O Planeta TV

O Outro Lado do Paraíso: Alcoólatra, Beth não poderá doar rim para Adriana

Ela é a única familiar compatível.

por Redação, em 02/03/2018

Beth (Gloria Pires). Foto: Divulgação/TV Globo

Disposta a doar um rim para Adriana (Julia Dalavia) em O Outro Lado do Paraíso, Beth (Gloria Pires) não poderá salvar a vida da filha.

A advogada será diagnosticada com câncer no capítulo do próximo dia 16 - e sua mãe será a única doadora compatível entre os familiares. No entanto, exames vão atestar alterações em seu fígado, motivadas pelo seu alcoolismo. "O exame de sangue acusou níveis irregulares de ureia e creatinina. Infelizmente a senhora não pode doar seu rim", falará o hepatologista Aguiar (ator não divulgado). 

Beth perguntará o motivo e será confrontada pelo médico: "Apesar de compatível, nós verificamos alterações no seu fígado. Alterações que impedem a senhora de ser doadora. Dona Elizabeth, a senhora bebe".

Segundo Daniel Castro (UOL), a cena vai encerrar o capítulo do próximo dia 31.



Publicidade

Comentários (4) Postar Comentário

Bernardo comentou:

Toda novela do Walcyr quem entra depois sempre sofre de alguma doença, em Amor a Vida a Sílvia (Carol Castro) entrou depois e descobriu ter câncer de mama tantas doenças abordadas mais uma, Júlia Dalavia é uma excelente atriz e esse é seu pior personagem não sei porque ela foi aceitar esse personagem, Bruna Marquezine e Camila Queiroz recusaram, Camila não recusou Walcyr a cedeu pra Cláudia Souto autora de Pega Pega. Essa personagem é chata, mimada e não acrescenta em nada na carreira de Júlia.


Geraldo respondeu:

Concordo a Júlia está interpretando uma personagem terrivel: além de chata, controvérsa, já que defensora do coach, mas não vivencia.


Nero comentou:

Será que ela vai engravidar para salvar a filha?


Bernardo respondeu:

Kkkkkkk melhor comentário


João comentou:

A Natália doaria com certeza. Sua trajetória jamais foi marcada por bebidas alcoólicas. Diva consciente e sóbria!


Geraldo respondeu:

A Diva Natália do Vale, seria ideal para interpretar uma doadora: Intensa que é é a Adrenalina ideal que o transplantado precisa para logo se recuperar :)


Geraldo comentou:

Embora Rins e Figado trabalham sincronizados, mas se o Walcyr quisesse aproveitar o talento que a Júlia tem e, dar uma reviravolta na personagem, interessante seria a Beth ter Cirrose e necessitar de transplante, ai seria a questão: Sendo Advogada, sabendo que a vida da mãe estaria nas mãos dela, Adriana doaria a porção de figado à Beth? Ficaria um enredo melhor.

Veja também

Publicidade