O Planeta TV

"Amor de Mãe" começa segunda semana com queda de quatro pontos

O folhetim, por ora, segura uma média acima dos 30 pontos.

por Redação, em 03/12/2019

As protagonistas de Amor de Mãe. Foto: João Cotta/Globo

Longe dos 35 pontos conquistados na estreia, “Amor de Mãe” deu início a sua segunda semana com 30,8 pontos de média. Um ponto a mais do que “Bom Sucesso” (29,7 pontos) atingiu na faixa das 19h. E, se comparado ao episódio de estreia, uma queda de quatro pontos.

A novela, escrita por Manuela Dias e com direção artística de José Luiz Villamarim, apesar da oscilação – para baixo – manteve um índice acima dos 30 pontos. A média geral acumulada é de 30,5 pontos.

O folhetim, estrelado por Regina Casé, Adriana Esteves e Taís Araújo, fechou a primeira semana com 30,4 pontos. Cada ponto equivale a 73 mil domicílios sintonizados na Grande São Paulo.

A TV Globo vende “Amor de Mãe” como uma novela que apresenta a história de mulheres fortes e corajosas capazes de tudo por seus filhos. A obra será curta, de 155 capítulos. Se nada mudar, o último capítulo será exibido no dia 22 de maio de 2020.



Publicidade

Comentários (12) Postar Comentário

Luis Otavio Fernandes comentou:

Essa novela é maravilhosa, um primor de texto, produção, escalação de elenco... Virei assinante do Globoplay só pra assistir, já que trabalho à noite. É melhor do que muito seriado gringo que o povo fica endeusando. As cenas de ontem foram fortes, foram tocantes, foram engraçadas... sem apelação. Pode dar 1 ponto de audiência que continunará sendo obra prima.

BERNARDO comentou:

pode até ter perdido quatro pontos, mas ainda assim é melhor escrita e dirigida que a dona do pedaço


Chico Flávio Medina respondeu:

"A Dona do Pedaço" grudou na memória mesmo, hein! Em quase todos os comentários, alguma coisa sobre este circo é dito. Já está na hora de superar.


Tobias comentou:

Acho essa novela impecável. Sem apelação e exageros. Uma história cativante que faz a gente querer o próximo capítulo o quanto antes. Uma pena essa baixa repercussão, tomara que seja apenas crise inicial.

Nando Lopes comentou:

Não sei se pela sequência de ontem, mas agora já consigo perceber em Amor de Mãe o drama, a emoção e a graciosidade em algumas cenas. Nada pastelão, a bem dizer. Há quem não goste e até implique, mas Regina Casé está muito bem em cena. E é risível as tentativas de comparar A dona do Pedaço e Amor de Mãe. A primeira de tão didática e com tipos populares facilmente atraí maior fatia do público. Já a segunda mais complexa e com trabalho artístico irretocável jamais será acessível a mesma quantidade de público da novela anterior. Nem todos vão conseguir acompanhar o enredo de Amor de Mãe. Paciência. Só resta aos saudosistas curtir as férias do Valcyr jogando palavras cruzadas ou arrumando alguma treta nas redes sociais.

Lucio comentou:

Tô achando Regina Casé piegas e canastra demais.
A mãe nordestina exagerada está espantando um pouco o publico.

BRUNO comentou:

Manuela Dias já mostrou que sabe costurar as suas histórias. Tem, com maestria, nos apresentado um texto de fácil digestão, mas nem por isso sem qualidade. Pelo contrário. E o que dizer da direção, hein? Há tempos não via uma fotografia tão interessante. Nos seu ritmo, o folhetim de Manuela está nos mostrando um caminho diferente de ver novela. Agradeço.

Patrícia comentou:

média semanal deve ser de 29 e alguma coisa.
No dia que essa novela prender o público de verdade, tendo ganchos e emoção, ela sobe.

Jenário Ferreira comentou:

A novela é excelente! Só acho a fotografia um pouco pesada demais. A imagem sombria dá um certo desconforto. Mas nada que diminua sua qualidade. A história é boa, tem tudo pra virar fenômeno.

Renata comentou:

Estou adorando essa novela,bem mais parecida com a realidade dos brasileiros,tem mais verdade

Douglas comentou:

Fico rindo aqui sempre sobra p a dona do pedaço até os críticos não esquecem .

Veja também

Publicidade