O Planeta TV

Globo apresenta time de comentaristas dos Jogos Olímpicos de 2016

Emissora mostra-se muito à frente das concorrentes em planejamento.

por Redação, em 04/08/2014

A Copa do Mundo acabou há três semanas, mas a Globo já se mostra à frente das concorrentes ao ter um planejamento muito maior - e mais eficiente - em relação aos Jogos Olímpicos, que terão início somente em 5 de agosto de 2016. Detentora dos direitos de transmissão de quase todas as principais competições esportivas e das Olimpíadas, a emissora apresentou neste domingo, 3, no Esporte Espetacular, sua equipe titular de comentaristas que atuará desde agora até os Jogos Olímpicos.

Glenda Kozlowski e Alex Escobar apresentam equipe olímpica da Globo. De trás pra frente: Daiane dos Santos (ginástica artística), Gustavo Borges (natação), Shelda (vôlei de praia), Flávio Canto (judô), Giba (vôlei masculino), Hortência (basquete), Maurren Maggi (atletismo), Fabi (vôlei feminino) e Tande (vôlei masculino). Foto: Reprodução/TV Globo

Além da equipe de futebol, que continuará a mesma com Walter Casagrande, Caio Ribeiro, Juninho Pernambucano, Junior e Roger Flores, a Globo terá como comentaristas contratados Giba e Tande no vôlei de quadra masculino; Fabi, considerada a melhor líbero do mundo, no vôlei de quadra feminino e Shelda nos comentários do vôlei de praia.

Daiane dos Santos será a comentarista de ginástica artística; Gustavo Borges comentará a natação e a maratona aquática; enquanto Maurren Maggi participará dos eventos do atletismo. Já Hortência Marcari é o principal nome do basquete, enquanto Flávio Canto, apresentador do Corujão do Esporte, terá pela frente as competições de judô.

Com reportagens de Renato Ribeiro, Guilherme Roseguini, Luciana Ávila e Kiko Menezes, a emissora mostrou neste domingo que está preparada não só para as competições em que o Brasil tem certo favoritismo, como também para outras modalidades que serão transmitidas. Para essas, outros comentaristas, convidados, trabalharão junto à equipe esportiva da Globo.

análise

Por: Victor Rezende

Foto: Reprodução/TV Globo

A apresentação do seu "time olímpico" na manhã deste domingo no Esporte Espetacular mostrou que a Globo ainda é a maior emissora do País e que se porta como tal, indicando que as concorrentes ainda precisam de muito para alcançá-la. Estando a dois anos dos Jogos Olímpicos, a Globo apresentou a sua equipe de comentaristas que, além de ser campeã e gabaritada para isso, terá pela frente dois anos de preparação, visto que a Globo é a dententora das principais competições esportivas de nível mundial.

A mobilização de equipes que ocorreu na Copa do Mundo já mostrou a força da emissora, ainda mais num evento "pequeno" ante a grandiosidade de uma Olimpíada que dura menos tempo e é concentrada em apenas um lugar - exceção feita às competições do futebol que, aliás, terá geração de imagens para todo o mundo feita pela Globo.

Chega a ser espantoso ver o despreparo da Record, que tem transmissão exclusiva em TV aberta do Pan-Americano do ano que vem. Parece que o Brasil x Alemanha da Copa do Mundo pode ser visto também na televisão do nosso País. Enquanto uma emissora se prepara antecipadamente, tem um planejamento invejável, ação de marketing eficiente, boa equipe esportiva e a maioria dos campeonatos esportivos; a outra equipe deixa tudo em cima da hora, além de não ter muitas qualidades na área esportiva. O resultado todos já sabem qual será...



Publicidade

Comentários (1) Postar Comentário

regina comentou:

tudo bem desde que mantenha Galvão Bueno e a Patrícia Poeta, a km de distancia da tv de preferencia dando uma passagem só de ida para um desses países (.............) ai sim .

Veja também

Publicidade