O Planeta TV

"A praga do sangue ia durar 1 ou 2 capítulos e durou 5", diz Vívian de Oliveira

Esticamento de Os Dez Mandamentos faz autora segurar as tramas.

por Sergio Gustavo, em 17/09/2015
Publicidade

Vivian de Oliveira. Foto: Divulgação/Record

Inicialmente, Os Dez Mandamentos seria uma minissérie em 40 capítulos. Marcelo Silva, diretor da Record, propôs à Vívian de Oliveira que transformasse a história em uma novela de cem capítulos. Ela aceitou e a história entrou no ar com previsão de mais 50 capítulos. Entusiasmada com o sucesso da novela, que começava a se aproximar dos 20 pontos de audiência, a emissora pediu mais 20 capítulos à autora.

Vívian revelou ter ficado aliviada com o momento da solicitação da Record, já que estava em tempo de fazer render as tramas. "Eu estava começando a escrever as pragas. Então, por exemplo, a praga do sangue ia durar 1, 2 capítulos e durou 5", disse a autora ao jornalista Maurício Stycer (UOL). "Se não houvesse isso eu iria correr mais (com a história), lógico", confessou.

Comenta-se sobre a possibilidade de um novo esticamento de Os Dez Mandamentos, levando-a até janeiro. Oficialmente a novela terá 170 capítulos e as primeiras chamadas de Escrava Mãe, sua sucessora, já estão no ar.


Deixe o seu comentário


Publicidade


Comentários (5) Postar Comentário

A SE PENSAR comentou:

gente, será que isso não tá alienando o povo, só que de uma óptica religiosa ? afinal nesse país não tem só cristão, mas milhões de espiritas kardecistas, budistas, judeus, muçulmanos, e o pior, nesse horario NINGUÉM ACOMPANHA MAIS JORNAL, O NACIONAL, O BAND, O BAND NEWS, ALGUÉM PODE ESCANCARAR FALANDO MAL DESSES PROGRAMAS, ENTÃO VEJA O CNN, ABC. OS NOTICIARIOS INTERNACIONAIS
o país tá passando por uma seríssima crise econômica, politica, intelectual e não é vendo histórias bíblicas que a nação vai evoluir , não.......................é só através da consciência política, leitura, estudo, educação

É DE SE REFLETIR, NOVELA É NOVELA, E PONTO FINAL.............................. NÃO MUDA A VIDA DE NINGUÉM


Heitor Leitte respondeu:

Que nada a ver



Paulo respondeu:

Tramas envolvendo viés religioso já foram feitas aos montes. Já tivemos novelas de viés católico (A Padroeira), já se explorou o budismo há pouco tempo (Jóia Rara), a cultura muçulmana (O Clone) e o kardecismo, cara, o kardecismo é reproduzido aos borbotões pela Globo (listar aqui seria complicado até). Se bobear, a cada ano a Globo tem, pelo menos, uma novela com enredo espírita. Os Dez Mandamentos, a princípio, nem seria estritamente cristã, seria mais judaica, mas, enfim kkkkkkkk. Quanto dizer o que seria o ideal a população deveria assistir para ter lá uma consciência crítica, intelectualidade, conhecimento... isso é besteira. As pessoas são livres para assistirem o que elas quiserem. Nem Record, nem Globo, nem SBT... ameaçam ninguém a assistir ou deixar de assistir suas tramas. Vê quem quer. Pretender controlar o que o outro tem que ver, que seja algo mais, digamos, elevado é de alguma forma interferir na liberdade de cada um. E esse papinho é chato pra cacete! Novela é entretenimento. Se alguém desejar ver novela como entretenimento para relaxar a mente por puro lazer, que faça.


Marco comentou:

Rídicula esta atitude de esticar a trama por causa da audiência. Fica chata, cansativa. Mesmo a Globo quando faz isso e péssimo para a tramas.

Erivan Machado comentou:

Ela vai poder esticar bastante, ela só adaptou ate agora o livro de Êxodo ainda falta mais 4

Vicente comentou:

Em termos de história, ainda há muita lenha para ser queimada pela Record. A grande questão é saber se quando a emissora chama de esticar a novela ela se refere a ir mais adiante na adaptação dos livros bíblicos ou em ficar enchendo linguiça presos a sinopse inicial de "Os Dez Mandamentos"...

Paulo comentou:

Isso já ficou claro pro telespectador. A Record pode começar a estragar com a novela, tornando-a mais cansativa, arrastada, com vários remendos, enxertos e encheção de linguiça. Já estão abusando de flash back, da recapitulação de cenas, de reprodução de histórias menores e enjoativas (alguns personagens com histórias repetidas até). Imaginava que a fase das pragas seria numa toada só, conduzindo até o ápice que é a abertura do Mar Vermelho, mas, entre uma praga e outra, a Record tem preenchido com barrigas. Aí, fica assim: a praga é trabalhada entre terça e quinta; segunda e sexta, tem enrolação, repetição... Até que o retorno de Yunet ao palácio foi bom porque sua vilã quem vinha dando ritmo à trama. Quanto a esticar a novela até janeiro: bom, é possível. Achei que a novela terminaria no momento em que, pela narrativa bíblica, Moisés recebe as tábuas contendo os 10 mandamentos (até para fazer jus ao nome da novela). Se eles pretendem esticar (o que, pra mim, seria ruim e cansativo), eles têm material no Êxodo para isso: é só dar seqüência à caminha do povo hebreu pelo deserto até entrarem em Canaã kkkkkkkkkkkkkkkk


Publicidade

Veja também

Publicidade