O Planeta TV

Temática política fez Globo adiar Verão 90 Graus para 2019

Emissora marcou estreias das próximas novelas das sete.

por Redação, em 08/02/2018

Segundo o jornal Extra, o adiamento de Verão 90 Graus foi provocado pela pré-candidatura de Fernando Collor à Presidência da República. 

A história de Izabel de Oliveira e Paula Amaral, inicialmente escalada para substituir Deus Salve o Rei, vai mostrar o famoso confisco do então presidente Collor à poupança, ocorrido em março de 1990. 

A novela vai mostrar os efeitos do confisco na vida de vários personagens: alguns perderão tudo, outros ficarão desempregados e empresas vão falir. Um outro personagem vai comemorar por manter parte de sua fortuna fora do Brasil, longe de impostos e surpresas.

Como Verão 90 Graus estaria no ar durante o período eleitoral, a Globo resolveu empurrar a estreia para 29 de janeiro de 2019.

Conforme já informou OPTV, O Tempo Não Para foi escalada para a vaga; estreia agendada para 31 de julho.



Publicidade

Comentários (1) Postar Comentário

Felipe comentou:

Mesmo assim, exibiria a novela pois ela estará retratando a história real, e diante mão se referindo ao Collor, o então escândalo feito por ele nunca será esquecido. Então Tv Globo mostre os erros sim cometidos pela política.


Geraldo respondeu:

Globo jamais fará isso: Color foi afilhado politico: "Caçador de Marajás". E o afilhado "ingrato" dela sofreu o Impeachment.



vlad respondeu:

o correto é dizer de antemão


Veja também

Publicidade