O Planeta TV

O Outro Lado do Paraíso: Diego se nega a transar e Melissa pede o divórcio

"Se eu transar com você, já não será tão pura", dirá o geólogo.

por Redação, em 02/02/2018

Foto: Divulgação/TV Globo

A noite de núpcias de Diego (Arthur Aguiar) e Melissa (Gabriela Mustafá) em O Outro Lado do Paraíso terá um acontecimento exótico.

O filho de Nádia (Eliane Giardini) surpreenderá a esposa, que é virgem, ao dizer que não pode tocá-la. Ao ser perguntado se tem algum problema, ele afirmará que é "muito homem" e emendará na estranha explicação para se negar a transar: "Toda a minha vida também esperei pela mulher certa. Você. Desde que eu te conheci, passei a sonhar com você... a te olhar como se olha uma flor num jardim. Com amor, Melissa. Mas também... com cuidado. Se te tocar, se fizer o que todos os homens fazem com uma mulher... se eu transar com você, já não será tão pura".

Chocada, Melissa dirá que é assim que as coisas acontecem e que quase todas as suas amigas transaram antes do casamento. "Eu nunca fiquei com ninguém. Mas agora, depois de casada, eu sonho ter uma família... filhos... ", dirá ela, que será surpreendida novamente pela resposta do marido: "Pra mim, você já basta".

Apesar do absurdo da situação, Melissa tentará argumentar: "Mas...eu te acho tão lindo. Eu também tenho desejo, sabe. Eu tenho vontade de beijar...". Diego se afastará e dirá: "Sexo pra mim é uma coisa suja. Eu vou dormir", deita o rapaz, deixando a mulher bastante sentida.

No manhã seguinte, Melissa questionará Diego, que tentará explicar: "Eu sinto um amor tão grande por você, quero que seja sempre assim, pura... linda... como uma rosa que acaba de desabrochar. Então, aceita viver comigo desse jeito? Na pureza?". A jovem perguntará se ele terá outra mulher: "Nunca. Nunca mais. Eu prometo nunca mais tocar em mulher nenhuma". "Se pra você ser feliz é preciso ser assim...eu aceito", responderá ela.

No entanto, Melissa voltará ao assunto: "Diego, pensei muito sobre o que disse. Sobre... a gente não ter sexo. Você não tem vontade?". O marido dirá que sente, mas não com ela. "Com você eu tenho adoração. É o amor mais puro. Melissa, todo filho ama a mãe, e é um amor puro", dirá ele. "Mas eu não sou tua mãe", rebaterá a jovem, chocada com a comparação. "É mais que isso. É uma santa que eu pus no altar", responderá Diego. "Vai ser o mais puro dos casamentos. Sexo é sujo. Fiz sexo a minha vida toda. Mas com vagabundas. Você é especial pra mim. Muito especial. Não posso te tocar. Eu sei que ainda está tentando entender a situação...mas Melissa...eu te amo de verdade. Acredita. Eu te amo tanto que não quero te tocar. Quero que continue pura, como sempre foi. Pura", concluirá o rapaz.

De volta da lua-de-mel exótica, Melissa conversará com a mãe, Isabel (Ana Barroso), e Clara (Bianca Bin), que vão estranhar o comportamento de Diego. "Seu marido não te tocou? Ele é um doido ou o quê? Minha filha, sempre falei sobre sexo com você. Sabe por quê? Por que eu quero que tenha uma família, filhos... um casamento saudável. Esse rapaz não bate bem", afirmará Isabel, revoltada. Diante da dúvida da filha, ela decretará: "Vai se divorciar." Raul (Genézio de Barros) concordará com a opinião da esposa. 

"Ele é impotente e quer te enganar com esse discurso. Falei com a Clara. Amanhã o advogado vai com você e dá entrada no processo de divórcio", avisará Isabel. No dia seguinte, Melissa, os pais e Adriana (Julia Dalavia) irão ao fórum dar entrada na documentação da separação. "Faço questão de dizer. Meu marido não cumpre suas obrigações conjugais", revelará Melissa.

Ao saber do pedido de divórcio, Diego tentará reconquistar Melissa. "Eu era muito tonta. Mas conversei com minhas amigas, com minha mãe... Eu queria entender o que estava acontecendo. Eu casei pra ter uma família...filhos...", repetirá ela. "Meu amor é do tamanho do mundo. Não vale nada?", responderá o geólogo. "Diego...tudo que diz é teu sentimento. Mas e o meu? Queria que me tocasse, beijasse meu corpo, queria...", argumentará a jovem. "Você? É tão pura, não pode querer essas coisas", dirá Diego, apavorado.

Irritada com a opinião do genro, Isabel vai interferir na conversa. "Chega. Saia daqui, Diego. Minha filha está deprimida e confusa. Como mãe dela, eu não permito que continue essa conversa. Saia". Antes de ir embora, Diego voltará a declarar seu amor. "Será que eu faço bem, mãe, em me divorciar? Ficamos casados só alguns dias...", questionará Melissa. "Ainda bem que foi pouco tempo. Ou ele ia mexer com a sua cabecinha a tal ponto...que nem sei. Comemore, Melissa. Vai se divorciar e encontrar um bom rapaz", argumentará a mãe, mas a jovem dirá que não outro homem. "Quer esse aí, que fala, fala e não diz a verdade? Inventa que quer um casamento puro só pra te enganar? Ele é impotente, Melissa. Impotente".

Ass informações são do jornal Extra.



Publicidade

Comentários (5) Postar Comentário

Televisivo comentou:

Circo que fala né? Walcyr Carrasco é tosco! PQP...

Verô Verdadeira comentou:

Essa novela beira o ridículo! Até parece que um garotão pegador, na vida real, diria essas palavras floridas e teria essa atitude. Cadê as nuances nos diálogos e no comportamento dos personagens, senhor autor? Em que década estamos??? "Já não será mais pura" ! Ninguém fala "você"nessa novela? Um garoto de 20 anos falaria assim??? "Tão Pura" ??? Afeee! Nos poupe, pelamor! Parece que quanto mais bizarro, mais audiência! Tenho pena de quem assiste e embarca nessa bomba! É o cúmulo muita inteligência subestimada.

Rui comentou:

Nem consegui terminar a leitura de tão envergonhado que fiquei.

Geraldo comentou:

Li em outro site e fiquei estarrecido, também. Para mim que acompanho a novela turca, na Band, Amor Proibido, fica nitida a decadência da Globo. De todas as últimas produções globais, O outro lado do paraiso, está sendo a mais bizarra. A minha curiosidade é em saber como vai acabar tal "teatro amador"!

Rose comentou:

Não assisto, achei horrível, grotesca, desde o início. Globo despencando em qualidade, cenários, figurinos, produção rica não bastam. Tem o seu público, cada vez o rebaixa mais. Pobre povo brasileiro, carente em educação e as tvs, que são concessões, em vez de contribuirem para elevar os padrões morais, a dignidade e valorização do bem, da justiça, jogam tudo no chão. Globo tinha consultoria técnica antes p corrigir e apoiar os autores, agora acho que nem isso. Vivem no Rio e acham que o Brasil é apenas eles.

Veja também

Publicidade