O Planeta TV

Com beijo gay, último capítulo de Amor à Vida quebra tabu na Globo

Na prévia do ibope, o folhetim não supera seu recorde de audiência.

por Redação, em 31/01/2014

O último capítulo de Amor à Vida foi marcado pela tradicional sequência de casamentos, nascimentos e finais felizes, punição para os bandidos, e o tão esperado beijo entre dois homens. A vilã Aline (Vanessa Giácomo), por exemplo, morreu após tentar fugir da cadeia.

No início do capítulo, Pilar (Susana Vieira) assumiu ser a responsável pela morte da mãe de Aline. A matriarca da família Khoury confessou que mandou cortar os freios do carro onde viajavam Mariah (Lúcia Veríssimo) e a mãe de Aline, que morreu no acidente. Ela explicou que cometeu o crime motivada por ciúmes, já que havia descoberto que Paloma (Paolla Oliveira) não era adotada, e sim filha de César com Mariah.

Um dos maiores mistérios do final da novela, o tão esperado beijo gay entre Félix (Mateus Solano) e Niko (Thiago Fragoso), foi levado ao ar. A trama entra para a história como a primeira novela da Globo a exibir um longo beijo entre dois homens. Durante a semana, foi criada até campanha na web pelo beijo e a própria Globo tirou vantagem do suspense para promover a última semana do folhetim.

Já a última cena da novela envolveu Mateus Solano e Antônio Fagundes foi uma das mais emocionantes. Pai e filho sentaram-se vendo o pôr do sol na praia e declararam o amor um para com o outro. Os dois encerraram a novela e mostraram ser os verdadeiros protagonistas da trama, espantando Paolla Oliveira e Malvino Salvador.

Outros desfechos: Paulinha (Klara Castanho) e Félix ficaram amigos; Bruno (Malvino Salvador) e Paloma (Paolla Oliveira) casaram e tiveram um filho; César (Antonio Fagundes) tem AVC e termina sob os cuidados de Félix; e Márcia (Elizabeth Savalla) finalmente subiu ao altar com Atílio (Luis Melo).

A audiência

De acordo com a aferição preliminar do Ibope, o último capítulo da novela, exibido das 21h12 às 23h17, não superou o recorde de audiência, de 48 pontos. O capítulo final registrou uma média de 45 pontos, e picos de 49. Cada ponto equivale a 65 mil domicílios na Grande São Paulo.

"Amor à Vida" chega ao fim com 221 capítulos, a novela mais longa das 21h desde "Passione" (209 capítulos), em 2011. A audiência oscilou bastante durante os oito meses em que ficou no ar. Sua média geral, de acordo com o Ibope apurado na Grande São Paulo, foi de 36 pontos, superando a antecessora, "Salve Jorge" (34 pontos).


Gostou? Então compartilhe com seus amigos:

Comentários (8)
+ Postar comentário

Gilmar JM comentou:

Parabéns Walcyr e parabéns à nova direção da Globo pela coragem. Esse tabu precisava ser quebrado. O beijo foi sublime, natural. Tenho certeza de que ninguém morreu do coração por causa dele.


Leo comentou:

CORREÇÃO: a média foi de 35,6 e não 35,5...


Dorinho comentou:

Foi só um selinho. Mas já é um avanço, aos poucos vai se quebrando um tabu, a exemplo do que ocorreu nos anos 70, onde o divórcio ainda causava "escândalo".


Lúcio Mário de Souza comentou:

Novela que ficará marcada para sempre, Walcyr, nos resolveu justificar o título de sua trama no ultimo capítulo... FINALMENTE!


Diego comentou:

Depois de 11 anos com essa saga do beijo gay a globo cria coragem em exibir, tudo começou em mulheres apaixonadas com a personagem lesbica de aline moraes, nao deu certo ai vai para senhora do destino com leonor e jennifer, ai denovo nao da certo ai vai pra america com o personagem do gagliasso, gravada mas censurada entao se passa os anos com a saga ate q chega walcyr, matheus e thiago e lançam a cena polemica, agora vamos ver se na proxima vao colocar a antonelle e a miller em cenas de beijo, sera q a globo vai ter coragem denovo e agora com duas mulheres?


Beatrz comentou:

A novela pode ter se perdido no meio do caminho, mas o final valeu muito. A última cena, meu Deus, que perfeição, que delicadeza.Parabéns Walcyr e toda a direção envolvida. Esse pequeno beijo significou um grande avanço contra essa sociedade ainda homofóbica e preconceituosa.


eu comentou:

è isso que as tv brasileira, ensina, as pessoas, pouca vegonha na cara, vao procurar o que fazer e nao influenciar essas lesera, O homem foi feito pra mulher e nao homem com homem.


m comentou:

Amei o final, A globo está de parabéns,


Veja também