O Planeta TV

Em crise de audiência, Rede Bahia deixará de exibir o Bem Estar

A emissora local da Globo no Nordeste sofre com jornalismo da TV Itapoan.

por Redação, em 22/11/2018

Os apresentadores do Bem Estar/TV Globo

A situação da TV Globo na Bahia é muito crítica. A Rede Bahia, afiliada da emissora no maior estado do Nordeste, deixará de exibir o Bem Estar. A partir da próxima segunda-feira, 26/11, a atração apresentada por Fernando Rocha e Mariana Ferrão não poderá ser vista pelos baianos.

A Rede Bahia dará mais destaques paras os telejornais locais, visando barrar a TV Itapoan, da Record, que é líder quase o dia inteiro.

Dentre os programas matinais, o Bem Estar é o que apresenta o pior desempenho de audiência. Às vezes, registra pífios 3 pontos.

Para 2019, a Rede Bahia estuda a possibilidade de também abrir mão da transmissão do Encontro com Fátima Bernardes e do Vídeo Show.

Com informações do jornalista Gabriel Souza, do UOL. 



Publicidade

Comentários (10) Postar Comentário

Slytheryn comentou:

Excelente notícia, seria melhor ainda se fosse no Brasil inteiro e já levasse junto programas como Encontro, Vídeo Show e É de casa. Saudades tv globinho.


Cal respondeu:

Esquece tv Globinho não volta mais não é rentável e não tem nada haver com a proposta da emissora que é ter programação local maior


Jow comentou:

Daqui a pouco a TV Bahia só vai transmitir a programação local o dia todo. Aí não vai mais fazer sentido ser filiada à Globo...kkkkkkkkk

Victor Guimaraes comentou:

Na verdade o Bem Estar e o Encontro são atrações descartáveis e que dão sono, mas substituí-los por mais um jornalístico não acho algo construtivo para os telespectadores. Que tal investir em uma atração infantil educativa, que estimule o desenvolvimento sadio do público? Os formatos desses progamas são semelhantes ao do Mais Você, que já está a quase 20 anos no ar.


Jow respondeu:

Seria legal, Victor. Mas certamente não traria audiência. E trocar um programa por outro que não dá audiência não resolveria o problema deles. A troca pelo jornalismo é justamente pra ver se barra a Record, pq o que dá essa audiência toda pra TV Itapoan é o jornalismo mundo cão, e pra bater de frente só com jornalismo também. E outra: se o público baiano gosta de tipo de jornalismo, eles não dariam a mínima pra programa educativo. É triste, mas é a realidade.


Vitor Silva comentou:

Nunca pensei que ia viver pra ver isso

Pronto falei comentou:

Poderiam também acabar com o Encontro, Vídeo Show e É de Casa. Três programas chatos e cansativos.

Pensante comentou:

Não é a primeira vez nem vai ser a última que isso acontece.
Já ocorreu antes no Pará, quando a TV Liberal, afiliada da Globo no estado, começou a perder terreno na capital paraense para a Record Belém que até então era uma emissora sucateada e desconhecida do público, e que dá noite pro dia começou a fazer maciços investimentos na sua programação e que em pouco tempo chegou a ultrapassar o SBT-Pará e assumiu por alguns anos  a vice-liderança. Passado o tempo...  tudo voltou ao normal. 
Hoje a Record Belém encontra-se estacionada na terceira colocação.

Pensante comentou:

Tudo que é novo desperta curiosidade, esse é o momento atual vivido pela TV Itapoan. É como se a emissora até um certo tempo atrás fosse desconhecida do público baiano,  parece que só agora os baianos descobriram que não existe só a TV BAHIA e TV Aratu. O problema é que esse "boom"; repentino de descoberta é passageiro. E o fenômeno pode se repetir igual o que aconteceu com a Record em Belém.

Marcio comentou:

Ficou mal ter que muda o sistema por causa da record .daqui a pouco vai ficar fora do ar na hora do vídeo shou porque perde no Brasil inteiro ha.ha.há chupá globo

Olga Oliveira comentou:

Por favor , inclua vídeo show fora disso, é o que temos de melhor durante a tarde!

Nívea comentou:

Interessante como um pequeno grupo de pessoas podem causar estragos, me refiro aos voluntários do Ibope, que tem o aparelho de medição em casa

Veja também

Publicidade