romântico em História de Amor, novela de Manoel Carlos na Globo, repetem a parceria em "Uma rosa com amor",

Lins vive Claude, um empresário francês que precisa conseguir um visto de permanência para continuar trabalhando no Brasil. A solução encontrada foi pedir sua secretária, Serafina Rosa (Carla Marins), em casamento. Ela aceita, já que precisa dinheiro para não perder a casa em que mora com a família. O casal, que a princípio não tem nada em comum, enfrenta vários obstáculos - ele tem uma noiva (interpretada por Mônica Carvalho) e ela não pode se casar por não ser divorciada. Mas, claro, apesar de todos os empecilhos, os dois se apaixonam.

Em entrevista ao jornal O Globo, Lins comentou sobre seu personagem:

- A história é um folhetim clássico, desses onde o casal vai passar por mil e uma dificuldades antes do final feliz. E vou te dizer que já li o roteiro até o capitulo 65 e nada de eles cederem à paixão - ri o ator - É um prazer viver essa trama ao lado de Carla, que tanto me ajudou há 15 anos, quando eu estreava em minha primeira novela - emenda Lins, que, além de clarear as madeixas, tem caprichado no sotaque para viver o rabugento francês.

Mas que ninguém vá esperando encontrar o chef Claude Troisgrois. O sotaque do personagem é mais brando.

- Está mais para um Olivier Anquier (chef francês bonitão que mora no Rio). O Claude é como um anti-herói, não faço o tipo galã padrão. O personagem é meio reclamão, mal-humorado, como os franceses são de verdade - brinca o ator.

Já Carla diz que o papel e o nome vieram bem a calhar, já que Claude é o apelido de Lins entre seus os amigos há tempos.

- Eu e uma amiga já chamávamos ele assim. Somos amigos fora do trabalho também. A gente pode não contracenar desde 1995, mas estamos em contato. O fato de fazermos outro par romântico só faz a gente se aproximar mais - conta a atriz, que, assim como Lins, vive no Rio mas tem passado a semana em São Paulo, onde acontecem as gravações na novela da emissora de Silvio Santos.

A ponte aérea, apesar de cansativa, não é motivo de reclamação da dupla, que acredita no sucesso da produção.

- Acho importante ter trabalho em São Paulo também. A qualidade técnica da novela está incrível e o texto está ótimo, muito leve. Tudo está bem diferente de quando fiz "Esmeralda", em 2004. Tomara que as pessoas percam o preconceito e assistam - torce Lins.

Carla faz coro:

- O fato de o núcleo de teledramaturgia ter sido abraçado por Íris Abravanel (mulher de Silvio Santos) deu outra credibilidade ao produto. É profissional.

OS VILÕES

Mônica Carvalho, promete arrancar risos do público e deixar todo mundo aflito. Tudo isso porque ela interpretará a grande vilã cômica da novela. Nara Paranhos de Vasconscellos, sua personagem, será a maior rival de Serafina Rosa, personagem de Carla Marins.

Mãe de dois filhos, ela não medirá esforços para alcançar todos os seus objetivos e não poupará ninguém.

Já Carlo Briani é Egídio, sócio de Claude (Claudio Lins) um empresário francês que namora Nara (Mônica Carvalho) filha de Egídio. Egídio e Nara vivem de aparência aplicando golpes para manter os padrões de uma vida com conforto. As atitudes de Egídio e o desenrolar da nova trama do SBT permitirá com o tempo que o personagem de Carlo seja o grande vilão dessa novela que traz uma comédia leve, realista e sem violência.

“O SBT é uma emissora que me deu grandes oportunidades e me permitiu interpretar Pedro, protagonista da novela Meus filhos, minha vida, um grande sucesso da casa. É um grande prazer voltar a fazer novela nesta casa interpretando agora Egídio, um vilão que não tem escrúpulos quando o assunto é dinheiro”, Carlo Briani.

TROCA DE EMISSORA

Quem se acostumou a ver Betty Faria nas novelas da Globo, pode esquecer. A partir de segunda-feira, a atriz estreia no SBT no remake de Uma Rosa com Amor. A atriz está enfrentando a ponte aérea praticamente todas as semanas por conta das gravações da novela. A atriz trabalha em São Paulo, mas não abre mão de passar alguns dias do mês em sua casa no Rio de Janeiro. ''Gravo todos os dias, o que me deixa totalmente mergulhada, estudando e decorando o texto da novela. É duro mesmo, mas como adoro trabalhar, estou vivendo esse momento de forma intensa e prazerosa'', escreveu em seu blog.

Na trama, Betty Faria interpreta Amália Petroni, uma verdadeira “mamma” italiana casada com Giovani, personagem de Edney Giovenazzi.

Como não poderia deixar de ser, a personagem quer arranjar um marido para sua filha Serafina (Carla Marins), que já passou dos 30 anos. Para que o desejo se torne realidade, Amália recorre a orações e pedidos milagrosos.

Em entrevista ao portal Terra, Betty comentou sobre a mudança de emissora:

"É engraçado essa história de casa nova. Não troquei nada, só troco de roupa. Acho importante deixar claro que eu sou freelancer, não pertenço a lugar nenhum. Tenho impressão que só no Brasil os artistas ficam presos em uma emissora de TV. Uma atriz como eu quer papéis. Na minha idade, quero fazer personagens que comuniquem valores. E estou adorando interpretar a Amália, porque ela comunica coisas boas. E a gente está num mundo tão devastador que eu hoje não teria o menor tesão de fazer uma vilã, para mostrar coisa ruim", desabafou.

AS CHAMADAS

O site O Planeta TV! capturou algumas imagens das chamadas da novela:

A CIDADE CENOGRÁFICA

O SBT passou sufoco na construção da cidade cenográfica da novela. O motivo foi a chuva que caiu intensamente em São Paulo e que destruiu boa parte do que já estava construído. Segundo o blog Chiado, da Editora Abril, a emissora precisou reconstruí-la por quatro vezes.

No encontro com a imprensa realizado na terça-feira (23), o diretor geral Del Rangel agradeceu aos atores pela paciência e esforço nas gravações. "Só vocês sabem o quanto a chuva nos atrapalhou e o quão exaustivo foi gravar várias cenas em um mesmo lugar", disse.

No entanto, na última quarta, 21/02, começaram as gravações na cidade cenográfica. As atrizes Jussara Freire e Lúcia Alves foram as primeiras a participarem das cenas gravadas no cortiço construído para a novela.

Segundo o jornal Extra, a cidade é dividida em dois bairros. Uma parte da cidade reconstitui o tradicional bairro do Bixiga e outra, uma área mais chique de São Paulo.





Comentários (0) Postar Comentário

Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro!

Veja também