O Planeta TV

A Cura: Saiba como é feita a caracterização dos personagens

por jeferson, em 05/08/2010

A Cura: Saiba como é feita a caracterização dos personagens

Durante 25 dias, mais de 150 pessoas, entre equipe e elenco, movimentaram a cidade de Diamantina, onde foram realizadas as primeiras gravações de A Cura. Os personagens da nova série da Rede Globo, que estreia nesta terça, dia 10, às 22h35, logo após o Casseta & Planeta, Urgente!, passaram por todo um trabalho de caracterização, que busca o realismo, sem aspectos alegóricos, emblemáticos e muito menos exagerados, segundo a supervisora Gilvete Santos:

- A ideia é que os personagens nem pareçam estar maquiados. Toda a caracterização da fase atual foi bem natural.

Os personagens do século XVIII, mais especificamente Silvério (Carmo Dalla Vecchia), tiveram uma caracterização bem especial. O ator deixou o cabelo, a barba e as unhas crescerem, o que ajudou no processo da maquiagem.

Para reforçar o visual do homem “sofrido e descuidado”, Gilvete preparou quatro próteses dentárias, usadas nas diferentes fases do personagem. Durante a gravação, ela ainda utilizou um corante marrom para sujar as unhas do ator, que também recebeu uma maquiagem com efeitos especiais. Em uma determinada fase da trama, Silvério (Carmo Dalla Vecchia) aparecerá cheio de feridas e pústulas.

O figurino do século XVIII foi todo produzido especialmente para a série. Para as gravações em Diamantina, a figurinista Labibe Simão estima ter levado mais de mil peças, que abarrotaram um caminhão. Como referência, ela utilizou alguns dos desenhos de Carlos Julião:

- Usamos muito pigmento natural. A intenção era "misturar" a peça com o cenário, criando uma espécie de invisibilidade”, conta ela, que para dar cor aos tecidos utilizou borra de café, urucum, chá e até cebola.

O desafio do figurino contemporâneo foi, segundo Labibe, inserir a realidade dentro da narrativa ficcional de A Cura:

- Eu precisava ter uma identificação local, um "ar" de Minas Gerais, mas sem ser caricato - pontua a figurinista, que encontrou em lojas e brechós de Diamantina alguns elementos para o elenco.





Comentários (0) Postar Comentário

Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro!

Veja também