O Planeta TV

Maria Júlia Coutinho deve se tornar garota do tempo na Globo

Repórter de São Paulo seria primeira garota do tempo negra.

por Victor Rezende, em 28/09/2013

A jornalista Maria Júlia Coutinho, repórter da Globo em São Paulo, se tornará a primeira garota do tempo negra da televisão brasileira. Ela está sendo treinada para assumir a função e já começou a gravar pilotos nos estúdios da emissora na capital paulista.

De acordo com o jornalista Daniel Castro, a "vaga" de repórter do tempo ficou vaga após o deslocamento de Flávia Freire para a apresentação do "Bem Estar" durante a licença-maternidade de Mariana Ferrão. Com isso, Michelle Loreto tornou-se a principal garota do tempo, seguida de Eliana Marques e Izabella Camargo.

Maria Júlia deverá começar a apresentar o tempo nos telejornais locais de São Paulo, mas deve apresentar a previsão eventualmente nos telejornais de rede, como "Jornal Hoje" e "Jornal Nacional".


Gostou? Então compartilhe com seus amigos:

Comentários (6)
+ Postar comentário

Wanda Ribeiro comentou:

Posso dizer uma coisa pra vocês? "Vamos parar com essa história de "primeiro negro", " primeira negra"? Que coisa! Olhem, sou de cor branca e não consigo entender a importância de ter que frisar a palavra "negra" quando se referem a alguma mudança nos acontecimentos. A manchete seria, simplesmente, assim: A jornalista Maria Julia Coutinho é a nova garota do tempo da televisão brasileira. Fim de papo. Isto é não ter nenhum preconceito racial.


Val Leite E. Santos comentou:

Concordo com você Wanda, Parece até que negro é um ser de outro planeta. A moça deve ser observada pela capacidade que com certeza é dotada.


Moisés comentou:

Show de bola. Até porque ela é gata. rsrsrsrsrsrs. Garota do tempo no geral é bonita e, para isso, independe da cor.


rafael comentou:

a questão é que nesse país sempre e sempre existem cotas para pessoas de cor branca por as mesmas se enquadrarem nos padrões de beleza e fico indignado que isso não irrita ninguém!! todo mundo acha normal!! quando uma reportagem fala a primeira negra as pessoa começam a criticar!! mas tem que falar mesmo é a primeira negra pois isso não deixa de ser uma denúncia de racismo existente nesse pais!! ora ... branco tem cota para tanta coisa, alias cotas visiveis aos olhos de muitos e invisiveis a pessoas que querem que a situação fique a mesma, por que quando um negro tem uma pequena chance, uma unica vez tem algum tipo de vantagem de cota sejam nas universidades as pessoas começam a apedrejar!! mas ninguem apedreja as novelas (maioria brancos), empregados do setor privado (maioria brancos),,,, e etc.... isso não deixa de ser cota!!! tem que falar sim primeira negra se não teve ate agora outra negra esse racismo destrutivo desse país impediu isso até agora!! parabéns maria julia coutinho


Bia comentou:

Triste ainda ficarmos surpresos quando algum negro assume um posto de destaque. Cultura que ainda continua sendo propagada pelas novelas da mesma emissora principalmente as de horário nobre, na anterior Amor a vida tivemos a única negra da novela premiada com o papel de enfermeira aidética e agora na sucessora temos uma negra empregada estuprada por um negro, uma outra negra empregada que namora um negro, casal este flagrado na cama dos proprietários da casa com uma conduta que condiz com a condição dos mesmos "negros" e agora uma branca vai comprar a filha do negrinho porque eles são assim compráveis....simplesmente lamentável.


Wando Macedo comentou:

e isso ai amaria julia transfere simpatia e competencia


Veja também