O Planeta TV

A Lei do Amor: Ciro será condenado a 12 anos de prisão

Os momentos finais da novela das nove da Globo.

por Redação, em 16/03/2017

Thiago Lacerda em cena de A Lei do Amor (Globo)

Nos últimos capítulos de A Lei do Amor, Ciro (Thiago Lacerda) pagará pelos crimes que cometeu. O personagem será julgado e condenado a 12 anos de prisão.

Acompanhado de Silvia (Regina Braga), Yara (Emanuelle Araújo) e Olavo (Tato Gabus Mendes), Ciro tentará se defender diante da juíza e do promotor. Mas acabará assumindo seus crimes, e dirá para as autoridades que foi ele quem encomendou, a mando de Magnólia (Vera Holtz), o assassinato, tanto de Suzana (Gabriela Duarte) quanto de Fausto (Tarcísio Meira).

A juíza dará a sentença: "O Conselho de Sentença reconheceu que o réu Ciro Noronha praticou homicídio qualificado por motivo torpe de Suzana Rivera e o homicídio tentado qualificado por motivo torpe de Fausto Leitão, crimes previstos no artigo 121 do Código Penal. Da mesma forma, o Conselho de Sentença reconheceu que o réu confessou espontaneamente, perante a autoridade, a autoria dos crimes, beneficiando-se assim da redução de pena prevista no artigo 65 do Código Penal. Eu, juíza Carolina Giardino, sentencio o réu Ciro Noronha à pena de 12 anos de reclusão, a ser cumprida inicialmente em regime fechado".

"Doze anos, Olavo! Doze anos!", reagirá Ciro, chocado. "E não compensa recorrer. Em cinco anos, você progride pro semiaberto. Se trabalhar na cadeia, progride mais rápido", explicará Olavo. "Meu filho, a gente vai te visitar, viu?", tranquilizará Silvia.

O último capítulo de A Lei do Amor irá ao ar no dia 31 de março, numa sexta-feira.




Comentários (0) Postar Comentário

Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro!

Veja também