O Planeta TV

"Ninguém em Avenida Brasil é lobo em pele de cordeiro", diz João Emanuel Carneiro

"Ninguém em Avenida Brasil é lobo em pele de cordeiro", diz João Emanuel Carneiro

Carioca, 42 anos, João Emanuel Carneiro começou a carreira aos 14 anos roteirizando histórias em quadrinhos com o cartunista Ziraldo. Aos 20, ele já fazia sucesso no cinema nacional . Entre roteiros de grande sucesso escritos por ele estão: "Central do Brasil", "O Primeiro Dia", "Cronicamente Inviável", "Orfeu", "Deus É Brasileiro" e "Castelo Rá-Tim-Bum".

Na TV, foi colaborador das minisséries "A Muralha" e "Os Maias", e da novela "Desejos de Mulher". Em 2004, se tornou autor titular com "Da Cor do Pecado", a maior audiência do horário das 19h dos últimos dez anos.

Depois de dois sucessos consecutivos no horário das 19h - ele ainda escreveu "Cobras & Lagartos" -, João foi alçado ao horário nobre no qual inovou com "A Favorita".

A convite do site O Planeta TV!, o autor, em poucas palavras, comentou sobre seus trabalhos. Confira:

O Planeta TV! – Você começou a sua carreira muito cedo. Aos 15 anos, colaborou com o cartunista Ziraldo. E aos 19 roteirizava para o cinema, onde foi premiado com o curta-metragem "Zero a Zero", "Central do Brasil", "Deus é Brasileiro", entre outros. Sempre teve vontade de ser autor? Quando percebeu que tinha o dom para prender a atenção de milhões de telespectadores?

João Emanuel Carneiro – Caí na TV meio por acaso, depois fui gostando do negócio. Todo escritor quer que sua obra comunique. O barato de fazer TV no Brasil é se comunicar com todo mundo.

O Planeta TV! – Como surgiu o convite para escrever para a televisão?

João Emanuel Carneiro – Daniel Filho me convidou pra colaborar com Maria Adelaide Amaral em “A Muralha”.

O Planeta TV! – Depois de ser bem sucedido no cinema, sentiu-se preparado para encarar o novo desafio?

João Emanuel Carneiro – As coisas foram acontecendo na minha vida, não foram tão planejadas.

O Planeta TV! – Suas novelas lembram o ritmo de um filme. Há muita diferença em escrever para o cinema e a televisão?

João Emanuel Carneiro – São duas coisas completamente diferentes. Um filme tem duas horas, uma novela são 180 horas. É outra ótica que você tem que ter da narrativa.

O Planeta TV! – "Da Cor do Pecado", sua primeira novela, é recordista de audiência (43 pontos), bem como, uma das mais exportadas (mais de 100 países) pela Globo. Considera o seu melhor trabalho?

João Emanuel Carneiro – Meu melhor trabalho é sempre o que eu estou fazendo no momento.

O Planeta TV! – "A Favorita" é considerada por muitos um divisor de águas no horário das 21h. O ponto de virada, envolvendo as personagens Flora e Donatela (Patrícia Pillar e Cláudia Raia), fez da novela um enorme sucesso. A narrativa, ágil e dramática, surpreendia o telespectador. Como é seu planejamento para manter o ritmo de suas histórias?

João Emanuel Carneiro – Minhas novelas são muito planejadas. Traço diversos caminhos possíveis da trama na minha cabeça, depois escolho um dos caminhos.

O Planeta TV! – Quando desenvolve as suas sinopses, você define o começo, meio e fim das tramas ou elas são definidas por partes?

João Emanuel Carneiro – Por partes...

O Planeta TV – Suas novelas apresentam vilões bem marcantes. Carminha (Adriana Esteves) é um dos pontos altos de "Avenida Brasil". Um jornalista do Portal IG divulgou que a vilã deve virar vítima na história. Isto procede?

João Emanuel Carneiro – Não exatamente.

O Planeta TV! – Suas novelas são marcadas por reviravoltas. Essa característica será mantida em "Avenida Brasil"? O que você pode esperar dos próximos capítulos?

João Emanuel Carneiro – Muita emoção.

O Planeta TV! – Para quando está prevista esta reviravolta?

João Emanuel Carneiro – Lá pro capítulo 100.

O Planeta TV! – Diferente de "A Favorita" percebe-se que os núcleos paralelos de "Avenida Brasil" têm maior destaque. Isto continuará até o fim ou muda a partir da "reviravolta"?

João Emanuel Carneiro – Me preocupei em reforçar as tramas paralelas de Avenida Brasil

O Planeta TV! – É verdade que em algum momento, Nina (Débora Falabella) irá se comportar como vilã?

João Emanuel Carneiro – Não exatamente.

O Planeta TV! – Nina usará Tufão (Murilo Benício) em seu plano de vingança contra Carminha ou se apaixonará de verdade por ele?

João Emanuel Carneiro – Não posso adiantar.

O Planeta TV! – A Rede Globo já realizou o primeiro grupo de discussão? Pode fazer um breve resumo do que foi detectado?

João Emanuel Carneiro – Ainda não teve.

O Planeta TV - Algum personagem ou intérprete tem se destacado além do previsto?

João Emanuel Carneiro – Todos.

O Planeta TV – Personagens de "Avenida" carregam segredos do passado. Além de Lucinda (Vera Holtz) e Nilo (José de Abreu), o público deve ficar atento com algum outro?

João Emanuel Carneiro – Gosto de personagens com nuances, contradições, mas ninguém em Avenida Brasil é lobo em pele de cordeiro como a Flora.

O Planeta TV – De que forma será abordada o assunto da homossexualidade no futebol? Roniquito (Daniel Rocha) vai chegar a se declarar para Leandro (Thiago Martins)?

João Emanuel Carneiro – O interesse do personagem do Roni é que ele tem uma orientação sexual que entra em conflito com o ambiente dele, subúrbio, pai machista, time de futebol. Ainda não sei se vai se declarar pra Leandro ou não, porque acho que a sexualidade dele ainda não está bem clara na cabeça dele.

O Planeta TV – Como é a sua relação com a direção. Gostaria que comentasse sobre a sua parceria com Ricardo Waddington, que também dirigiu "A Favorita". E como isto influencia no resultado final da novela.

João Emanuel Carneiro – Ricardo Waddington e sua equipe estão fazendo um lindo trabalho, muito afinado com meu texto.

O Planeta TV! – No ano passado, a jornalista Patrícia Kogut, do jornal O Globo, divulgou que "Avenida Brasil" se desenvolveria em torno de um transatlântico. A sinopse foi alterada?

João Emanuel Carneiro – Isso é uma maluquice. Não sei da onde saiu esse tal transatlântico. Ele nunca existiu!

O Planeta TV! – Você escreve a sinopse pensando no ator? Participa do processo de escolha do elenco?

João Emanuel Carneiro – Não, só penso no ator depois do personagem.

O Planeta TV! – Como é a sua rotina quando está escrevendo uma novela?

João Emanuel Carneiro – Muito cansativa.

O Planeta TV! –"Avenida Brasil" deve ter quantos capítulos?

João Emanuel Carneiro – 179

O Planeta TV! – Nos últimos anos, a TV em geral vem perdendo audiência. As últimas novelas exibidas às 21h – com exceção de Fina Estampa (39 pontos) – registraram médias de 36 pontos. Você se preocupa com a audiência?

João Emanuel Carneiro – Não devemos ser escravos da audiência. Eu, pelo menos, só estou nessa profissão se puder contar histórias que me interessem.

O Planeta TV! – Assiste aos capítulos da novela acompanhando o ibope?

João Emanuel Carneiro – Muitas vezes.

O Planeta TV! – O primeiro mês de "Avenida Brasil" registrou uma média de 36 pontos na capital paulista. Como você avalia esta média diante do novo cenário da TV, que cada vez mais perde público para o surgimento de novas mídias?

João Emanuel Carneiro – Audiência de primeiro capítulo não significa nada, nem pra bem, nem pra mal.

O Planeta TV! – Mudaria ou já mudou algo na sinopse de sua novela por causa de audiência?

João Emanuel Carneiro – Nunca mudaria minha trama central, mas posso ajustar as tramas paralelas se o resultado não corresponder ás minhas expectativas.

O Planeta TV! – Que avaliação você faz do atual momento da teledramaturgia brasileira?

João Emanuel Carneiro – A luta pela audiência é cada vez mais acirrada, e a tentação de baixar o nível pra conquistar essa tal audiência também é cada vez maior.

O Planeta TV! - O que gosta de assistir na TV quando não está escrevendo?

João Emanuel Carneiro – Novela das 9, Jornal da Globo, A Grande Família, filmes e seriados em geral.

O Planeta TV! – Por que a série "A Cura", uma das obras-primas da TV aberta em 2010, não teve continuidade no ano seguinte? A segunda temporada pode acontecer em 2013?

João Emanuel Carneiro – Acho difícil, mas quem sabe?

O Planeta TV! – João, muito obrigado por conceder essa entrevista. Foi uma grande honra te entrevistar.

João Emanuel Carneiro – Muito obrigado a você, Jeferson. Seu site é excelente e referência pra todo mundo que trabalha em TV.

Para encerrar, um rápido bate-bola:

Falta às novelas hoje em dia...: emoção
Ligo a TV para ..: ver Tapas e Beijos
Desligo a TV para ...: reality
Um vilão inesquecível: Maria de Fatima
Uma novela inesquecível: Roque Santeiro
O público deve assistir a minha novela porque ...: não tem que nada, assiste se quiser, se gostar
Um autor: Janete Clair
Uma atriz: Gloria Menezes
Um ator: Tarcisio Meira
Um diretor: Walter Avancini
Um filme: Noites de Cabiria
Uma mania: Ver um filme todo dia.
Um sonho: Novelas menores
Uma frase: O que fica da vida é a vida que a gente leva.




Comentários (5) Postar Comentário

fabiano comentou:

odeio essa cara

Maria Cristina da Silva comentou:

João Emanuel carneiro,este e o nome certo para a tv brasileira,foi um espetáculo a novela Avenida Brasil,inesquecível ....cada vez que ligo a tv hoje o mesmo horario sinto muita saudade !!!! gostaria de ver a continuação desta novela ...imagine quem não gostaria de ver o Avenida Brasil 02 !!!!
Desejo-lhe muito sucesso sempre !
Voçe sim que é um gênio...foram muitas emoções !!!!
inesquecíveis !!!!

Maria Cristina da Silva comentou:

Quando vejo esta novela das 21hs,totalmente sem lógica,subestimando o telespectador .....nem lembro o nome para colocar aqui....kkkk Sinto uma angústia com tanta saudade de AVENIDA BRASIL ! Avenida Brasil 02 joão Emanuel carneiro....
Desejo muito sucesso...

Karol comentou:

Que homem mais besta, sabe responder nao pateta

Dario comentou:

A entrevista mais parca que eu já vi! De uma chatice impar! O pessoal que não curtiu o comentário de Fabiano, deveria reler pra entender! Eu, se fosse o blog, nunca mais o procurava. O cara se desfez grosseiramente da maioria das perguntas. Ele deve tar se achando por Avenida Brasil (que com O rei do gado, são as duas novelas mais sobrevaloradas da história da TV).

Veja também