O Planeta TV

RedeTV! deve indenizar operador de câmera chamado de "Todinho" por Monique Evans

por jeferson, em 23/05/2008

Um operador de câmera, que trabalhava na RedeTV!, deve receber indenização por dano moral por ter sido alvo de piadas da apresentadora Monique Evans. O valor da indenização é de R$ 5 mil.

A apresentadora do programa "Noite Afora" costumava chamar o trabalhador de "Todinho" ou "Nescauzinho" porque, segundo Monique Evans, "é marronzinho e tem um canudinho pequenininho".

O operador foi contratado em 1999 e demitido em 2003. Em abril de 2002, passou a trabalhar na gravação do programa "Noite Afora", que ia ao ar de madrugada. Segundo a defesa, o programa tinha "grande apelo erótico, com entrevistas relacionadas a sexo e fantasias eróticas, desfile de lingerie e roupas íntimas, stripteases e exposição de objetos sexuais".

Segundo o operador de câmera, a apresentadora passou a usar os funcionários da equipe de gravação nas suas brincadeiras. Além de ser alvo de piadas, era levado a participar de quadros "com modelos seminuas". Ameaçado de demissão, ele foi obrigado a assinar um termo em que autorizava a apresentadora a fazer qualquer tipo de "brincadeira" durante as gravações.

Ele afirma que as brincadeiras causaram grave crise em seu casamento e em suas relações familiares. Religioso e freqüentador da paróquia de sua vizinhança, o operador afirmou que "a imagem de homem sério e respeitado", que sempre teve, "começou a desmoronar". Amigos e parentes se afastaram "envergonhados de estarem próximos a uma pessoa ligada à luxúria".

A empresa alegou que as testemunhas ouvidas no processo afirmam que o operador não se sentia ofendido com os apelidos. Antes do programa, ele já era chamado dessa forma, diz a RedeTV!. O Tribunal Regional do Trabalho de São Paulo julgou comprovado o constrangimento público do empregado, não contestado pela empresa, "devido ao tratamento depreciativo que lhe dava a apresentadora ao referir-se à sua cor e a seu órgão sexual".

As informações são do site Consultor Jurídico





Comentários (0) Postar Comentário

Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro!

Veja também