O Planeta TV

'A Favorita': Mariana engravida e deixa o pai louco

por jeferson, em 19/08/2008

'A Favorita': Mariana engravida e deixa o pai louco

Prestes a encarnar o drama de uma mãe adolescente em ‘A Favorita’, a atriz Clarice Falcão pode se dar ao luxo de dispensar um diretor como seu pai, João Falcão. No momento mais dramático de Mariana, sua personagem, que irá engravidar de um homem cuja identidade não é revelada de imediato, a jovem tem dado preferência às dicas de Ricardo Waddington, diretor-geral da novela das oito.

“Comentários dentro de casa, eu ouço muitos do meu pai e da minha mãe (Adriana Falcão escritora e roteirista), que estão adorando a trama. Mas, na hora de gravar, tento me concentrar no texto e no que o Ricardo diz para não ficar atrapalhada, ou com muita informação”, revela Clarice, que aos 18 anos já cantou na trilha sonora do filme ‘Lisbela e o Prisioneiro’, e é autora de ‘Laços’, primeiro lugar em um concurso mundial de curta-metragens neste ano.

Mas, diferentemente de Mariana, Clarice jura que sua maturidade pára por aí. “A única coisa que temos parecida é uma certa ironia, mas minha personagem é muito mais barraqueira, se impõe muito mais do que eu, que sou uma mosca morta”, brinca ela, que no entanto ainda desconhece os caminhos que a filha mais velha de Catarina (Lilia Cabral) e Leonardo (Jackson Antunes) irá trilhar por conta da gravidez precoce.

“Desde o início sabia que ela ia engravidar. Imagino que a relação dela com a Catarina vai melhorar por causa do instinto maternal. Mas, com o pai, a princípio, a convivência continua bem complicada. Quando sabe da notícia, ele fica enlouquecido”, diz ela, referindo-se ao fato de ele tentar expulsá-la de casa, mas será impedido pela mulher.

No entanto, Clarice não crê na possibilidade de a criança ser fruto de um incesto. “Não tenho idéia de quem possa ser o pai. Leonardo é um cara muito grosso, mas não me parece um pedófilo. E ia ficar muito pesado, né? ”, acredita ela, que deve começar a usar uma barriga postiça após a passagem de tempo de dois meses que se dará na trama.

Com o crescimento de sua personagem, Clarice não tem tido muito tempo de se dedicar às suas outras paixões, como os curtas-metragens e a música. Mas, ainda sim, não os deixa totalmente de lado. “Quanto mais gravo, mais gosto de ser atriz. Estou num núcleo de cenas difíceis e desafiadoras, como ver a mãe apanhando, mas não planejo nada para meu futuro ainda. Com menos freqüência, continuo escrevendo, compondo, para mostrar quando a bola der uma baixada, após a novela”, sonha.

Créditos: O Dia / Sara Paixão





Comentários (0) Postar Comentário

Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro!

Veja também