O Planeta TV

Marcos Winter viverá político honesto em "Duas Caras"

por jeferson, em 08/09/2007

Marcos Winter viverá político honesto em "Duas Caras"

Marcos Winter vai representar na TV um personagem bastante raro. O ator interpreta o judeu Narciso, um político honesto e protetor das massas populares, na novela Duas Caras, que substituirá Paraíso Tropical na Globo.

Na história, o deputado estadual é um grande amigo de Juvenal, interpretado por Antônio Fagundes. É ele quem ajuda o líder da comunidade da Portelinha, favela fictícia do folhetim, a lutar por seus direitos e defender os moradores do local.

Para Marcos, a possibilidade de interpretar um deputado que desempenha sua função com honestidade e responsabilidade é um dos maiores atrativos desse trabalho. "As pessoas já estão acostumadas com histórias de corrupção e falcatruas no cenário político. Acho bacana usar um meio de comunicação para mostrar que isso pode ser diferente", avalia.

A novela de Aguinaldo Silva é dividida em duas fases e Marcos participa de ambas. Na primeira, Narciso trabalha na Secretaria de Ação Social do Rio e começa a ajudar o grupo que vai formar a favela.

Na história, empresários de uma grande obra abrem falência e resolvem expulsar os peões sem o pagamento de seus salários. Juvenal, o chefe da segurança, não aceita a atitude e, ao lado dos colegas, monta um acampamento em um terreno ao lado do buraco da obra.

Com o passar do tempo a comunidade vai crescendo e se transforma na Portelinha, que é inspirada na Cidade de Deus, localizada em Jacarepaguá, Zona Oeste do Rio. Na segunda fase, além de continuar com seu apoio aos moradores da favela, Narciso tentará ajudar a protagonista Maria Paula, vivida por Marjorie Estiano, que vai se mudar para o local.

"A maior parte das cenas que já gravei foram com o Antônio e a Marjorie", diz ele, que para interpretar o personagem ficou louro e colocou lentes de contato azuis. "Isso marca o contraste entre Narciso e os personagens dos núcleos onde ele tem ação", explica.

Discutir sobre política na tevê não vai ser difícil para Marcos. Nascido e criado na periferia de São Paulo, o ator usa parte de seu tempo livre para se dedicar aos projetos de sua ONG, Movimento Humanos Direitos.

A organização foi criada em 2003, mas a vontade de fazer um trabalho social já era antiga. Desde que Marcos conseguiu trocar o emprego em uma fábrica - onde começou a trabalhar aos 10 anos de idade - pela profissão de ator, decidiu tentar ajudar outras pessoas.

"Eu trabalhava e estudava. Aos 17, com esforço, consegui entrar na universidade no curso de Artes Cênicas. Nessa mesma época comecei a fazer teatro", lembra.

O objetivo da ONG é combater o trabalho escravo e os abusos praticados contra crianças e adolescentes, além de defender o meio ambiente e os povos indígenas. Em grande parte, tais atividades servem como uma espécie de laboratório para o personagem em Duas Caras.

Depois de quatro anos, Duas Caras também marca o retorno de Marcos Winter às novelas da Globo. O ator, que permaneceu como contratado da emissora durante 16 anos, integrou o elenco de Essas Mulheres, da Record, em 2005, além de participar da série Avassaladoras. Marcos chegou a fazer participações especiais em Pé na Jaca e na minissérie Amazônia - De Galvez a Chico Mendes, mas seu último personagem fixo em um folhetim da emissora foi em Agora É Que São Elas, em 2003.

O convite, segundo o autor, partiu tanto do diretor quanto do ator. "Estou curtindo muito. Essa é a segunda vez que eu trabalho com o Aguinaldo e com o Wolf, mas nunca trabalhei com os dois juntos", revela ele, que fez a A Indomada e Fera Ferida, de Aguinaldo, e foi dirigido por Wolf em Pecado Capital e na minissérie Desejo, seu segundo trabalho na televisão.

Duas Caras tem previsão de estréia para o dia 1º de outubro, às 22 horas, na Globo.

Fonte: O Dia





Comentários (0) Postar Comentário

Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro!

Veja também