O Planeta TV

"PASSIONE" E "RIBEIRÃO DO TEMPO": NOVELAS COM ERROS BANAIS!

Por: Jeferson Cardoso

"PASSIONE" E "RIBEIRÃO DO TEMPO": NOVELAS COM ERROS BANAIS!

Meus quereeeedos, tudo bem? Desculpe-me pela demora, mas segue o prometido. Passione e Ribeirão do Tempo são novelas com erros banais. Confira a lista, na minha modesta opinião:

Passione

- Silvio de Abreu não soube apresentar bem seus personagens. Os três primeiros capítulos tinham narrativa de minissérie.
- O comportamento de Diana causou rejeição. Como pode a "mocinha" ter relação com dois homens em uma mesma noite?
- O amor de Diana por Gerson não convenceu. Como pode um encontro relâmpago e frio resultar num casamento tão rápido? O público não é bobo!
- Afinal, quem é a mocinha? Tudo muito confuso! Novela sem mocinha não é novela! Mocinha precisa sofrer (nas mãos do(a) vilão(a),é claro!).
- O núcleo italiano é irritante, não dá para aguentar as falas de Tony Ramos e Aracy Balabaniann. É insuportável!
- Reinaldo Gianecchini como vilão não convence nem a sua mãe.
- A ingenuidade (de novo?) da personagem de Fernanda Montenegro é o cúmulo. Como pode aceitar uma procuração de um filho que ela se quer tem a prova que esteja vivo? O público não é burro!
- Cansou as repetitivas cenas de Maitê Proença, que durante 25 capítulos só soube trair o marido. Já entendemos o problema da personagem. Está na hora de agilizar este núcleo, bem como, o de Irene Ravachi e Francisco Couco (meros coadjuvantes até o momento).
- Irrita as cenas de Bruno Gagliasso e Gabriela Duarte (que por sinal está ótima). As situações são as mesmas em todos os capítulos!
- Cansam os cinco intervalos comerciais. Para variar, cada intervalo tem cinco – quase seis – minutos de duração! É dinheiro no bolso, mas audiência que é bom...

Ribeirão do Tempo

- Ausência de vilã ou vilão, o que hoje é a peça chave de uma novela.
- Jacqueline Lourence passará a novela inteira gravando em um único cenário?
- Repetições dos diálogos da Madamme Durrel, que insiste em dizer que está a procura do filho.
- Falta agilidade, presença marcante nas novelas da Record. Não que isto seja obrigatório, mas é isto que o público da Record gostaria de ver! Virou hábito!
- A cidade cenográfica é muito pouco explorada, uma vez que, só vem sendo utilizada para mostrar passagem de tempo.
- A abertura dá a impressão de que é uma "novela velha".
- No primeiro encontro, Filomena (Liliana Castro) se entrega a Tito (Ângelo Paes Leme). Acabou com a mocinha!
- A trilha sonora é estranha e trás a bem sucedida – e antiga – Cabecinha no ombro, que foi tema de Jorge Tadeu em Pedra Sobre Pedra (Globo/1993).
- Não gosto dos efeitos especiais utilizados. O diretor Edgard Mirand adotou o mesmo em Chamas da Vida, onde em cenas de adrenalina as imagens ficam tremidas.
- A demora para desenrolar alguns assuntos. Outro dia, um capítulo inteiro foi dedicado ao sequestro do prefeito Ari Jumento.

A audiência dessas duas novelas é vergonhosa, mas acredito em uma reviravolta. Como telespectador não estou preocupado com isto, mas como torcedor sim. Quanto à narrativa, meus quereeedos, esperava muito mais principalmente de Ribeirão do Tempo. Ou seja, estou frustrado. Fazer o quê não é mesmo? Como diria um ex-BBB: fazzzzz parrrrte!

Quanto aos acertos, seguem:

Passione

- Mariana Ximenes está espetacular. Assistiram à cena que Clara foi desmascarada? Se não, vejam! A melhor da novela até então!
- A parte mais engraçada fica por conta dos velhinhos interpretados por Leonardo Villar e Cleyde Yáconis. Um show à parte!
- Werner Schunemann vem surpreendendo. Considero o Saulo o grande vilão, uma vez que, Fred (Reinaldo Gianecchini) é um frangote. Sua interpretação é tão convincente que dá vontade de avançar na TV.
- Cauã Reymond, mais uma vez, se destaca. Na pele de Danilo, consegue deixar Rodrigo Lombardi e Marcelo Antony a ver navios. Danilo e Fátima (Bianca Bin) é o melhor casal da trama. Convenceu e agradou.

Ribeirão do Tempo

- Os textos de Marcílio Moraes e seus colaboradores são ótimos. A comédia vem se destacando!
- Excelente a química entre Bianca Rinaldi e Caio Junqueira. Uma pena que não têm destaque de protagonistas.
- Heitor Martinez mais uma vez se destaca. E anote: seu personagem vai crescer muito! Pode ser a grande salvação, já que os vilões dominam e é justamente o que falta nesta história!
- Victor Facchinetti (André) e Louíse D'Tuani (Sônia) chamam a atenção entre o núcleo jovem. Torço para que tenham muito destaque desbancando o núcleo de Tito, Filomena e Karina. O autor precisa deixar a trama mais jovem, não é mesmo?
- O prefeito Ari Jumento, interpretado por André de Biase, é a grande sensação. Suas cenas são hilárias e o autor vem utilizando o personagem para retratar a realidade da política brasileira.

Resumindo: Passione não tem mocinha definida e Ribeirão um vilão. Pode uma coisa desta? É pedir para traçar! E mais, novela que se preze precisa ter seus protagonistas definidos. Esse negócio de todos terem destaques não dá certo! Por fim, a ingenuidade tem ter certo limite!

É claro que Marcílio Moraes e Silvio de Abreu – após pesquisas com grupos de telespectadores – corrigirão os erros, mas precisava errar no óbvio?

No mais, permaneço a nota de 7 pontos à Passione, mas Ribeirão do Tempo cai para 6.

Fiquem tranquilos que não vou abrir mão dessas novelas e continuarei acompanhando até o último capítulo. Vamos torcer por uma reação, de audiência é claro!

Até a próxima!




Comentários (38) Postar Comentário

Lucas B. comentou:

Bem Jeferson concordo em tudo o que você escreveu principalmente em relação ao Gianecchini e a Mariana Ximenes, ele é terrivel um desastre um das piores interpretações de vilões que já vi, já ela está espetacular como eu esperava.

Jeferson e aquela novela das 7 que iria se passar num transatlantico, sai ou não sai? achei inovador pelo menos.

Resposta Jeferson: Esta foi cancelada a muito tempo, não tem acompanhado os noticiários? Rsrsrsrs.

rafael comentou:

pela 1ª vez concordo 100% com você, pois não tenho visto com frequência passione, mas o pouco que vi, é isso mesmo! só acompanho um pouquinho por causa de mariana ximenes. mas a novela é legalzinha... merece 8!

mudando de assunto...
a globo deveria produzir apenas duas novelas inéditas, acabar com malhação, continuar o vale a pena ver de novo (que é garantia de audiência com novelas que realmente deixaram saudade), produzir no máximo duas séries (essa história de seriado terça, quinta, sexta e domingo é cansativo). dramaturgia em excesso já ME cansou. produz pouco, mas produz tudo com qualidade.
tempos modernos é a pior novela de todos os tempos.

diego comentou:

Concordo com tudo que você falou Jeferson! Eu acho que para melhorar o horário a "sessão da tarde" devia vir antes do "vale a pena ver de novo, mas primeiro "malhção" depois a reprise de um grande sucesso e, logo, novela das 6. Assim puxaria audiência para todos os horários e "malhação" não sofreria tanta queda de audiência, pois não teria concorrência alguma. Falando sobre "Passione", é verdade as cenas estão muito repetitivas. A minha grande decepção é o Bruno, uma vez que o Berilo parece o Tarso, não esqueceram de avisar que a novela das Índias já acabou? O pior que ele é um bom ator, torço por ele. Em relação a mocinha, todos os autores falam que agora elas devem ser determinadas, não tão boazinhas, mas a Diana é uma falsa, nem se casou e já está chorando nos braços do outro, cara de pau tem limite. Para terminar, reinaldo gianecchini está péssimo mais uma vez, como ele consegue ficar tão elegante de uma hora para outra? Mariana Ximenes espetacular, quem viu somente a cena em que passeava com sua irmão no parque pensava que ela era a mocinha, ela sim é uma vilã que tem várias facetas. Jeferson, nos últimos dias está um tititi, falando que o verdadeiro pai de Totó é o pai do Fred, acha que tem possibilidade? acharia muito interessante. Por favor ressalte a Nathália Dill, eu adoro ela! e não vejo quase nada sobre essa grande atriz!

Sempre de olho no site!!!!!!!!!

Resposta Jeferson: Ainda não li sobre este tititi do pai do Totó. Você tem razão, Diana é falsa e merece sofrer. Não foi ela que se apaixonou e acreditou naquele amor repentino? Então, sofra quereeeeda! Rsrsrsrsrs.

Fábio Dias comentou:

:confuso21: É nada é perfeito né?

Os autores veteranos realmente perderam a mão, e estão deixando a desejar sempre, principalmente no começo das novelas que tem que mostrar mais genialidade!
Concordo com sua opinião, e o que todos estão comentando é que é tudo muito armado, tudo está dando muito certo aos vilões que acaba não convencendo!
Porém certos leigos gostam e consideram a novela a melhor desde Paraiso Tropical!
Nota 7!

Quanto a Ribeirão não posso comentar! NÃO ASSISTO! :confuso21:

Até a próxima!

João Pedro comentou:

Sobre Passione, concordo em alguns pontos... Mas, por exemplo, a história de Maitê que você diz estar no marasmo já está se desenvolvendo e de forma ágil. Irene Ravache e Francisco Cuoco são coadjuvantes! A história de Berilo (Bruno G.) deve começar a tomar novos contornos agora com o reencontro com Agostina. Agora... Os comerciais são realmente insuportáveis!!!!!

No mais, arrisco dizer que Passione está começando agora, pois as tramas estão começando a esquentar, como a da Maitê, a do Bruno Gagliasso, a de Diana, Gerson e cia. e também a do golpe contra Totó, que pra mim, ainda não aconteceu. Até agora, o destaque da novela é realmente a história da Fátima, a única que começou no primeiro capítulo. Passione parece ágil, mas não foi até agora. Vamos ver!

Alan Viana comentou:

Olá pessoal!!!

Vi que em alguns pontos estamos em sintonia (Jeff e eu!) com relação as impressões sobre PASSIONE e seus erros e acertos. Mas, na minha opinião, Silvio de Abreu apresentou bem sim os personagens, e a moçinha da história chama-se BETE GOUVEIA. Eu particularmente não aguento mais moçinhas insosas que sofrem a novela inteira nas mãos dos vilões, a moçinha de Carolina Dieckmann (inexpressiva) tem exatamente os moldes mais modernos das moçinhas, ela não se intimida, arma para desmascarar a vilã, não negligencia seus sentimentos, é uma pessoa com erros e acertos! Concordo que o amor relâmpago entre ela e Gerson não convence, mas dá pra perceber que esse casamento foi a forma encontrada pelo autor para desenvolver a trama que talvez seja a grande cartada da novela, que é esse mistério emcima do personagem de Anthony, que tá deixando todo mundo de cabelo em pé.Concordo que o núcleo Italiano é irritante, mas destaco a competencia de Tony e Aracy, esplendoroso! Essa questão da ingenuidade é só uma forma de observar as coisas, pois se não houver essa tal ingenuidade por parte de alguns personagens, não tem como a trama se desenvolver, se a BETE não aceitasse a procuração de Fred, como essa trama iria pra frente??? NÃO tem como, deve haver essas brechas, que nós telespectadores que não somos bobos nem nada, sabemos que são o cúmulo da ingenuidade, mas que são totalmente plausíveis para o desenvolvimento da novela. Até pq BETE como protagonista da novela deve sim ter uma certa ingenuidade, devido aos sentimentos a que a personagem está envolta. Eu acho essa trama meio chata (a mãe que não sabe que tinha um filho vivo, e blá blá blá) Mas, as cenas dos capítulos de sexta e sábado passado, deixaram claro o drama de Bete Gouveia e Toto Matolli, tornando explícito que os protagonistas da trama são eles dois. As cenas de Maitê realmente cansaram, mas a coisa já mudou Jeff Quereeeedo, ou vc não viu a novela esse fim de semana??? A dondoca muito bem interpretada por Maitê está apaixonada por Agnello (Daniel Oliveira), e a trama começa a ganhar outro viés, e pra quem deu uma lida nos capítulos dos proximos dias, sabe que a coisa vai ganhar mais pano!!! Tbm fico irritado com as cenas de Gagliasso, ele definitivamente não está bem, e está sendo engolido por uma inspiradíssima GABRIELA DUARTE e outra LEANDRA LEAL. O personagem é chato, merece um desdobramento neste nucleo. Quero ver Cuoco e Ravache brilhando mais, eles vão morar no Jardim América??? Tomara. Essa semana ele e Bete vão se reencontrar... Bapho!

Agora vou falar da delícia que é assistir MARIANA XIMENES dando baile em PASSIONE ao lado de Dayse Lucidi, e seu nucleo, gosto de mais daquelas cenas pesadas entre avó e neta. Clara vai se envolver com Danilo de Cauã Reymond que está bem no personagem, mas não melhor (na minha opinião) que Rodrigo Lombardi! Palmas cheias de intusiasmo para Cleyde Yáconis, Leonardo Villar, Elias Gleiser, Bianca Bin, Larissa Maciel, Vera Holtz e Werner Schunemann, que é o verdadeiro vilão dessa novela, ignorante, falso, maldoso, mal educado, tudo de ruim!!!

Acredito que o assassinato que o autor prometeu para o capítulo 100 será o de Fred Lobato (Gianecchini), tem muita gente com ódio dele na novela, e essa lista só tende a aumentar, qndo Totó descobrir suas pilantragens.., Acho que o personagem morre. E assim teremos um vilão bem definido SAULO GOUVEIA, uma anti heroína (pois não considero a personagem de Mari Ximenes totalmente vilã, ela ama a irmã Kelly, é uma personagem muito rica e intrigante) CLARA. E diante da cena que vi sexta entre Gerson e Melina em que ele a humilha com relação a Mauro, senti uma ponta enorme de Maldade no diálogo e no fundo musical, acredito que o mistério que o ronda com relação ao computador, revelará uma faceta vilanesca no personagem, eu torço pra que isso aconteça, no mais tô adorando PASSIONE, e achando muito ingratos os números no ibope.

NÃO VEJO RIBEIRÃO... Bjo, Me liga!

ronaldo comentou:

jeff, a protagonista de #Passione nao é a bete, fernanda montenegro?

Resposta Jeferson: É? Se sim, precisa arrumar outra. Abs.

Pedro Henrique de Andrade comentou:

naum assisto ribeirão do tempo. Passione é uma novela muito irreal,como voçe disse os personagens ingenuos demais e as falas italianas muito insuportáveis!!! E o que preocupa a gente,é que tem muitos,muitos atores e atrizes renomados,ótimos, pra uma audiencia péssima,pífia,medonha, pior até que viver a vida,mais acho sim que silvio de abreu tem e muita qualidade e vai inverter este quadro,e fazer com que passione vire a PAIXÃO dos brasileiros vai fazer com que todo mundo fique de olho aberto na t.v e virar um grande,enorme ,estrondo sucesso!!!! :comemorando1:

Bruno comentou:

Jeferson, por favor responda essa: Se Carolina é a mocinha da história e, portanto, a protagonista da novela, porque Mariana Ximenes tem seu nome creditado antes do dela na abertura da novela?

Eu não estou reclamando, pois enquanto Mariana brilha e é uma atriz de verdade, Carolina consegue passar toda sua antipatia para a personagem. Falo isso pq é um caso inédito, onde a vilã é creditada na abertura antes da mocinha.

Resposta Jeferson: Bruno, meu quereedo, eu não sei quem é mocinha é justamente isto que questiono na crítica. Protagonista é a Bete, mas a mocinha tudo indica que seja a Diana, mas isto não está claro. Um erro!

Bruno Freitas comentou:

PASSIONE
A novela está repetitiva mesmo, a duração dos intervalos me irrita e são muitos.. não estou gostando da atuação do Gianecchini, está péssimo.. o núcleo italiano prefiro não comentar.. também não gosto muito do comportamento da Diana, mas gosto dela, porque ela não é boba! Chega de moçinhas bobinhas demais!
Gabriela Duarte está dando um show, estou adorando, o "frangolone" dela ta pegando, estou ouvindo muita gente dizendo isso por aí! ;D
Leonardo Villar e Cleyde Yáconis, morrode rir com eles, são bem engraçados! rs
O Cauã Reymond está mandando super bem e Bianca Bin está surpreendendo a todos, dando um show, com toda certeza eles são o melhor casal da novela!

A melhor novela atualmente! ;D

Veja também