O Planeta TV

Rock in Rio na Globo: Nyvi Estephan estreia na transmissão

Transmissões ao vivo, conectividade e ações de realidade virtual dão o tom da participação das Empresas Globo no evento.

por Redação, em 22/09/2019

Foto: Globo/Victor Pollak

Grandes nomes do cenário musical mundial passarão pela tela da Globo a partir do dia 27, durante os sete dias do Rock in Rio, maior festival de música e entretenimento do mundo, com uma cobertura especial. Esse ano, uma estreante no comando da transmissão: Nyvi Estephan, que tem um quadro de e-sports no ‘Esporte Espetacular’, o ‘Start’, agora passa a comandar também a apresentação dos destaques do evento. A expectativa para a nova experiência, segundo ela, está altíssima. “O Rock in Rio é um evento que eu adoro e representá-lo pela Globo é uma honra gigantesca. Estou muito feliz”, conta a apresentadora que, além de ser muito familiarizada com grandes eventos de games, tem uma relação intensa com a música desde muito nova. “Desde criança sou conectada. Meu pai era músico erudito e eu sempre gostei de rock. Minha vida é regida por trilhas sonoras e, além de rock, gosto de jazz, blues, MPB e hard rock”, detalha a apresentadora, que toca piano e percussão. Esta, no entanto, não será a primeira experiência de Nyvi com o Rock in Rio. Em 2017, ela apresentou a Game XP, evento de games realizado simultaneamente ao festival de música. “Foi uma experiência muito interessante, porque eu conseguia acompanhar tudo o que acontecia no parque. Assim que terminava a Game XP, eu corria para curtir o restante do evento e assistir aos shows”, recorda.

De 27 a 29 de setembro e de 03 a 06 de outubro, Nyvi comanda a transmissão dos shows, mostrando as grandes apresentações e os destaques do palco Mundo e do palco Sunset. Na quinta e às sextas os shows serão exibidos depois do ‘Conversa com Bial’. Aos sábados, a transmissão começa após o ‘Altas Horas’ e, aos domingos, depois de ‘Domingo Maior’. A transmissão ‘Rock in Rio’ na Globo tem direção artística de LP Simonetti e direção geral de Mario Meirelles.

No Jornalismo da Globo, a largada para a cobertura especial acontece já nesta sexta-feira. No RJ1 estreia uma série de reportagens que tem como gancho o Espaço Favela, do Festival. O RJ conta história de artistas das favelas do Rio de Janeiro em quatro episódios. MC Xamã, o pianista Jonathan Ferr, a cantora Malía, e o Nós do Morro cotam sua trajetória artística e suas histórias de vida. Além da cobertura factual, todos os telejornais, local e de rede, contarão com matérias especiais sobre o maior festival de música do mundo.

O Gshow vai marcar presença na área VIP do festival, mostrando as tendências de moda e lifestyle dos famosos que passarem por lá. Cobertura em tempo real no portal e nas redes sociais.

Já o Multishow vai transmitir em tempo real todos os shows dos Palcos Mundo e Sunset. O Canal Bis, que estreia este ano no festival, vai acompanhar as atrações do New Dance Order, nova área dedicada a grandes nomes da música eletrônica, e mostrar a experiência de diversos espaços da Cidade do Rock, como a Arena Games, Espaço Favela, Rota 85 e Rock Street Asia. Os canais terão um time de 26 apresentadores que vão mostrar tudo o que estiver acontecendo nos palcos e em toda a Cidade do Rock durante os sete dias de festival. O Multishow traz de volta o Glass Studio, seu estúdio panorâmico de vidro, localizado de frente para o Palco Mundo e de onde acontecem as lives nos canais Música Multishow e Humor Multishow, no YouTube. O espaço, que tem três andares, também vai testar o conhecimento musical do público que estiver presente na Cidade do Rock, com o game “Disco de Vinil” - ativação de marca do Multishow no festival. O local terá ainda um rooftop com vista privilegiada para receber parceiros.

Foto: Globo/Victor Pollak

O estande da Globo e do Globoplay, ao lado do Glass Studio do Multishow, vai oferecer ao público do maior festival de música do planeta uma experiência digital, imersiva e multitelas. Com três andares, no térreo vai estar a garra humana, uma releitura do famoso jogo com joystick em que, nesta versão, os participantes, com equipamentos de segurança, serão içados por um cabo para “pescarem” seus próprios brindes. O espaço também vai contar com estações de VR e, através de câmeras 360º, o público poderá assistir aos shows do Palco Mundo como se estivesse ali, praticamente ao lado do ídolo. E, ainda, exibições em 8K e HDR. Um espaço reservado para convidados contará, ainda, com áudio imersivo, com mixagem em tempo real do Palco Mundo. E o público vai poder acompanhar a movimentação do estande nas redes sociais pela hashtag #GloboplaynoRockinRio.

Na infraestrutura técnica para cobertura do maior festival de música do Brasil, conectividade é a palavra de ordem. Por meio de tecnologia IP, 92 sinais que serão gerados – dentre eles, 25 pontos de reportagem – vão ser interconectados através de uma rede de fibra ótica interna ao Parque Olímpico, garantindo uma cobertura dinâmica e flexível, tanto na TV aberta quanto no Multishow. Além deste investimento desenvolvido pelo Grupo Globo ao longo dos últimos anos, a conectividade existente até a sede da Globosat permitirá a produção remota do palco New Dance Order com nove sinais de câmera, garantindo mais eficiência e produtividade na cobertura que o assinante acompanhará pelo canal BIS.



Publicidade

Comentários (1) Postar Comentário

rafael gaucho comentou:

nem me interessa esses lixos de hoje o que me interessa é assistir essa gatinha linda....

Veja também

Publicidade