O Planeta TV

Conheça as Estrelas do Brasil, novo programa de Angélica

Saiba como será o formato a atração, que estreia neste sábado (26).

por Redação, em 24/08/2017

Foto: Divulgação/Globo

Seja bem-vindo à terra do carimbó. À terra do açaí. Do tucupi. Do tacacá e da guitarrada. E de um povo alegre. Fique à vontade para conhecer a Cidade Velha. Para observar a garça despejar todo seu charme ao urubu. Para admirar o mise-en-scene natural dessas duas espécies de aves que recebem os pescadores e os turistas às margens da Baía do Guajará. Descubra as belezas da Ilha do Combu e como é cultivado o cacau pelas bandas de lá. Percorra as vielas do mercado Ver-O-Peso e sinta a energia pulsante de uma das feiras ao ar livre mais antigas do Brasil. E para tudo isso, conte com os melhores guias-locais possíveis. 

Como previsto, depois de percorrer o Brasil em busca de exemplos reais de solidariedade, o Estrelas segue na estrada e estreia neste sábado, dia 26, em novo formato – o Estrelas do Brasil. Com malas feitas, Angélica se prepara para viajar pelo país e conhecer os seus encantos através de personalidades que se destacam nos lugares onde vivem, em diferentes segmentos, seja pela gastronomia, pela música, pela arte ou até mesmo por um serviço prestado. Para a primeira parada do programa, o estado escolhido é o colorido e vibrante Pará, na região Norte. Durante cinco sábados, o público viaja com a apresentadora pelo local. Junto com ela, ainda, artistas e personalidades conhecidas são convidados a desbravarem a cultura paraense por meio de seu povo. Depois, será hora de explorar outros destinos brasileiros. "O Brasil é enorme, tem muitos talentos, muita culinária, muita música, espalhados por aí, e queremos mostrar esse Brasil que não necessariamente o resto do país conhece. Vamos começar por Belém do Pará, que tem culinária, ritmos, arte e uma cultura incríveis, além de um povo muito carinhoso", conta Angélica.

As estrelas paraenses

Para apresentar a cultura paraense à apresentadora, público e convidados, o programa conta com estrelas que vivem no Estado e dominam o assunto. A lista inclui taxistas de uma cooperativa formada exclusivamente por mulheres, músicos, fotógrafo, chef de cozinha, designer de joias de materiais do Pará, estilista de fantasias de um dos mais tradicionais concursos paraenses, artista plástica, chocolateira, açaizeiro, produtor musical, vendedor de tacacá, figurinista, artesão e até padre. No programa de estreia, por exemplo, Angélica e os convidados conhecem as motoristas da cooperativa Diva's Taxi; o fotógrafo Luiz Braga; a cantora Dona Onete, destaque do Carimbó que gravou seu primeiro álbum após os 70 anos de idade e hoje domina as paradas do Pará com o hit “No Meio do Pitiú”; e a dupla Tia Coló e Dona Carmelita, a primeira, erveira das mais famosas, e a segunda, feirante, do mercado Ver-o-Peso.

Foto: Divulgação/Globo

Os convidados

Angélica conta com a presença de pessoas queridas pelo público ao seu lado, durante as viagens. Para o estado do Pará, a apresentadora leva ninguém menos do que os atores Paulo Betti, Andreia Horta, Zezé Polessa, Maria Flor, Bruno Gissoni, Ícaro Silva e Eriberto Leão, e as cantoras Naiara Azevedo, Fafá de Belém e Gaby Amarantos. No programa de estreia do ‘Estrelas do Brasil’, a dupla Bruno Gissoni e Maria Flor será a primeira a conhecer a cultura de Belém.

“Uma experiência linda. A mescla de culturas, o sorriso estampado no rosto do povo, culinária maravilhosa. Sempre quis conhecer melhor o Norte do Brasil”, confessa Bruno. Já Maria Flor adianta o que vem por aí: "Junto comigo o público vai conhecer uma pessoa muito especial, que cozinha. Além disso, ela canta só sucessos. E também vai conhecer uma senhora maravilhosa que trabalha no mercado Ver-o-Peso e vende frutas bastante exóticas".

Os roteiros

Junto com as estrelas locais, Angélica e os convidados percorrem pontos cheios de história e cultura paraense. Entre os locais visitados, por exemplo, estão a Ilha do Combu, o Forte do Presépio, o mercado Ver-o- Peso, a Praça Batista Campos, o Polo Joalheiro, a Casa das 11 Janelas e a Basílica Santuário Nossa Senhora de Nazaré, de onde parte o Círio de Nazaré, uma das maiores manifestações religiosas católicas do mundo.

O Estrelas tem direção geral de Hélio Vargas e redação final de Paula Miller. A atração vai ao ar aos sábados, logo após Sessão Comédia.



Publicidade

Comentários (3) Postar Comentário

Eu mesma! comentou:

Amo Angélica. Acho que ela precisa e merece um programa de auditório, pois ela é uma ótima apresentadora e animadora. Porém, tanto a Globo, quanto a profissional, estão acomodados com o Estrelas. Isso é triste!


Leandro respondeu:

Concordo plenamente com voce. Também amo a angélica, mas sinto muito a falta dela como animadora de auditório. O Estrelas é legal, assim como o foi o Fama é o Video Game, pois ela sempre consegue ter bons desempenho em tudo que em que ela faz, mas falta o que ela melhor fazia, que era interagir com o público. Mesmo quando ela era animadora infantil, ela conseguia interagir bem com público de qualquer idade com naturalidade. É uma artista que soube construir uma carreira pelo seu talento e não construida por um diretor e uma emissora.


ricardo comentou:

angelica derruba a audiencia da reprise toda picotada do sai de baixo

flop comentou:

cheiro de flop no ar

Veja também

Publicidade