O Planeta TV

"Domingo Legal" dispara na audiência e bate recorde em 2019

Celso Portiolli é o apresentador da atração do SBT.

por Redação, em 21/10/2019

Celso Portiolli. Foto: Reprodução/SBT

No último domingo, dia 20/10, a atração do SBT apresentada por Celso Portiolli superou duas atrações concorrentes e conquistou a primeira colocação.

No horário em que foi ao ar simultaneamente com o programa esportivo da emissora segunda colocada, das 11h00 às 12h46, a atração do SBT registrou 10,5 pontos de média contra 9,2 e conquistou a primeira colocação.

Durante o confronto com o programa humorístico da emissora concorrente (A Escolinha dos Professor Raimundo/Globo), das 12h46 às 13h46, a atração do SBT marcou 12,2 pontos de média contra 11,4 e garantiu a liderança isolada.

Na média geral, das 11h00 às 15h14, o “Domingo Legal” registrou 10,8 pontos de média, 22,8% de share e 13 pontos de pico. A última vez em que a atração registrou uma média superior foi no dia 6 de setembro de 2009, quando marcou 11,2 pontos de média.

Na mesma faixa horária a emissora terceira colocada (Domingo Show/RecordTV) ficou com 4,2 pontos de média com um programa do mesmo segmento.

Fonte: IBOPE / MW - Praça São Paulo

*Com informações da assessoria de imprensa do SBT.



Publicidade

Comentários (4) Postar Comentário

Andreia comentou:

Que bom o Celso merece todo sucesso que está fazendo o programa tá ótimo achou o caminho certo parabéns.....


Adalberto respondeu:

Concordo.



Eu.Com respondeu:

Estou feliz!!!! Assisti a Escolinha (eu gosto, podem me julgar rsrsrs) mas ele merece: é carismático


Marília comentou:

Ele é espetacular!

Mario comentou:

Isso é bom, apesar de nao gostar muito dos quadros, acho legal
que um programa leve e de games dê tanta audiencia. Parabens
ao celso e ao sbt e invistam cada vez mais no filão, trazendo
novidades pro ano que vem, mas sem voltar ao foco no dramalhao
e chororô em que a Record vive mergulhada.

Helio comentou:

Nao entendo como alguem pode assistir ao sbt.uma emissora que nao muda e tem uma programação pobre

Veja também

Publicidade