O Planeta TV

Em busca de audiência, "Água na Boca" entra em fase mais dramática

por jeferson, em 18/06/2008

Em busca de audiência, "Água na Boca" entra em fase mais dramática

Um incêndio e a perda do patriarca da família. Essas são algumas das novidades, que marcam uma nova fase na novela Água na Boca, a partir da próxima segunda-feira (23), às 20h15, na Bandeirantes. A trama, escrita por Marcos Lazarini, passa a ter ares mais dramáticos, a partir do incêndio da pizzaria.

Orientado pelo vilão Alex (Alexandre Barros), o mau caráter Gianini (João Bourbonnais) vai atear fogo à pizzaria Mamma Mia. O objetivo do vilão é jogar Bellinis contra Cassoulets, já que os franceses do outro lado do Largo do Lourenço serão os principais suspeitos de terem encomendado o incêndio criminoso.

A destruição, quase total da pizzaria, vai culminar na repentina morte de Paolo (Carl Schumacher), que não agüentará ver tamanho desastre e sofrerá um infarto fulminante.

Na noite da tragédia, os protagonistas Luca (Caetano O’Maihlan) e Dani (Rosanne Mulholland) estarão prestes a casar. Mas, na hora de dizer o tradicional sim, Luca será surpreendido pela notícia do fogo na pizzaria e terá que sair correndo, antes de assinar os papéis do casório.

A morte de Paolo também fará mais do que acirrar o confronto entre as duas famílias, já que Luca culpará Françoise (Jacqueline Laurence), a avó de Dani, pelo incêndio. O peso da tragédia será demais para o casal, que vai se separar, definitivamente.

Alex poderá, então, se reaproximar de Dani e o caminho ficará livre para a vilã Érika (Marisol Ribeiro), que quer Luca para si e pretende conquistá-lo, custe o que custar.

De acordo com o diretor Del Rangel, a mudança na história foi um pedido do público.

A partir do dia 23 de junho, a matriarca dos Bellini, Maria (Berta Zemel) começa a desenvolver os primeiros sintomas do Mal de Alzheimer, pois o choque causado pelo incêndio e a morte do filho serão demais para ela.

Maria não lembrará de nada do que aconteceu. Ela continuará achando que o filho está vivo e a pizzaria, funcionando.

Com a morte de Paolo, a viúva Manoela (Regina Remencius), que sempre esteve à sombra do marido e do filho, ficará mais independente e tentará tomar as rédeas de sua vida. Ela vai voltar a estudar, no cursinho que o filho Carlo (Celso Bernini) freqüenta, e viverá um surpreendente novo amor.

Outras histórias que vão ganhar destaque, em Água na Boca, envolvem a revelação de que Severino (Cláudio Jaborandy) tem muito dinheiro guardado e ainda esconde uma ligação com o passado da família Bellini.

Akemi (Juliana Kamentani) ficará grávida de Carlo, e o tema da gravidez na adolescência será abordado; o verdadeiro pai de Akemi surgirá para atormentar a mãe dela, Keiko (Eda Nagayama); Cido (Henrique Pagnoncelli) e Guta (Elaine Mickely) vão deixar de ser ricos, pois ele perderá dinheiro no jogo.

O filho deles, Reizinho (Gustavo Duque), se juntará à Mari (Rayana Carvalho) e os dois formarão um perigoso casal de jovens trambiqueiros.

Créditos: Tânia Ribeira





Comentários (0) Postar Comentário

Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro!

Veja também