O Planeta TV

"The Voice Brasil", a grata surpresa de 2012!

Por: Jeferson Cardoso

"The Voice Brasil", a grata surpresa de 2012!

"The Voice Brasil" não é um programa inovador, mas o seu formato diferenciado agradou e surpreendeu nas tardes de domingo. O nível dos participantes não se compara nem com os finalistas de outros realitys do mesmo gênero. Os amadores, que normalmente ganham destaque no "Ídolos", não tiveram chance.

Os jurados Claudia Leitte, Carlinhos Brown, Daniel e Lulu Santos, que muitos não apostavam nada, convenceram. As brincadeiras de Brown, no entanto, me tiram do sério. É tudo muito forçado e sem graça. Tiago Leifert, que começou apagado, conseguiu achar o tom e se saiu muito bem no comando do programa.

Oito participantes estão classificados para a final. A minha torcida era para o time do Lulu Santos, que infelizmente perdeu ótimos candidatos na fase eliminatória. Espero que Liah Soares ou Ju Moraes conquiste o prêmio de R$ 500 mil e a gravação de um álbum pela Universal Music.

"The Voice", sem dúvida, é a grande surpresa de 2012.

A entrevista do assassino de Daniella Perez

No Domingo Espetacular de hoje (09/12), o jornalista Marcelo Rezende entrevistou o assassino de Daniella Perez. Peço desculpas, mas não citarei o nome do sujeito. Não consigo. A entrevista imediatamente repercutiu nas redes sociais. Acho ridículo as emissoras de TV’s darem espaços para os criminosos contarem as versões de seus crimes. Infelizmente, elas cumprem o papel do jornalismo. Algumas pessoas consideram isto sensacionalismo. Não deixa de ser.

É triste e doloroso relembrar a trágica morte de Daniella Perez. Se estivesse viva, estaria sendo disputada a tapas entre os autores. Era linda e talentosa. Entendo a revolta de Gloria Perez. Somente a família que perde um ente querido é que sabe o tão quanto é doloroso. Fica a cicatriz e a saudade. Não tenho pena de criminoso.

Entrei neste assunto apenas para defender Marcelo Rezende, que fez uma excelente reportagem. Aos que condenam a Record, deveria saber que até mesmo a Rede Globo já entrevistou o dito cujo.

O confuso Ibope

Diante da crise de audiência da TV aberta, algumas pessoas começaram a questionar porque os números do Painel Nacional de Televisão (PNT) tem menos importância que os de São Paulo. Simples, o sistema do Ibope minuto-a-minuto não é unificado. Somente no dia seguinte que as emissoras de TV’s têm acesso ao consolidado das 14 praças que possuem medição instantânea.

O real time (minuto-a-minuto) é de extrema importância para as emissoras. Como o mercado publicitário de São Paulo é um dos mais importantes do país, as emissoras levam em conta somente os números instantâneos deste estado. É a audiência da capital paulista que determina, por exemplo, o horário de entrada e saída dos intervalos comerciais das emissoras. Um programa pode traçar no Rio de Janeiro ou Curitiba que não irá interferir no trabalho dos produtores. O que importa para eles, naquele momento, é a aprovação dos paulistanos. Não deveria ser assim, mas é.

O Ibope deveria unificar o seu sistema de real time, permitindo as emissoras a acompanhar o desempenho de um determinado programa em todas as praças.

Na década de 80 e 90, a medição de São Paulo e Rio de Janeiro sempre teve força, por questões óbvias. Eram as únicas praças que possuíam tal recurso. Agora, no século 21, com as implantações em outras capitais e o surgimento de novas mídias, o Ibope precisa urgentemente adequar os seus serviços. Esses números divulgados, hoje em dia, não correspondem a realidade. Essa história de que os produtos da TV Brasileira estão em decadência é mentira. A verdade é que a população só aumenta e as novas mídias cada vez vêm se destacando. O Ibope ainda não vê essas novas mídias e segue com seus pífios 850 aparelhos em São Paulo. Aí fica difícil.

A medição de audiência no Brasil deveria ser de responsabilidade do Congresso Nacional, com direito a uma auditoria mais rigorosa e com a participação de todas as emissoras.

Salve Jorge

Dramaturgicamente, Salve Jorge ficou melhor. As tramas paralelas, no entanto, seguem fracas. A quantidade de personagens, alguns desnecessários, tem prejudicado o ritmo do folhetim. Atrizes talentosas como: Nicete Bruno, Natália do Vale, Ana Beatriz Nogueira, Elizangela e Jandira Martine, por enquanto, são figurantes.

Essas atrizes fazem partem de núcleos fracos e que irritam o telespectador. Falta agilidade até mesmo no romance de Bianca (Cléo Pires) e Ziah (Domingos Montagner). A história desse casal (que parece de novela das sete) não sai do lugar. Allah Allah (meu Deus)!.

Guerra dos Sexos

Meus queridos, resolvi fazer uma comparação da primeira versão de Guerra dos Sexos com a atual. Após assistir a alguns capítulos e algumas cenas avulsas da versão de 1983, conclui que: Silvio de Abreu merece a digníssima audiência de 22 pontos. Essa atual novela das sete não é uma nova versão como o autor prometeu, trata-se de um remake com os mesmíssimos detalhes. Até os diálogos são os mesmos!!! É uma vergonha!!! É por isto que creditaram o nome de Carlos Lombardi na abertura. Lombardi, como se sabe, foi co-autor do folhetim.

Não posso dizer que esse remake seja ruim, até mesmo porque parei de assisti-lo. A sinopse é legalzinha, mas parece não convencer o público das 19h. Também pudera, muitas coisas mudaram nesses últimos 30 anos. O autor, que ganha uma fortuna, resolve dar ‘control c control v’ em uma de suas obras e esquece de acompanhar os passos da teledramaturgia. Lamentável!

Que Rei Sou Eu?

Alguém acompanha a esta novela no Viva? Se não, não sabe o que está perdendo! Pense numa novela arretada. Maravilhosa!!! Assisti-la era um de meus sonhos. Ainda estou no capítulo de número 70 e já considero a Rainha Valentine uma das melhores vilãs de novelas, ao lado de Perpétua (Tieta), Nazaré (Senhora do Destino) e Flora (A Favorita). É uma vilã daquelas que adoro, com muito humor.

A próxima novela da Record

A prostituição será um dos temas da primeira novela de Carlos Lombardi na Record, com estreia prevista para junho. O núcleo será centrado na praia de Copacabana. A emissora reproduzirá, no RecNov, um quarteirão das imediações do reduto de casas noturnas de reputação duvidosa. O autor pretende mostrar a cidade do Rio de Janeiro, desde a praia lotada de turistas à vida noturna nada família.

Essa novela, na verdade, será um melodrama familiar misturado com policial. Os fãs do autor acostumados com seu bom humor podem ficar despreocupados. Ele pretende manter essa característica. Segundo dramaturgo, o humor não é seu estilo; é parte integrante de seu raciocínio.

Amadinhos, Lombardi deve ter feito um estudo para conhecer o perfil do público das novelas da Record. A sinopse parece ser interessante e resgatará o formato que consolidou o horário da emissora. Como fã incondicional de meu autor favorito das 7, sou suspeito para opinar. Espero que até a estreia do folhetim, a Record esteja numa melhor fase. A audiência da novela dependerá muito disto.

Espero também que Lombardi junto com Alexandre Avancini consiga um ótimo elenco. Atores como Leonardo Brício, Leonardo Vieira, Jussara Freire, Paloma Duarte, Ângelo Paes Leme, Jorge Pontual, Patrícia França, Bianca Rinaldi, Heitor Martinez, Guilherme Berenguer, Beth Goulart, Betty Lago, Vanessa Gerbelli, Amandha Lee, Paulo César Grande e Letícia Colin não poderem ficar de fora. Indicaria ainda a contratação de Alexandre Lemos e Tatyane Goulart, que conhecem bem o texto do autor.

Flor do Caribe

O martelo foi batido e "Flor do Caribe" é o título definitivo da nova novela das seis. As gravações estão a todo vapor no Rio Grande do Norte. A sinopse, que repliquei aqui no Blog no post anterior, é água com açúcar, o mais do mesmo. Espero que Walther Negrão, mesmo sem uma sinopse surpreendente, desenvolva uma boa história. A audiência, certamente, será melhor que a atual "Lado a Lado", que acumula somente 18 pontos. Acredito que na primeira semana, "Flor do Caribe" marcará índices superiores a media de sua antecessora.

Curiosidade

Qual é o maior fracasso de 2012? A lista é grande. Sei, no entanto, que a maioria concentrará em "Máscaras". Tenho minhas dúvidas e preciso decidir até o dia 21, quando publicarei aqui a minha lista com os melhores do ano, incluindo o "mico do ano".

Meus queridos, devido a falta de tempo, voltei a atualizar esse espaço apenas no fim de semana. O mês de dezembro é serviço dobrado. Espero a compreensão de todos. A nossa interação continua diariamente nos comentários e também no Twitter: @o_planeta_tv.





Comentários (100) Postar Comentário

fabiano comentou:

kkkkkkkk...
tinha dito em outro post que Ídolos e The Voice eram idênticos
só rindo mesmo!!!


Jeferson Cardoso respondeu:

E por acaso disse que não são? É tudo farinha do mesmo saco!


PHELIPE comentou:

Também gosto da Liah e da Ju e achei injusto demais a saida da Mira Calado(Ludimilah é boa, mas não se compara) e do Pedro Eduardo. NÃO gosto do Daniel(coloque o Zeze, Victor ou sorocaba), pois ele discorda de quase tudo que eu acho, só Liah é a mesma opinião e Carlinhos tem que sair pois é um mala e eliminou a melhor da competicão Mira e colocar o Seu Jorge em seu lugar.

Diego comentou:

nossa o the voice q nunca assistir kkkkk mesmo ,mais vi agora aqui q só tem mulheres na final,pois é bom isso q já é de costume quem sabe e lembra só ganha homens en todos tipos de realitys,certo?
mais é bem capaz de esse único homem aí ainda ganhar pois a maioria q vota é só mulher por isso só homens ganhar hehe + tomara e maior chance ganhar mulher, sabem pq falo isso né? então

Diogo Dante comentou:

nossa num acredito q isso tudo q vemos sempre de audiências,eu alucinado todo dia acompanhado descobrir agora q tudo em vã a toa todos esses anos? #sim, pois hoje tual nessesw tempos modernos só são mesmo PÍFIOS 850 APARELHOS? nossa me frustrei geral agora,eu me pergunto e lhes pergunto como só isso mísero tanto ai q pobreza kkkk pode fazer tanto barulho com todos nós e nós bobos acreditarmos nesses números esse tempo todo?sim pq só isso e servir de saber mesmo do tanto de gente q assiste,da audiência mesmo, só tenho uma coisa pra dizer É LASTIMÁVEL ISSO #isso mesmo! AI isso só deve ser aqui no brasil dese jeito né jeff? aposto q lá fora EUA e outros são bem equipado. vou te contarrrrrrrrrrrrr


Jeferson Cardoso respondeu:

Diego, o Ibope é estatística. Pode sim ter margem de erro e talz. E esses 850 aparelhos, de acordo com a metodologia, pode até ser relevante. O que precisa é aplicar isto também nas novas mídias e unificar a mediação em tempo real de todas as 14 praças (PNT).


Márcia comentou:

Ótimo post Jeff, parabéns!!! :clodovil2:

THE VOICE - Realmente, a "grande" revelação, surpresa do ano. O programa é um show. Pelo menos um programa que salve nos domingos... Acho os jurados bem entrosados e também torço pela Ju Moraes.

ENTREVISTA - Como que uma emissora de TV é capaz de expor uma entrevista com um assassino tão público? Jesus, Maria, José! (By: Dona Dorotéia) A Record fez isso desesperada por audiência é claro e acho que pra atacar a pobre da Glória Perez. Credo, é de dar nojo (desculpe a expressão). Deixem a coitada da Daniela e sua família descansarem em paz!!! Nossa, fiquei indignada realmente, pois eu sei como é tocar em feridas que nunca mais vão se cicatrizar. Mas eu achei interessante quando você falou que ela estaria sendo disputada entre os autores. E estaria mesmo, seria uma excelente atriz do porte de Cláudia Abreu, Flávia Alessandra e Adriana Esteves, sem exageros. Pena que não teve oportunidade de brilhar em vida, mas em algum lugar ela com certeza está brilhando. Parabéns também ao Marcelo Rezende pela sua reportagem.

IBOPE - Também concordo que os números do PNT deveriam ter mais importância que os de São Paulo, pois não são só os pauistas que veem TV, o Brasil inteiro vê, medidas deveriam ser tomadas quanto a isso.

SALVE JORGE - É, a novela ficou um pouquinho melhor, mas bem pouquinho mesmo. Aconteceu a tão esperada "virada" mas a novela ainda está sem grandes impactos que fazem os números subirem e os espectadores ficarem na frente da TV. E concordo, núcleos fracos e chatos estão irritando. Quando aparece aquele povo da dona Leonor, aquela Bianca e o Zyah, o povo da Turquia e aquele Théo, eu confesso que mudo de canal pra ver o que que está passando nas outras emissoras ou vou fazer outra coisa ou as vezes assisto com muito custo. E muitos outros talentos estão desperdiçados. Destaco aqui Roberta Rodrigues, que ainda não causou muito rebuliço com Maria Vanúbia e Walderez de Barros, que é a mais figurante de todas, além de Fernanda Paes Leme, Cristiana Oliveira e Sidney Sampaio.

GUERRA DOS SEXOS - Nem acompanho mais, me dá agonia de ver essa novela no ar... :gretchen:

PRÓXIMA NOVELA DA RECORD - O que foi mostrado até agora parece ser bem interessante. Espero que Carlos Lombardi consiga reverter a situação das novelas da Record e que sua trama tenha um ótimo elenco também. Aliás, adorei a sugestão de Tatyane Goulart no elenco. Eu aprovo!

É isso Jeff... (Detalhe: Acho que o meu comentário ficou meio grandinho, mas tudo bem... rsrs') :tchau1:


Jeferson Cardoso respondeu:

A Record fez o seu papel de jornalismo. Até mesmo a Globo já entrevistou o tal sujeito por duas vezes. Infelizmente, é papel da imprensa também ouvir a versão dos criminosos. O Domingo Espetacular não sensacionalizou. Mesmo sendo contra esse espaço dado ao fulano, achei excelente a reportagem de Marcelo Rezende.


Jackson Rodrigues Silva comentou:

Tenho minhas dúvidas com relação há possível criação de um orgão regulador da audiência da TV brasileira. O Datena que vira e mexe crítica o Ibope iria dizer que o estado está querendo controlar a televisão, entre outras coisas. Ouvi dizer que quem iria substituir a Maria Adelaide Amaral ás 19h em outubro ou novembro de 2013 seria a dupla Filipe Miguez e Izabel de Oliveira. Quanto a estréia de Carlos Lombardi na Record, vale dizer a mesma coisa que eu disse antes da estréia de Balacobaco: A novela só fará sucesso se a emissora deixar isso acontecer, porque de nada vai adiantar o autor pesquisar o público da emissora, se esse mesmo público é tão desrespeitado por ela.


Jeferson Cardoso respondeu:

Seria apenas um sonho, o Congresso assumir essa função de medir audiência de TV no Brasil. Rsrsrsrs


danilo comentou:

Olá Jeff, fico aguardando ansioso seus comentários, gosto muito deles. Em relação a SJ, voltei a me interessar pela novela, depois que morena foi traficada a trama ganhou fôlego, mas ainda precisa melhorar. Oque você achou da surra que ela deu em wanda?
eu gostei, mas achei um pouco exagerada. Quanto ao vpvn você já sabe se vai ser mesmo o profeta que vai substituir ddp?


Jeferson Cardoso respondeu:

A surra achei exagerada e não convincente. Rsrsrss


Vinícius comentou:

Muito gente entende (o que não é o meu caso) que no aspecto jornalismo, a Record cumpriu o seu papel. É como na advocacia em que todos os seus profissionais alegam: todo sujeito precisa de alguém que o defenda, independente do crime que ele tenha praticado. E o profissional que for designado a defender o meliante deve ir até as últimas consequências para deixar seu cliente satisfeito. Pessoalmente já tive debates com pessoas que defendem essa tese fria e profissional na qual eu não concordo, mas em todo caso... Voltando à entrevista, o que me parece claro e totalmente condenável é o momento em que ela foi veinculada. Para mim esse sujeito deveria ser esquecido, jamais ser procurado novamente sequer para saber se ainda continua vivo. E muito menos dar a ele o direito de falar sobre sua vítima brutalmente assassinada, como se ele tivesse algum direito em pronunciar o nome dela. Mas o que me parece realmente condenável é o momento em que a entrevista foi ao ar. Depois do Bispo Edir Macedo encabeçar uma campanha contra a novela pelo culto a São Jorge, não me parece simples coinscidência eles colocarem no ar essa entrevista justamente em um momento em que a novela "Salve Jorge" passa por uma grave crise de audiência e críticas fortíssimas de todos os lados. Para mim, houve clara intenção de atingir e desestabilizar Glória Perez. O alvo deles não foi um furo jornalístico e muito menos o ibope, que lamentavelmente tiveram. O objetivo era atingir diretamente a autora. E para mim isso vai muito além de insensibilidade e frieza. É covardia.


Jeferson Cardoso respondeu:

Que absurdo. A Record respeitou e muito a autora. Quem não respeita é o fulano lá, com suas historinhas de anjo.


Rafael comentou:

A unica musica que me lembro da trilha internacional da maravilhosa Que Rei Sou Eu são as musicas Patience,do Guns n' Roses(por sinal a minha preferida), Bamboleo, do Gipsy Kings e outra musica do Freddie Mercury com Monserrat Cabalet, que foi tema da Rainha Valentine.

Gilmar JM comentou:

Concordo com o que você falou do Ibope tá mais que na hora de trocarem os infames aparelhinhos já que o Brasil é tão grande. E sobre Salve Jorge a novela deu uma melhorada, mas desde o início os atores que você citou estão sendo mal usados. Poderiam estar brilhando ou até mesmo sendo liberados para outras produções.

Veja também