O Planeta TV

Vida real: Tiroteios nas gravações da novela "Luz do Sol"

por jeferson, em 12/09/2007

Na tarde de terça-feira (11), o arquiteto argentino Gustavo Antonio Brunetta, de 53 anos, foi assassinado durante um assalto, quando saía da obra em que trabalhava, no Recreio dos Bandeirantes, Zona Oeste do Rio. Próximo ao local do incidente, havia uma gravação externa da novela Luz do Sol. Resultado: um segurança da emissora foi ferido de raspão.

Segundo testemunhas, os bandidos teriam feito o primeiro disparo quando o arquiteto ainda estava dentro de seu carro, um Kadett preto. Ele teria saído cambaleando do veículo, quando recebeu outro tiro. Os bandidos entraram no carro do arquiteto e fugiram. Policiais que faziam o patrulhamento nas imediações, iniciaram uma perseguição, com troca de tiros.
Na Rua Albert Sabin, os bandidos perderam a direção e bateram numa árvore.

Perto dali, acontecia a gravação de Luz do Sol, novela das 19h da Record. Os dois fugitivos se misturaram aos atores e à equipe de produção e atiraram contra os policiais. Os funcionários da emissora se jogaram no chão, tentando se esquivar dos tiros. Um segurança tentou intervir e foi ferido de raspão na cabeça. Medicado, ele já está em casa e passa bem. Os bandidos fugiram, ilesos.





Comentários (0) Postar Comentário

Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro!

Veja também