O Planeta TV

Minissérie: Dalva e Herivelto estreia hoje na Globo

por jeferson, em 04/01/2010

Minissérie: Dalva e Herivelto estreia hoje na Globo

Hoje, às 22h, após Viver a Vida, a Rede Globo exibirá o primeiro capítulo da minissérie "Dalva e Herivelto – Uma Canção de Amor".

A trama protagonizada por Adriana Esteves e Fábio Assunção leva a assinatura de Maria Adelaide Amaral e tem direção de Dennis Carvalho.

A história

Quem acompanhar a minissérie Dalva e Herivelto, que estreia hoje, logo após a novela Viver a Vida, verá que não eram poucos os problemas entre o casal. Ou melhor, não eram poucas as mulheres com quem Herivelto se envolvia e das quais Dalva morria de ciúme. Foram 13 anos de relacionamento, marcados pela música do Trio de Ouro, por diversos casos extraconjugais de Herivelto e por um desfecho que escancarou a intimidade dos dois nos jornais.

Sucesso do rádio nas décadas de 1930 e 1940, o cantor será vivido por Fábio Assunção, enquanto Maria Fernanda Cândido e Ellen Roche encarnarão algumas de suas amantes. Enquanto a loira interpretou a corista Estela, personagem fictícia que representa as mulheres com as quais o bonitão flertou, a morena teve maior importância, como mostra a versão de Maria Adelaide Amaral da história dos dois.

Na trama, Herivelto conhece Lurdes, personagem de Maria Fernanda, e se encanta por ela. A jovem era uma aeromoça linda, filha de uma tradicional família gaúcha. Para ela, o cantor fez serenatas, compôs canções e escreveu cartas de amor. Apaixonado, terminou o casamento com Dalva, que teve muita dificuldade em aceitar o fim do relacionamento.

Mas a nova amada fez com que Herivelto se dedicasse mais aos filhos do primeiro casamento e chegou até a conquistar a amizade de Dalva. “A Lurdes tinha um coração generoso. Ela começou a agregar muito a essa família e tinha uma atitude que eu acho maravilhosa”, fala Maria Fernanda. “É o primeiro personagem real que faço, e isso é diferente porque tem de fato uma história, uma pessoa que existiu. As joias que uso, por exemplo, são dela. Sei até o perfume que ela usava”, completa.

Ellen também está satisfeita com o seu trabalho. “Foi muito legal gravar com esse elenco ótimo. Além de poder conhecer um pouco mais da história dos cantores, que é muito interessante”.

Apesar de Herivelto ter sido sempre galanteador, Assunção conta que com nenhuma mulher - nem com Dalva nem com as amantes- ele teve uma relação como a que viveu com Lurdes. “Tive a sensação de que ela era uma mulher mais calma, mais amorosa, mais tranquila. E a Lurdes foi importante para a vida dele, eles ficaram casados 44 anos. As cenas com a Maria Fernanda eu fiz mais romântico, mais amoroso, mais tranquilo”, conta.





Comentários (0) Postar Comentário

Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro!

Veja também