O Planeta TV

Saiba quando estreia "Locomotivas", a substituta de "O Salvador da Pátria"

A novela foi produzida em 1977 e teve Eva Todor como protagonista.

por Redação, em 09/05/2021
Publicidade

A substituta de "O Salvador da Pátria" será "Locomotivas", que foi escrita por Cassiano Gabus Mendes e teve a direção de Régis Cardoso e Fabio Sabag. No total, a obra teve 168 capítulos.

Enredo

Kiki Blanche (Eva Todor) é uma ex-vedete dedicada à família e ao seu salão de beleza, na Zona Sul do Rio de Janeiro. Além de Milena (Aracy Balabanian), sua filha legítima, Kiki cria Fernanda (Lucélia Santos), Paulo (João Carlos Barroso), Renata (Thaís de Andrade) e Regina (Gisela Rocha). O grande conflito da trama é a paixão de Fernanda por Fábio (Walmor Chagas), homem amado também por Milena. No desenrolar da trama, revela-se que Milena é, na verdade, mãe de Fernanda. E, por isso, está disposta a abrir mão de Fábio em nome da felicidade da filha. Sem contar para ninguém seus motivos, ela recusa o pedido de casamento de Fábio. Durante a história, Fernanda decide correr atrás da identidade de sua mãe e descobre que Milena é sua mãe. As duas se reconciliam. E Fernanda, percebendo o amor que a mãe ainda sente por Fábio, convence Milena a procurá-lo.

Eva Todor estreou na Globo vivendo a ex-vedete Kiki Blanche, um de seus trabalhos mais marcantes na televisão. Segundo a atriz, a personagem fez tanto sucesso que, na época, surgiram inúmeros salões de beleza com o nome Kiki Blanche. Eva Todor também se recorda da vez em que uma jovem, vinda da Bahia, a procurou na porta da emissora. Depois de muito insistir, conseguiu falar com a atriz: ela queria ser adotada por Eva, que, na trama, tinha diversos filhos de criação. A convite da autora Maria Adelaide Amaral, Kiki Blanche foi revivida por Eva Todor mais de 30 anos depois, numa participação especial na segunda versão de Ti-Ti-Ti, exibida em 2010.

"Locomotivas" estreará no dia 15 de novembro no Canal ViVa.


Deixe o seu comentário


Publicidade


Comentários (3) Postar Comentário

Vicente comentou:

Caraca! Essa novela marcou a minha infância! Mas será que ainda dá pra curtir depois de tantos anos? Talvez seja melhor deixar na memória afetiva mesmo.


Vlad respondeu:

Vicente, foi outra época. Temos que tentar ver com os olhos da época, se não seremos anacrônicos e daremos opinioes totalmente desconexas, como algumas pessoas fazem. A novela foi um sucesso , para a época, mas foi, eram os padroes da época, mas tem gente lesa, sem noção que fala muita besteira na hora de opinar. Era outro jeito de fazer novela....Eu estou louco pra ver.


Vlad comentou:

Uma correcao: Eva Todor teve papel marcante mas nao foi a protagonista. A protagonista foi Lucelia Santos e o segundo nome feminino foi Aracy Balabanian.. Esse é um dos maiores presentes da Historia do Viva, caso se confirme a reprise. Só acredito quando estreiar...

Duca Araujo comentou:

São novelas como essa que devem ser reprisadas para voltarmos aos velhos tempos


Publicidade

Veja também

Publicidade